22 de novembro de 2013 às 16h00min - Por Mário Flávio

Com a conclusão das contratações remanescentes do Projeto de Integração do Rio São Francisco, o ministério tem reforçado o ritmo das obras. Somente em 2013, mais de 3.000 novas pessoas foram admitidas. O Projeto São Francisco dispõe de 113 frentes de serviço em atividade, ao longo dos mais de 470 km de extensão dos Eixos Leste e Norte. Com mais de duas mil máquinas em funcionamento, o São Francisco possui ainda quatro trechos que operam 24 horas por dia, nos municípios de Salgueiro (PE), Cabrobó (PE), Jati (CE) e São José de Piranhas (PB).

Andamento das obras – O monitoramento do Projeto de Integração do Rio São Francisco está dividido em seis metas de execução (Metas 1N, 2N, 3N, 1L, 2L e 3L) e todas estão em atividade. As etapas são compostas pelos antigos 16 lotes de obras. Os dois canais de aproximação do Eixo Norte e Leste, executados pelo Exército Brasileiro, já estão concluídos.

As obras do Projeto São Francisco passam pelos municípios pernambucanos de Cabrobó, Terra Nova, Salgueiro, Verdejante, Floresta, Custódia, Betânia, Sertânia. No Ceará, o empreendimento atravessa Penaforte, Jati, Brejo Santo e Mauriti. No estado da Paraíba, o São Francisco cruza os municípios de Monteiro, São José de Piranhas e Cajazeiras.

O Projeto de Integração do Rio São Francisco é a mais importante iniciativa da Política Nacional de Recursos Hídricos e também a maior obra de oferta de água do país. O objetivo principal do São Francisco é garantir a segurança hídrica para mais de 390 municípios no Nordeste setentrional.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro