Camilo apresenta calendário de revisão do ensino médio ao Senado

Jorge Brandão - 03.05.2023 às 11:25h
Foto: Reprodução

O ministro da Educação, Camilo Santana (PT), explicou na Comissão de Educação, Cultura e Esporte do Senado, os motivos da suspensão, em março, do cronograma nacional de implementação do NEM (Novo Ensino Médio). As informações são do Poder360.

O petista disse que, desde as reuniões da equipe de transição do governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), foi apresentado um estudo para que a reforma fosse amplamente discutida pelo Ministério da Educação com a sociedade e com os governos estaduais, responsáveis pela implementação do novo modelo nos estados.

“Nenhuma mudança na continuidade da implantação do ensino médio pode ocorrer sem a escuta, principalmente, dos estados. Não é o Ministério da Educação. O MEC tem o papel de ser o grande coordenador, o maestro da política nacional e de traçar as diretrizes“, observou o ministro.