24 de maio de 2012 às 07h44min - Por Mário Flávio

Todos os documentos secretos produzidos até 1997 no Brasil estão, a partir de agora, abertos, segundo a nova lei que regula o acesso à informação. Comunicações diplomáticas, notas e gravações de reuniões, planos operacionais, documentos sobre segurança já devem estar disponíveis, inclusive, na Internet.

Até as gravações das reuniões secretas das Comissões do Senado, da Câmara e do Congresso, com mais de 15 anos, estão, de acordo com a nova lei, automaticamente livres do sigilo. A partir de agora, tornam-se abertos, também, os documentos classificados como reservados produzidos até 16 de maio de 2007. Os classificados como confidenciais, a grande maioria, estão abertos às consultas.

Assim como, segundo a Lei de Acesso à Informação sancionada pela presidente Dilma, todos os documentos produzidos pela União, Estados e municípios classificados anteriormente como confidenciais.


Comentários



...

Mário Flávio

Jornalista & Blogueiro