3 de junho de 2013 às 19h07min - Por Mário Flávio

Os deputados Pastor Cleiton Collins (PSC) e Adalto Santos (PSB), apresentaram um Voto de Repúdio, nesta segunda (03), contra declarações da cantora Daniela Mercury, durante a Parada Gay de São Paulo. O evento aconteceu no último domingo (02), na capital paulista. Segundo Collins, a artista, que recentemente assumiu a homossexualidade, afirmou que estava defendendo uma ideologia, mas acabou discriminando as famílias que não concordam com a união homossexual.

O deputado também afirmou que a cantora ofendeu o presidente da Comissão de Direitos Humanos e das Minorias da Câmara Federal, deputado Marco Feliciano, com provocações dirigidas ao parlamentar. Para o Pastor Cleiton Collins, Daniela não está se mobilizando em defesa de uma causa, mas aproveitando a popularidade alcançada junto aos militantes homossexuais para alavancar a carreira. Adalto Santos também reprovou o comportamento da cantora. Para o deputado, quando se tenta atingir a instituição familiar, se afeta toda a nação.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro