28 de outubro de 2013 às 14h58min - Por Mário Flávio

20131028-160638.jpg

Por Ana Rebeca Passos

Sendo um dos mais citados pela população segundo o Instituto de Pesquisa Maurício de Nassau (IPMN), o senador Armando Monteiro (PTB) comentou ao blog os resultados da pesquisa, na qual o nome dele aparece bem cotado em todos os cenários para o governo do Estado. Segundo Monteiro, os dados apresentados são aceitos de forma positiva, mas não representam de fato a preocupação do eleitor com o pleito de 2014.

“Não posso deixar de dizer que para nós é um dado positivo porque significa que há uma aceitação do nosso nome em todas as regiões do Estado de Pernambuco. No entanto nós sabemos que essa pesquisa ainda está distante do processo eleitoral, portanto tudo isso tem que ser recebido de forma muito tranquila, muito serena com os pés no chão porque temos um longo percurso até as eleições. De qualquer forma são dados do momento, mas a população ainda não está ligada ao processo eleitoral as pessoas estão pensando nos seus problemas”, ressaltou Armando Monteiro.

Um eventual 2º turno de acordo com a pesquisa, aconteceria caso o PT lançasse uma candidatura própria como postulante o deputado Federal João Paulo, ex-prefeito do Recife. Quando o nome do petista o percentual de Armando cai para 23%. Armando posicionou-se sobre esse possível cenário.

“Eu vejo com tranquilidade. Quando você coloca mais de um nome e de maior intensidade, neste caso João Paulo, ex-prefeito de Recife, principalmente na área metropolitana, é natural que você tenha essa variação. Agora não há ainda uma simulação de 2º turno, até porque o universo que corresponde as eleições daria sempre um cenário de 1º turno”, garante o senador.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro