Polícia Federal faz operação contra fraudes em fundos de pensão

pf

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta segunda-feira (5) a operação Greenfield, que investiga irregularidades em quatro dos maiores fundos de pensão do país. São eles: Funcef, da Caixa Econômica Federal; Petros, da Petrobras; Previ, do Branco do Brasil; e Postalis, dos Correios.

A Justiça Federal em Brasília determinou o bloqueio de bens e de recursos em contas bancárias de 103 pessoas físicas e jurídicas que são alvos da operação, no valor aproximado de oito bilhões de reais. Ao todo, são 106 mandados de busca e apreensão, 34 de condução coercitiva e sete de prisão temporária nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia, Espírito Santo, Rio Grande do Sul, Paraná, Santa Catarina e Amazonas, além do Distrito Federal.

As investigações começaram após os investigadores notarem déficits bilionários nos fundos. Os suspeitos podem ser indiciados por crimes contra o Sistema Financeiro Nacional e gestão temerária e fraudulenta.

Jornalista e blogueiro.