10 de abril de 2012 às 11h30min - Por Mário Flávio

Texto: Djeinyelle Marques

O câncer do colo do útero é o segundo tumor mais frequente na população feminina, atrás apenas do câncer de mama, e a quarta causa de morte de mulheres por câncer no Brasil, segundo o Ministério da Saúde. Tendo em vista esse dado negativo, a Secretaria Municipal de Saúde tem trabalhado na prevenção da doença.

Quando detectado no início, o câncer tem quase 100% de chance de ser curado. Daí a importância de se realizar periodicamente a citologia, também conhecida como exame de lâmina, papanicolau. É por meio dela que a doença pode ser diagnosticada precocemente. “A citologia é o único exame que detecta o câncer do colo do útero”, lembra a coordenadora do Programa da Saúde da Mulher, Nilda Alves.

No caso de Caruaru, as mulheres encontram o serviço de prevenção à doença nos Centros de Saúde e Posto de Saúde da Família (PSF) mais próximos a sua residência. As consultas podem ser marcadas no próprio PSF. Após o atendimento, caso alguma alteração seja percebida, a paciente é encaminhada a Clínica da Mulher, para a realização da colposcopia. Com o resultado em mãos, o médico vê se há ou não necessidade de uma intervenção cirúrgica.

Só em Caruaru, treze mulheres são cirurgiadas semanalmente. E o tratamento não acaba após operação. As pessoas submetidas ao serviço, continuam sendo acompanhadas durante seis meses, quando são realizados dois novos exames trimestrais, para que o quadro clínico seja avaliado. Só então a mulher poderá retomar as atividades normais.

A Secretaria de Saúde é parceira das mulheres. Todos os serviços de prevenção ao câncer do colo do útero são disponibilizados gratuitamente, desde o diagnóstico até a intervenção cirúrgica, que é uma ótima novidade para as mulheres que precisam de tratamento e não têm condições de pagar.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro