Caruaru lança projeto sustentável para o São João

Lucas Medeiros - 16.05.2023 às 07:34h
(Imagem: Divulgação)

O projeto São João Sustentável foi lançado pela Prefeitura de Caruaru, nessa segunda-feira (15). O projeto tem como objetivo principal tornar as festas juninas mais sustentáveis, fortalecendo, não apenas a economia, como também o meio ambiente e a sociedade. O foco será a redução, reutilização e reciclagem dos materiais utilizados no Maior e Melhor São João do Mundo. As metas estão inseridas na agenda 2030, de acordo com os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Organizações das Nações Unidas (ONU).

Com o tema “São João de Caruaru, Cada Vez Maior, Melhor e Mais Sustentável“, o projeto tem as seguintes metas para 2023: 45% na redução do consumo de energia; qualificação de 100 catadores de materiais recicláveis; arrecadação de 10 toneladas de alimentos; ações de manutenção e adoção de praças; melhorias na mobilidade de mais de 50 ruas; distribuição e plantio de 3 mil mudas de árvores; e diversas ações inovadoras de educação ambiental por meio de parcerias com empresas e entidades.

O CEO do projeto Muda Mundo e do Transforma Brasil, Fábio Silva, falou sobre a iniciativa. “O São João de Caruaru com uma pegada sustentável se torna um grande vetor de desenvolvimento econômico integrado ao desenvolvimento social. Isso significa que você está cuidando melhor das pessoas mais pobres, porque sustentabilidade é um tema que necessariamente atinge a vida das pessoas que mais precisam”, enalteceu Fábio. “Parabéns para Caruaru, que, entrando na agenda 2030, além de gerar inspiração para o São João, que é o maior do mundo, vai deixar um legado”, celebrou.

O prefeito Rodrigo Pinheiro falou sobre a importância do projeto. “Este é um tema que integra o global e o local. Por isso, a importância de dar publicidade às ações. O grande desafio, atualmente, é estreitar os laços e conectar as pessoas, não só através de redes sociais. Quando realizamos ações sustentáveis, favorecemos o meio ambiente, a economia e a sociedade para termos um mundo melhor. O São João passa, mas o legado fica“, frisou.

Os principais objetivos do São João Sustentável são a erradicação da pobreza; saúde e bem-estar; igualdade de gênero; redução das desigualdades sociais; cidade e comunidades sustentáveis; combate às alterações climáticas, entre outros.

Entre os parceiros do São João Sustentável, estão Compesa; Neoenergia; Asa; Associação de Mulheres Empreendedoras; Imoa e Associação de Catadores de Recicláveis de Caruaru. A ação ainda está aberta para que outras empresas interessadas no tema possam fazer parte do projeto.

Ações junto aos apoiadores:

Compesa na estrada: Entre os dias 10 e 17 de junho, a Compesa trará para Caruaru um caminhão repleto de tecnologia, inovação e educação socioambiental, com foco no uso consciente da água. A iniciativa vai revelar como funciona, na prática, toda cadeia de ação, desde a captação da água bruta até chegar às torneiras de nossas casas.

Neoenergia: A Unidade Móvel Educativa (UME) da  Neoenergia virá para Caruaru promover aulas sobre eficiência energética, meio ambiente e segurança, de forma lúdica, moderna e tecnológica. O veículo dispõe de diversas atividades pedagógicas, interativas, apresentando os conceitos do uso  seguro e correto da energia e  os cuidados com o  ambiente de forma dinâmica para todos os públicos.

Asa: A empresa atuará em parceria com o município na coleta do óleo de cozinha utilizado por bares e restaurantes, promovendo o descarte correto para posterior aproveitamento como matéria-prima.

Associação Mulheres Empreendedoras: Durante e após os festejos, serão confeccionadas ecobags usando, como matéria-prima, a lona utilizada nas barracas, camarotes e demais elementos. O objetivo é transformar todo material em ecobags e bolsas para diversas finalidades, desde supermercados até coleta seletiva.

Imoa e Associação de Catadores de Recicláveis de Caruaru: As entidades receberão água, luvas, coletes e terão um ponto base com todo o apoio para início e fim do ciclo de coleta de materiais, durante e após os festejos, nos principais polos da festa. O objetivo principal é gerar oportunidade e renda por meio da venda do material reciclado como garrafas pet, vidro e alumínio.