Bolsonaro defende a reforma agrária e afirma ter encerrado ‘ações’ do MST

Lucas Medeiros - 17.09.2022 às 14:58h
(Imagem: Hermes Costa Neto)

O presidente e candidato a reeleição Jair Bolsonaro (PL) esteve neste sábado (17) em Caruaru. O candidato reuniu apoiadores e militantes no pátio de eventos Luiz Gonzaga onde discursou por cerca de 15 minutos.

Durante o discurso, o candidato do Partido Liberal afirmou ter encerrado as “ações” do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST). “Nós colocamos um ponto final nas ações do MST“, iniciou o presidente. “Esses, do passado, integrantes da máfia do MST transformamos em cidadãos e elas estão do nosso lado“, concluiu.

Bolsonaro ainda falou sobre a reforma agrária e defendeu o apoio as mulheres em programas do seu governo. “Nós demos título a reforma agrária para mais de 400 mil pessoas. Hoje essas pessoas integram a agricultura familiar, produzem e fazem e traz alimentos para a mesa de todos nós. Mais de 80% desses títulos foram dados para mulheres. Assim como, o ‘Auxílio Brasil’ que mais de 20 milhões de famílias ganham no mínimo R$600 e 15 milhões desse total foram entregues para mulheres.