3 de julho de 2017 às 09h51min - Por Mário Flávio

câmara

Do G1 Caruaru

Seis meses após o início dos mandatos, os atuais vereadores de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, tiveram essa primeira parte do mandato marcada pela realização de audiências públicas, apresentação de requerimentos, projetos de Leis e um novo horário para a realização das sessões na Casa Jornalista José Carlos Florêncio.

As audiências debateram temas como segurança, questão hídrica, saúde, educação, cuidado com os animais, Rio Ipojuca, mototáxi, Uber e direitos LGBT. Outra novidade da atual legislatura foi o horário das sessões ordinárias. Por questões de segurança, o presidente da Casa, vereador Lula Tôrres (PDT), decidiu trazer para a parte da tarde as reuniões.

Com a mudança, os parlamentares passaram a se reunir nas terças e quintas a partir de 15h. Fazendo parte da bancada governista, o vereador Bruno Lambreta (PDT), destacou a atuação dos parlamentares e a busca da Casa em recuperar a imagem da Câmara diante da opinião pública, devido a problemas na legislatura passada.

“Avalio os trabalhos de forma positiva. Tivemos um período complicado na Casa e isso passou. Temos uma oposição responsável e debates de alto nível. Vamos seguir com essa linha de uma Casa séria”, disse.

Líder da oposição, o vereador Alberes Lopes (PRP), também fez uma avaliação positiva dos primeiros meses da atual lesgislatura. “Foram seis meses de muito trabalho. Os vereadores apresentaram vários projetos e requerimentos para a melhoria da população. Fizemos várias audiências públicas para debater os temas de relevância para a população”, disse.

Legislatura anterior
O período de 2012 a 2016 foi marcado por turbulência na Casa Jornalista José Carlos Florêncio. Após serem indiciados por corrupção ativa e passiva, dez vereadores foram condenados à prisão e perda dos mandatos.

Eles estavam envolvidos no esquema de cobrança de propina desarticulado na Operação Ponto Final 1, realizada pela Polícia Civil em 2013. Dos dez, apenas Cecílio Pedro (PMDB), conseguiu a reeleição.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro