6 de maio de 2014 às 08h03min - Por Mário Flávio

20140506-080543.jpg

Em Serra Talhada, onde recebeu o Título de Cidadão, o senador Armando Monteiro Neto (PTB), reagiu as declarações de aliados da Frente Popular e bateu pesado no prefeito do Recife, Geraldo Júlio (PSB), que no anúncio do apoio de DEM e Solidariedade a candidatura de Paulo Câmara, teceu críticas a aliança do senador com o PT. Armando ironizou as declarações do socialista e disse que a falta de experiência permite que algumas declarações sejam dadas.

“O prefeito Geraldo Júlio quer desempenhar um papel que ainda não tem envergadura. Ele quer desempenhar um papel sem ter treino e começa a dizer algumas impropriedades. Quando ele diz que as administrações petistas fizeram mal ao Recife, esqueceu de lembrar que o partido dele apoiou os 12 anos da gestões do PT e é bom lembrar que o partido dele tinha o vice-prefeito, ou seja, compartilhou responsabilidades. São declarações desastrosas, mas eu não quero relevar, ele não está treinado para desempenhar essa missão que deram a ele. Faço votos que ele no interesse do debate que vamos travar em Pernambuco, se exercite mais”, disparou.

O pré-candidato ao governo pelo PTB evitou falar sobre a possível tentativa de cooptacão do Palácio a aliados e disse que a população já julgou o caso. “Mantenho tudo o que eu disse, mas esse é um episódio superado, queremos discutir o futuro de Pernambuco. Os pernambucanos querem que a gente discuta propostas, o futuro e diria que as pessoas já formaram um juízo sobre essa questão”, disse.


Comentários


...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro