29 de dezembro de 2016 às 07h08min - Por Mário Flávio

paulo-camara-foto-aluisio-moreira-sei

Cumprindo parcialmente uma de suas promessas de campanha, o governador Paulo Câmara vai anunciar nesta quinta-feira (29) a implantação de 33 novas escolas de tempo integral na rede estadual de ensino, das quais 31 em parceria com o Ministério da Educação.

As outras duas serão implantadas com recursos do tesouro estadual. O anúncio será feito às 10h, no Palácio do Campo das Princesas, sede do governo estadual, na presença do ministro Mendonça Filho.

Pernambuco foi um dos primeiros estados do país a testar a experiência do ensino integral no governo de Jarbas Vasconcelos (1999-2006). Hoje, o Estado conta com 335 escolas onde os alunos têm aulas pela manhã e à tarde, com direito a cinco refeições.

Desse total, 35 são Escolas Técnicas Estaduais, a maioria delas construídas durante o governo de Eduardo Campos (2007-2014).

Portaria do MEC publicada em outubro deste ano instituiu o Programa de Fomento à Implementação de Escolas em Tempo Integral. Ela teve como fundamento a medida Provisória nº 746/2016, já aprovada pela Câmara Federal, que trata da reformulação do ensino médio no Brasil.

Segundo o ministro da Educação, o programa amplia a jornada escolar de 800 para 1,4 mil horas por ano e transfere recursos para as secretarias estaduais de Educação. Cerca de 257 mil vagas serão destinadas a 572 escolas públicas nos 27 estados da Federação.

Para aderir ao programa, as Secretarias Estaduais de Educação precisam atender ao número mínimo de 2,8 mil alunos e apresentar um projeto pedagógico que será avaliado pelo MEC.

A carga horária estabelecida deverá ser, no mínimo, de 2.250 minutos semanais, com um mínimo de 300 minutos de aulas de Língua Portuguesa, 300 de Matemática e 500 a outros tipos de atividades.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro