21 de dezembro de 2013 às 07h25min - Por Mário Flávio

20131221-053034.jpg

Desta quinta (19) para sexta-feira (20), o índice pluviométrico de Caruaru atingiu 44,5 mm, que é considerado elevado, tendo em vista que, em todo este mês de dezembro a numeração se manteve na casa do zero. Devido a esse alerta, divulgado pelo IPA (Instituto Agronômico de Pernambuco), a Prefeitura de Caruaru se antecipou e elaborou um Plano de Contingência para enfrentamento de enchentes e enxurradas. O documento foi apresentado em uma reunião, conduzida pelo prefeito José Queiroz, na tarde desta sexta-feira (20), na Sala de Monitoramento do Centro Administrativo.

Participaram da reunião, o vice prefeito Jorge Gomes e representantes do Corpo de Bombeiros, Coordenadoria Municipal de Defesa Civil, Destra, Secretaria de Infraestrutura e Políticas Ambientais, Secretaria de Educação, Secretaria de Políticas Sociais, Secretaria de Gestão e Serviços Públicos e Saúde.

O Plano de Contingência envolve 21 órgãos da prefeitura de Caruaru e governo do Estado, atribuindo a cada um, responsabilidades específicas em caso de grandes enchentes. Caberá a Destra, Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal e Exército Brasileiro, por exemplo, o isolamento e segurança de possíveis áreas atingidas.

Os atendimentos pré-hospitalares serão desempenhados pelo Corpo de Bombeiros e SAMU. Em caso de atendimento médico especializado, as vítimas serão encaminhadas para o HRA (Hospital Regional do Agreste).

As Secretarias de Gestão e Serviços Públicos e Políticas Ambientais ficarão responsáveis de remover os atingidos pelas enchentes para abrigos provisórios, sendo inclusive, algumas escolas municipais.

LIMPEZA URBANA – Durante o encontro, o vice-prefeito Jorge Gomes deu destaque ao trabalho preventivo que a Diretoria de Limpeza Urbana vem realizando. “Eles estão limpando todos os córregos sistematicamente. Com essas chuvas que ocorreram de ontem para hoje, caso esses córregos não tivessem desobstruídos, já tínhamos famílias atingidas. É importante chamar a atenção da população em não jogar lixo nesses locais ou nos rios”, destacou Gomes.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro