29 de janeiro de 2018 às 09h46min - Por Mário Flávio

Após uma sequência de oito meses seguidos de expansão do número de empregos, Caruaru em dezembro, segundo o CAGED, registrou uma perda de 532 postos de trabalho.

Considerando, porém, o acumulado do ano de 2017, a cidade registrou perda de apenas 311 postos de trabalho, que foi resultado da diferença entre o total de admissões no ano(19.377) e demissões (19.688). (19.377-19688)=-311.

Apesar do número negativo em 2017, houve redução significativa do Desemprego no comparativo a 2015 quando foram desativados 3.666 postos de trabalho, e 2016, quando Caruaru registrou uma perda de 3.256 postos.

Essa redução significativa nos números, apesar ainda do Desemprego em Caruaru, mostra que a economia vem dando sinais claros de recuperação, em razão de vários fatores, como queda da inflação, redução das taxas de juros, mas principalmente aumento da demanda de consumo.

A perspectiva e tendência para 2018, mantendo-se a economia em crescimento, é de uma geração de empregos positiva, após 03 anos.

O setor econômico mais afetado com a perda de postos de trabalho em 2017 foi a construção civil com 142 postos perdidos, seguido pelo setor de serviços com 87 postos.

Considerando os últimos 03 anos, Caruaru desativou 7.233 postos de trabalho, sendo o setor mais atingido o comércio com perda de 1977 postos, seguido pela construção civil com 1828, a indústria com 1472, e serviços 1314 postos.


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro