19 de março de 2012 às 20h08min - Por Mário Flávio

A pesquisa da Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan) que observou a gestão fiscal dos municípios brasileiros, revelou que a atual gestão foi a que mais investiu na história da cidade. Entre 2009 e 2010 o índice acumulado é de 1.1913, superando os anos de 2008, 2007 e 2006, que ficaram com 1,0.

A própria Firjan apontou que o índice de desenvolvimento de Caruaru, em 2009, atingiu o melhor resultado da série iniciada em 2005, com pontuação de 0,7. O investimento na saúde, por exemplo, em 2010 foi de R$ 80 milhões, enquanto em 2008 não passou de R$ 60 milhões. Já na educação, em 2009 foram aplicados mais de 30% do orçamento. Em 2008 foram investidos 19%, abaixo do 25%, como determina a lei.
O investimento da atual gestão só não foi ainda maior na cidade porque o custo da dívida em Caruaru é o mais alto de todos os tempos, atingindo 0,6 em 2009 e 0,7 em 2010. A atual gestão encontrou uma dívida, relativa a convênios e contratos, que superava os R$ 80 milhões. Mais de R$ 25 milhões já foram pagos até agora.
O atual índice acumulado de gestão fiscal mostra que Caruaru vive uma fase de recuperação. A Capital do Agreste hoje ocupa a 81ª posição no ranking estadual. Em 2008, Caruaru era a 91ª, com 0,4236 pontos.
“Estamos nos esforçando para manter a casa em ordem, pagando todas as dívidas. No entanto, a cidade foi bastante comprometida com débitos. Recentemente recebemos a ordem de devolver R$ 14 milhões à Funasa, relativo a um convênio de 2001”, disse o secretário de Planejamento, Ricardo Góes.

Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro