22 de fevereiro de 2021 às 06h55min - Por Mário Flávio
Presidente Jair Bolsonaro participa da cerimônia de comemoração dos 54 anos da EMBRATUR, que contou com a participação do cantor Amado Batista. Sérgio Lima/Poder360 17.11.2020

Do Poder 360

O presidente Jair Bolsonaro sinalizou neste sábado (20.fev.2021) que o governo poderá interferir no funcionamento do setor elétrico no país. “Assim como querem nos derrubar na pandemia pela economia –fechando tudo– agora resolveram atacar na energia. Vamos meter o dedo na energia elétrica, que é outro problema”, afirmou, sem entrar em detalhes.

Bolsonaro também fez críticas ao atual chefe da Petrobras, Roberto Castello Branco. Embora tenha afirmado que não houve interferência na estatal, ele pediu ajustes na forma de cobrança dos combustíveis. Também defendeu maior previsibilidade nos anúncios da companhia quanto aos reajustes.

“Parecia exorcismo quando eu falei que não iria prorrogar o mandato dele, compromisso zero com o Brasil. Nunca ajudaram em nada. Não é aumentando o preço de acordo com o dólar lá fora, mais do que isso, a preocupação é ganhar dinheiro em cima do povo”, declarou.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro