Ausente de mais um debate, Anderson Ferreira crítica adversários

Lucas Medeiros - 29.09.2022 às 19:35h
(Imagem: Reprodução/ Internet)

O candidato ao governo do estado Anderson Ferreira (PL) deu declaração, nesta quinta-feira (29), na qual destacou ter promovido mais de 120 debates com a população de todo o estado e lamentou o que chamou de “circo eleitoral” nos encontros realizados nas emissoras de tevê entre os candidatos ao Governo de Pernambuco ao longo do primeiro turno das eleições. Representante do Partido Liberal na disputa ao Palácio do Campo das Princesas, Anderson disse que os debates televisivos não “apresentaram nada a ninguém, somente brigas, intrigas e acusações”.

“O estado não merece isso, o povo pernambucano não merece isso. É um formato que, no fundo, não passa de um imenso desserviço”, afirmou Anderson, ao acrescentar que muitos dos adversários não têm moral alguma para criticar o PSB do governador Paulo Câmara. “Marília, Raquel, Miguel e Danilo são ou, um dia, foram dos quadros do PSB, e hoje brigam entre si e puxam o estado para baixo. Não estou aqui por nenhuma outra razão além de acabar com essa briga para colocar o pernambucano à frente e governar para todos, unindo as pessoas, como fizemos no passado”, explicou.

“Vamos trazer de volta os empregos e os investimentos, melhorar a saúde e a educação, e fortalecer os programas de proteção social”, continuou o liberal, ao citar que apesar de as pesquisas o colocar no segundo turno, “a confiança vem, na verdade, do que tem sido visto nas ruas”.

“Por onde passamos, percebemos que as pessoas têm a compreensão e nos dão o respaldo sobre o trabalho que fizemos. O povo sabe que somos a candidatura do presidente Jair Bolsonaro (PL) em Pernambuco”, pontuou Anderson.