10 de dezembro de 2017 às 15h04min - Por Mário Flávio

Apenas 17 minutos. Esse foi o tempo do jogo entre Tamandaré x Asec, na final do Pernambucano de Futsal. A partida foi realizada no ginásio do IFPE de Barreiros. A torcida iniciou uma confusão e a quadra foi invadida, a polícia teve que intervir com gás e pimenta para evitar que os jogares do time de Caruaru fossem agredidos.

Com o jogo parado, o prefeito de Tamandaré, Sérgio Kacker (PSB), entrou na quadra para acalmar os ânimos. Mas ele fez um discurso inflamado e o presidente da Federação Pernambucana de Futsal,Luís Claudio, decidiu cancelar a partida por falta de segurança.

O gestor municipal disse que a Federação estava roubando o jogo para beneficiar o time da Asec. A partida estava 0 a 0. O time de Caruaru jogava pelo empate, já que no primeiro jogo a Asec venceu aqui na cidade por 4 a 1.

Um dos membros da comissão técnica disse ao blog como foi o sufoco. “O ginásio não tinha a menor condição de jogo devido ao tamanho. Não apanhamos por causa da polícia que agiu rápido”, disse.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro