4 de fevereiro de 2014 às 22h54min - Por Mário Flávio

Atender a um simples telefonema virou um problema em Caruaru. Desde que a Operação Ponto Final foi deflagrada que políticos, empresários e até mesmo servidores públicos não se sentem mais a vontade para falar pelo aparelho. Agora tudo se resume as seguintes palavras: “vamos conversar pessoalmente”. Fazer uma matéria para nós que trabalhos com a noticia por telefone? Nem pensar, ninguém mais aceita, como se todos os telefones estivessem grampeados, quando uma situação dessas só ocorre quando alguém é investigado e com autorização da justiça, como foi o caso do suposto esquema de cobrança de propina na Câmara de Caruaru.

As escutas tiveram dia e hora para terminar e pelo que foi divulgado pela justiça, os telefones grampeados eram apenas dos investigados pela Operação. Existe uma central de boatos na cidade com uma simples informação se transformando em pânico para as famílias dos investigados. Uma intimação para prestar depoimento vira sinônimo de um novo decreto de prisão nessa pessoas de pensamento medíocre que nada contribuem para uma discussão séria sobre o atual momento que passa a política de Caruaru.

Quem tem rabo preso ou fez algo de errado deve realmente estar preocupado, mas esse sentimento de terror que se vive na cidade faz mal a todos e causa um clima de instabilidade em vários setores da sociedade, como se todos estivesse com a sua conduta em xeque. Esse pensamento precisa começar a ser revisto, o simples ato de usar o telefone é um direito do cidadão que paga os impostos em dia. Uma situação que precisa ser revista.

LIBERDADE – Os cinco vereadores que tiveram a prisão preventiva decretada devem ganhar a liberdade hoje. Devido ao trâmite os alvarás de solturas não foram emitidos nesta terça-feira e por isso, a expectativa é que até às 15h todos estejam com o habeas corpus em mãos.

APELAÇÃO – O recurso para que os vereadores voltem a exercer as funções legislativas deve ser julgado ainda hoje no Tribunal de Justiça de Pernambuco. A defesa trabalha com boas perspectivas para que a decisão de afastamento por 180 dias seja revista.

APELAÇÃO 2 – O decreto de prisão preventiva emitido na semana passada contra os vereadores Neto, Jadiel, Val, Val das Rendeiras e Evandro Silva deixou mais uma dúvida no ar. O juiz Pierre Souto Maior determinou mais uma vez o afastamento dos cinco e fica a pergunta: se a apelação for aceita os cinco serão contemplados?

JAJÁ NU – Fotos do vereador Jajá nu se espalharam pela internet. As imagens chamam atenção e viraram motivo de comentários diversos. Jajá disse que as imagens estavam num celular que foi roubado dele. Nunca na história de Caruaru um vereador foi assaltado tantas vezes. Sobre as fotos são de cunho pessoal e pelo jeito a orientação sexual do vereador é o que mais incomoda.

GOVERNISTA – O vereador Carlinhos da Ceaca (PPS) confirmou que faz parte da bancada de situação. Ele foi eleitor pela oposição, mas disse que precisa aprovar os projetos e por isso já pulou. Resta saber como o PPS vai reagir a postura do edil, já que o partido sempre esteve na oposição em Caruaru.

COBRANÇA – Os vereadores em exercício começam a cobrar o uso de gabinetes para trabalhar durante o dia. O vereador Duda do Vassoural (DEM) disse que o trabalho dele vem sendo prejudicado pela falta do gabinete. Ele cobrou na tribuna ao presidente Leonardo Chaves, que não tem muito o que fazer devido a situação instável na Câmara.

RELATÓRIO – Na próxima quinta-feira o presidente Leonardo Chaves deve apresentar um relatório financeiro com os gastos da Casa nos primeiros dias do ano. A meta é dar transparência e mostrar como o decano está fazendo malabarismos para administrar os recursos com o pagamento de 33 vereadores.

REELEIÇÃO – O discurso do vereador Rozael do Divinópolis (Pros) deixou claro que deve existir uma articulação para reeleger Leonardo Chaves presidente da Câmara. “Pode contar com o meu voto”. Existe uma Lei municipal que veta a reeleição, mas que pode ser revogada e tal situação ser possível. Seria a oitava vez que o vereador iria presidir o legislativo de Caruaru.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro