17 de outubro de 2020 às 17h24min - Por Mário Flávio

Finalmente vai ter jogo amanhã no estádio Lacerdão. A direção do Central conseguiu reunir parte dos valores devidos aos atletas e a possibilidade de WO, que existia devido a uma greve de dois dias dos jogadores foi descartada.

De acordo com apuração de Eri Santos, na manhã de hoje, a participação do ex-presidente do clube, Antônio Amancio, o Bodeiro, foi fundamental. A direção tinha pouco mais de R$ 45 mil, valor insuficiente para quitar o débito de Agosto.

Foi aí que entrou Bodeiro na história, antecipando alguns meses do aluguel de uma das lojas no entorno do estádio Lacerdão. Apaixonado pelo clube alvinegro, o ex-presidente fez questão de se reunir com os jogadores e comissão técnica, para transmitir a confiança de que os jogadores farão o melhor possível no confronto de amanhã.

“Bodeiro deu assim exemplo de verdadeira paixão pelo clube, não exigindo saída da atual direção. É o nome do Central que está em jogo”, concluiu o presidente Alexandre César.

APENAS PROMESSA

Perguntado sobre a proposta de um grupo de oposição comandar o futebol do clube, mediante a renuncia do presidente, Alexandre César afirmou que se reuniu na noite de ontem com dois representantes do mesmo, mas não foi oferecida garantia de que os salários seriam pagos por eles, e que esse grupo conversaria com os jogadores para solucionar o problema à frente, mas que não teriam a grana toda para pagar todos os salários antes da partida.

“Foi feita um oferta de promessa de solucionar os problemas à frente, coisa que eu já estou tentando fazer. Nada de real foi oferecido. Não vou renunciar como se eu estivesse fazendo tudo errado. Eles terão que provar que estou prejudicando o clube. Teremos reunião no conselho na próxima segunda-feira, e vamos apresentar proposta para o futuro do futebol alvinegro”, afirmou o presidente.

Nossa reportagem entrou em contato com representantes do grupo de oposição, mas ainda não obtivemos respostas sobre as afirmações de Alexandre César.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro