Audiência Pública na Alepe vai debater projeto sobre a educação no estado; secretários serão convidados

Mário Flávio - 18.05.2023 às 16:43h

Na manhã desta quinta-feira (18) o Sintepe reuniu-se com os deputados estaduais Antônio Moraes (PP) e João Paulo (PT) apresentando os argumentos da categoria contrários ao Projeto de Lei N° 712/2023, sobre a Carreira da Educação em Pernambuco.

Ontem (17), o Sindicato já havia se reunido com o presidente da Comissão de Educação, deputado Waldemar Borges (PSB) e com a deputada Dany Portela (Psol).

Todos ouviram os argumentos da direção do Sindicato propuseram uma Audiência Pública que será realizada na próxima segunda-feira, 22 de maio, às 9h.

A reunião pública foi convocada pelos presidentes da Comissão de Constituição, Legislação e Justiça; da Comissão Finanças, Orçamento e Tributação; da Comissão de Administração Pública e da Comissão de Educação e Cultura.

A direção e a Comissão de Negociação do Sintepe têm buscado conversar com os parlamentares estaduais no intuito de retirar a urgência do PL que exclui 52 mil trabalhadores e trabalhadoras do reajuste no Piso Salarial do Magistério e destrói o Plano de Cargos e Carreiras.

A presidenta Ivete Caetano tem repetido os argumentos da categoria no “cara a cara” que o Sindicato tem feito com os/as parlamentares. “A governadora mesmo falou que a educação tem dinheiro, tem dinheiro do FUNDEB, dos Precatórios do Fundef, e da Manutenção e Desenvolvimento da Educação, e tem vários recursos que estão sendo enviados pelo Governo Lula como as transferências do FNDE”, alertou.

Para a audiência pública da próxima segunda-feira (22), os deputados convidaram o SINTEPE, a CUT e os secretários da Fazenda, Wilson José de Paula; e de Administração, Ana Maraíza.