17 de dezembro de 2020 às 09h45min - Por Mário Flávio
Em sessão presidida pelo 1º vice-presidente da Câmara, deputado Marcos Pereira, o plenário do Congresso Nacional, aprovou crédito para Petrobras e para pagamento por exploração do pré-sal

O Congresso Nacional aprovou ontem (16) o projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2021 — que prevê salário mínimo de R$ 1.088 e rombo de R$ 247 bilhões.

O placar foi de 444 votos a 10 na Câmara. No Senado, houve votação simbólica, sem contagem nominal. Agora, o texto vai à sanção do presidente Jair Bolsonaro.

A LDO estabelece as regras básicas para a execução do orçamento do ano seguinte, incluindo as previsões de receitas e despesas. Os gastos são detalhados na Lei Orçamentária (LOA), que ficará para ser votada em 2021.

A aprovação do projeto neste ano é crucial para não travar a partir de janeiro os pagamentos do governo federal, inclusive de despesas obrigatórias, como salários e aposentadorias.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro