27 de março de 2018 às 18h17min - Por Mário Flávio

O início de 2018 trouxe dados atualizados e preocupantes sobre a situação da desigualdade social no Brasil. nike flyknit Historicamente o nosso país foi estruturado por dois elementos essências na construção como nação, primeiramente um abismo de desigualdades que remonta ainda a nossa fase de colônia Portuguesa que perdurou por mais de três séculos e colocou em posições antagônicas o negro escravizado e o Senhor branco de descendência europeia. UGG Maylin Nesse período a formação do Brasil já começou a sentir as consequências de um capitalismo ainda em estruturação que já trazia consigo a sua essência, a busca insana por LUCRO. asics kinsei Segundo, é destacado à face desumanamente exploratória que dizimou milhões de índios e colocou como sub-raça os descendentes de africanos. Na chegada do século XX e com um capitalismo industrial tardio, até final da década de 1960 o Brasil tinha uma população majoritariamente rural. E é com o processo de urbanização que se acentua as grandes contradições do sistema capitalista, no qual a renda cada vez mais se concentra nas mãos de uma minúscula parte da sociedade. Com o aprofundamento da urbanização ficaram cada vez mais evidente os resquícios históricos que colocaram a maioria da população em condições cada vez mais desiguais. Fjallraven Kanken Sales Sobre essas heranças podemos destacar o preconceito racial e social, marcas históricas de um modelo econômico totalmente excludente que não consegue atender as necessidades mínimas de sobrevivência da maioria da população em aproximadamente 80% dos países que estão sobre esse modelo. O El País Internacional do dia 14 de dezembro traz os seguintes dados: “Quase 30% da renda do Brasil está nas mãos de apenas 1% dos habitantes do país, a maior concentração do tipo no mundo. kanken rucksack É o que indica a Pesquisa Desigualdade Mundial 2018, coordenada, entre outros, pelo economista francês Thomas Piketty. O grupo, composto por centenas de estudiosos…” Apesar das profundas diferenças existentes entre os países capitalistas, algumas características básicas são comuns a todos eles, pois fazem parte do molde do sistema capitalista. Estrutura de propriedade: Predomina a propriedade privada, pois a maioria dos meios necessários para a produção tais como fábricas, terras, maquinas usinas, portos, ferrovias, minas etc., pertencente a agentes econômicos privados. No entanto, em muitos países, o estado também é dono de muitos meios de produção. Atua como capitalista através de empresas estatais, principalmente em setores básicos e de infra-estrutura.


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro