11 de janeiro de 2013 às 07h25min - Por Mário Flávio

Bruno avalia de forma positiva participação do PSDB nas disputas majoritárias em PE

O líder do PSDB na Câmara Federal, Bruno Araújo, defendeu que a denúncia de participação do ex-presidente Lula no mensalão deve ser apurada. Segundo o tucano, ninguém está livre de ser investigado, ainda mais quem ocupou cargo público.

“É muito importante para a sociedade brasileira que as coisas se esclareçam. Então esse movimento do procurador Roberto Gurgel com as manifestações levadas pelo senhor Marcos Valério merece sim o devido tratamento, a investigação. E se a cabo houver elemento suficiente para uma denúncia e um processo, que seja dado seguimento, que se faça como se estabeleceu com o julgamento do mensalão, que tem uma simbologia. A partir de agora, temos um marco com a compreensão de que qualquer autoridade, por mais importante que seja, chega a um julgamento por parte das instituições”, destacou o deputado.

Araújo criticou que o PT está blindando o ex-presidente. “Essa blindagem do PT nada mais é do que o mesmo movimento que negou o mensalão, de um partido que até agora homenageia e faz atos de agravo àqueles que foram condenados por crimes. E isso joga por terra o resto do que sobrou da luta do PT ao longo do tempo pela redemocratização”, finalizou.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro