23 de janeiro de 2014 às 07h25min - Por Mário Flávio

20140123-072223.jpg

O secretário de projetos especiais da prefeitura de Caruaru, Paulo Cassundé, esteve ontem a noite na Câmara Municipal de Caruaru. Após proferir palestra e ser indagado pelos vereadores novatos, ele conversou com a imprensa e voltou a defender o empréstimo de R$ 250 milhões para construir o BRT na cidade. Segundo ele, devido a importância da obra justifica contrair o débito junto ao Banco do Brasil.

“Temos no Ministério das Cidades três cartas-consulta, uma do BRT e duas de ações nas zonas norte e sul para que haja uma ampla reforma nos bairros que cortam a via do BRT. Desde o ano de 2012 que existem essas cartas e Caruaru foi uma das cidades contempladas com essas linhas de crédito. O BRT vai gerar a ordem de 150 milhões e as outras duas de 50 milhões. O prazo para pagamento é uma carência de três anos e o pagamento em 20 anos. O BRT nada mais é que você pegar tudo que o metrô tem é colocar sobre rodas. O conforto também é importante, já que existem estações exclusivas, climatizadas e o painel de controle que faz todo o monitoramento da frota. Se o empréstimo for aprovado, vamos ter que repensar todo o sistema de transporte coletivo em Caruaru”.

Ele ainda destacou que o valor de juros é baixo devido ao tamanho da obra. “Não existe hoje nenhum repasse com um montante como esse que não seja pelo financiamento. A taxa de júris também é muito questionada, mas é baixo, apenas 8%. A prefeitura tem a capacidade de pagar e o prazo é longo para isso. Em valores de hoje, nós teríamos o comprometimento de 60% ou 70% do ISS, o que daria um valor de dois milhões por mês, um valor que não se altera ao longo do tempo. Sem falar que iremos ter uma maior arrecadação do Alto do Moura até as Rendeiras. O consumo todo aumenta é a economia começa a girar. Sem falar que 2% de tudo que vai se pagar, volta para o ISS da própria prefeitura”, pontuou.

O secretário disse ainda que confia na base do governo para que o projeto seja aprovado.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro