9 de dezembro de 2011 às 13h56min - Por Mário Flávio

Reportagem: Fernanda Carvalho
A visita de Louise Caroline e demais integrantes da Secretaria da Mulher juntamente com as coordenadoras dos Centros de Referência em Assistência Social (CRAS) deve trazer bons frutos para as detentas caruaruenses. Os nomes das mulheres caruaruenses foram coletados e a equipe visitou cada área da colônia penal observando as condições de estadia. As atividades manuais como bordado e confecção de bolas de futebol também foram observadas, a realização eficaz das mesmas garantem redução na carga horária da pena.

Para desenvolver um contato direto com as mulheres de Buíque, cada detenta natural de Caruaru foi ouvida. Elas puderam falar sobre suas famílias, disponibilizando para as assistentes sociais dados pessoais que irão contribuir para o amparo que as secretarias visam dar aos parentes dessas mulheres. O planejamento antecipado dessa visitação possibilitou que as coordenadoras da rede de CRAS entrassem em contato com as famílias de muitas caruaruenses que estão detidas nesse município, por meio dessa iniciativa as detentas receberam cartas de seus familiares e em depoimentos comovidos agradeceram a assistência.

De acordo com a Secretária da Mulher, Louise Caroline, o objetivo maior da visita é fazer com que todas as pessoas sejam bem tratadas mesmo que em sistema prisional. O Presídio Feminino de Buíque disponibiliza assistência psicossocial, enfermaria, berçário (para bebês de até seis meses), consultório odontológico e área de convivência. Durante os diálogos entre integrantes da Secretaria da Mulher, coordenadoras da rede de CRAS e as detentas foram avaliados cada um desses quesitos, bem como foi verificado se elas estão sendo assistidas adequadamente pelo poder judicial.

Para a pedagoga do CRAS Centenário Márcia Ferreira, ações sociais que integram setores distintos do poder público proporcionam satisfação tanto para aqueles que recebem a ajuda tanto para os que desenvolvem o trabalho. Ela relatou que a parceria entre a rede de CRAS e a Secretaria Especial da Mulher possibilitou que a mesma conhecesse as mães das crianças de seu convívio diário, Márcia comentou ser de grande alegria poder realizar algo pelos familiares das “suas” crianças.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro