19 de junho de 2018 às 08h30min - Por Mário Flávio

Do Blog de Paulo Naílson

No sábado passado (16) data em que Ariano Suassuna completaria 91 anos, o Governo de Pernambuco, por meio da Secult-PE e da Fundarpe, divulgou o resultado final do 3º Prêmio Ariano Suassuna de Cultura Popular e Dramaturgia. Oito grupos e mestres da nossa cultura popular e 06 textos inéditos de dramaturgos foram reconhecidos e serão premiados em cerimônia no Palácio do Campo das Princesas, na próxima quinta-feira (21), a partir das 10h.

O Projeto desenvolvido pela Academia Caruaruense de Literatura de Cordel, na Casa do Cordel que fica na antiga Estação Ferroviária, foi ganhador na Categoria de Cultura Popular, Agreste, Grupo e vai receber R$ 15.000,00 (quinze mil reais).

O tema desenvolvido foi A difusão da literatura de cordel como bem material em âmbito nacional, Projeto desenvolvido pela Academia Caruaruense de Literatura de Cordel.

Histórico:

Poetas, professores, artesãos e estudiosos da literatura se reuniram no ano de 2005, em Caruaru, para fundar a Academia Caruaruense de Literatura de Cordel (ACLC). De lá até aqui, o grupo realiza ações em escolas, festivais literários como “Arrasta Cordel” e o “O maior cordel do mundo”(2009), além de programações como “Sábado Cultural” e “Café e Cordel”, com recitais e cantorias. As atividades permanentes ocupam a Estação Ferroviária de Caruaru, onde o grupo planeja seus principais eventos: Festival Literário Arrasta Cordel, Expocordel, Concursos Literários e Oficinas de cordel e xilogravura. O Prêmio Ariano Suassuna vai contribuir para a manutenção desse proposta maior da Associação, que é “A difusão da literatura de cordel como bem material em âmbito nacional”.

A casa do Cordel, ao lado de outras casas no local, é símbolo de luta e resistência e de uma capacidade de superação incansável, diante das dificuldades que enfrentam, mas, que vão vencendo com criatividade e perseverança.

PRÊMIO

A 3ª edição do Prêmio recebeu um total de 164 inscrições (101 de dramaturgia e 63 de cultura popular), oriundas de todas as macrorregiões do Estado. Na cerimônia de entrega do 3º Prêmio Ariano Suassuna, acontecerá ainda a assinatura do decreto que estabelece mais uma conquista: o Prêmio Palhaço Cascudo de Incentivo às Artes Circenses, cuja execução também ficará sob a responsabilidade da Secult/Fundarpe. Será nessa quinta, 21/06, às 10h, no Palácio do Campo das Princesas (Recife) em evento aberto a todos os interessados.


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro