3 de dezembro de 2020 às 12h52min - Por Mário Flávio

Do Correio Brasiliense

O presidente Jair Bolsonaro afirmou na manhã desta quinta-feira (3/11) que o presidente do Tribunal de Contas da União (TCU), o ministro José Múcio Monteiro Filho tem vaga garantida no primeiro escalão de seu governo. Múcio antecipou sua aposentadoria para o dia 31 de dezembro e recebeu convite durante participação de Bolsonaro na videoconferência do 4º Fórum Nacional de Controle, promovido pelo órgão com o tema “Inovação pela Educação no Brasil”.

“Prezado José Múcio, meu colega desde fevereiro de 1991 quando chegamos juntos na Câmara dos Deputados. Vou dizer José Múcio, você era bom naquela época. É igual vinho, está cada vez melhor. E eu sinto, eu não, todo mundo sente a sua saída muito precoce do TCU. Vossa excelência ainda tem algumas décadas pela frente para bem ajudar a nossa nação. Se a saudade lhe bater, venha para cá. Estará entre nós, pode ter certeza, no nosso primeiro time, para do outro lado do Executivo, aqui, traçarmos e bem fazermos política para o futuro da nossa nação”, propôs.

Elogios

O mandatário não comentou, no entanto, sobre o tema do evento e seguiu fazendo elogios ao magistrado, ressaltando seu perfil conciliador.

“José Múcio, me permita: eu sou apaixonado por você. Gosto muito de Vossa Excelência. Passamos momentos bons, épicos na Câmara e também maus momentos. Mas Vossa Excelência tem um comportamento sempre conciliador, amigo, buscando cada vez mais um consenso”, destacou.

Por fim, Bolsonaro reforçou que caso Múcio se sinta “cansado de ficar em casa”, será bem-vindo no Planalto.

“Vossa Excelência deixou saudade na Câmara e vai deixar muita saudade no TCU. Espero né, que o próximo passo que eu dê, né, que você vai ficar cansado em casa, tenho certeza disso. Vai querer voltar para a atividade. O teu gás aqui é infinito. Então a gente espera, obviamente, se não for aqui, em outro local qualquer, continuar prestando esse serviço maravilhoso usando a sua experiência para o bem do nosso Brasil”.

Em outubro, o Senado aprovou em outubro a indicação do secretário-geral da Presidência da República, Jorge Oliveira, para ocupar a cadeira de Múcio no Tribunal de Contas da União (TCU).


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro