2 de março de 2012 às 10h00min - Por Mário Flávio

A Prefeitura de Gravatá realizou ontem a I Conferência Municipal sobre Transparência e Controle Social, no CAIC. O Objetivo é promover a transparência pública e estimular a participação da sociedade no acompanhamento da gestão e assim contribuir para um controle social mais efetivo e democrático. “Em um momento em que no Brasil falamos tanto em corrupção, falta de controle sobre a administração pública, essa iniciativa é muito louvável pois permite a sociedade se manifestar e de exercitar o seu poder democrático”, disse Giovanni Baroni, Presidente da Comissão Organizadora Municipal da Conferência.

Sairá dessa conferência propostas para que seja criado um plano nacional para controlar a transparência da gestão pública. Que serão levados para um fórum estadual e em Brasília no fórum nacional no mês de maio. “Criaremos assim um plano contra a corrupção e outros males, que causam prejuízos para o Brasil. A conferência terá o objetivo de selecionar os delegados que levarão as propostas da cidade para os fóruns, estadual e nacional”, falou Paulo Lapenda, Promotor de Justiça de Pernambuco.

“Essa conferência tem uma grande importância, pois servirá de base para o plano nacional da transparência e do controle social. Tem início nos municípios e finaliza na etapa nacional. É uma conferência propositiva onde haverá discussões e propostas não só para o nosso município, mas que abranja todo o Brasil”, disse Maria Dulce Leal, Secretária de Ação e Desenvolvimento Social.
A manhã seguiu com palestra seguida de debates e na parte da tarde, iníciou dos trabalhos em grupo, a votação dessas propostas e seleção dos delegados que irão fazer parte da etapa estadual.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro