Vereador cobra melhoras da Compesa para o São João da Escócia

WhatsApp Image 2017-02-23 at 10.14.24

O vereador Tafarel Felix (PRP) se reuniu na manhã desta quinta-feira (23) com representantes da Compesa para falar sobre os problemas da falta de água e saneamento no bairro São João da Escócia. Em conversa com o gerente regional da estatal, Mario Heitor Filho, o vereador relatou que os moradores da localidade estão sofrendo com abastecimento irregular e não cumprimento das datas como previsto no calendário de abastecimento da companhia que é divulgado todos os meses.

Além do abastecimento deficiente, os moradores do São João da Escócia precisam lidar diariamente com a falta de saneamento e os esgotos a céu aberto. E com as recentes chuvas que tem caído na cidade o problema se agravou, já que devido ao acúmulo de lixo e metralhas nas ruas da localidade, os esgotos acabam sendo entupidos e invadem as ruas trazendo mau cheiro e a possibilidades de os moradores contraírem doenças devido ao contato direto com o esgoto.

Tafarel destaca que os moradores do bairro não podem mais conviver com esses problemas. “São milhares de famílias que escolheram o bairro para viver, mas se deparam com condições desumanas porque ninguém pode conviver com o esgoto escorrendo na sua porta, principalmente sabendo que seus filhos ou parentes podem contrair doenças graves. Sem contar que a falta de água se soma ao outro problema, já que estamos vivendo um momento de crise, as pessoas nem podem e tem condições de comprar água, quando é tarefa do governo e da Compesa garantir que todos tenham água potável nas suas casas”.

Deputada cobra fiscalização de trabalho infantil no carnaval

Teresa Leitão - ASCOM ALEPE

A deputada Teresa Leitão (PT) fez no Pequeno Expediente desta quinta (23), um apelo aos prefeitos: “Que fiscalizem essa prática com o mesmo afã e energia com que inspecionam os vendedores em barracas”.

A petista chamou atenção para o fato de, muitas vezes, o trabalho infantil ser visto com naturalidade. “As crianças devem preservar a nossa cultura, e não ser exploradas por ela. A coleta de latinhas e a venda de água e adereços por menores configuram exploração. Não podemos admitir”, frisou.

Teresa considera que o assunto não está sendo debatido como deveria. “Um assunto silencioso e que neste ano está mais silencioso ainda. No carnaval aumenta de uma forma assustadora”, alerta. “A construção física, cognitiva, emocional das crianças muitas vezes não está preparada, são os adultos que controlam, exploram, expõe e deixa a porta aberta para a exploração sexual infantil”, denunciou. “Infelizmente não vi nenhuma campanha ostensiva, ousada e mais focada no combate ao trabalho infantil no carnaval por parte do Governo do Estado”, concluiu.

Teresa lembra que neste ano a “vulnerabilidade está maior” e o que torna a responsabilidade do poder público maior. “Espero que o Governo do Estado faça a sua parte melhor do que faz hoje”, disse.

Curso gratuito para formar produtores culturais chega ao Agreste

Estão abertas as inscrições para o curso De ponto a ponto, que tem como objetivo formar até 40 profissionais da área de literatura na elaboração e gerenciamento de projetos, de modo a criar uma demanda de produtores e/ou núcleos de produtores culturais em pelo menos 10 dos 26 municípios da região do agreste central. As aulas vão acontecer entre os dias 7 e 22 de março em horário integral (manhã e tarde), durante a semana, no município de Bezerros, na Associação dos Filhos e Amigos de Bezerros – AFABE. Os interessados devem realizar inscrição na página do Facebook De Ponto a Ponto ou entrar em contato com os organizadores através do e-mail projetosarimateia@gmail.com ou pelo telefone (81) 9.8869.5881.

O curso trará o estudo do decreto que rege o Funcultura e dos editais e resoluções em torno do Fundo de Cultura do Estado de Pernambuco; conceitos que nortearão a formatação de projetos, orientação contábil, prestação de contas e gestão de projetos dentro das melhores práticas estabelecidas pelo PMI (Project Management Institute). Será feito também um panorama breve sobre outros instrumentos de financiamento em nível nacional, como a Lei Rouanet e outros editais. As aulas serão ministradas por Simone Arimateia – Administradora com formação em gerenciamento de projetos, e Maria José Arimateia – Professora, escritora e produtora cultural. A palestra de abertura terá a presença de Meca Moreno, reconhecido cordelista em Pernambuco.

A inscrição é gratuita e terá de contrapartida a doação de três livros literários por parte dos inscritos, no primeiro dia de aula. As publicações serão doadas a instituições que promovem leitura. Há vagas destinadas especificamente a surdos e cegos. Será oferecido almoço a todos os participantes do curso que com o incentivo do Funcultura.

Vereador debate situação do Matadouro de Caruaru

WhatsApp Image 2017-02-22 at 20.59.49

O vereador Bruno Lambreta (PDT) se reuniu com o secretário de serviços públicos, Humberto Correia Lima e alguns marchantes do matadouro da cidade. Na pauta, a situação atual do matadouro de Caruaru, suas condições de trabalho e as necessidades primordiais. “Realizamos esta reunião para dialogar com a classe, saber dos próprios trabalhadores o que é de mais necessidade e o que pode ser melhorado”, pontuou o parlamentar.

Além do assunto relacionado ao matadouro, o vereador e o secretário também pontuaram as questões dos Residenciais Mandacarú e Baraúnas, bem como, as demandas de metralhas na cidade.

Câmara aprova projeto que protege mulheres contra ofensas na internet 


Foi aprovado no plenário da Câmara dos Deputados o Projeto de Lei nº5632/2016, de autoria do deputado João Fernando Coutinho, que acrescenta à Lei Maria da Penha (Lei 11.340/06) recurso para proteger as mulheres e combater as condutas ofensivas contra elas na Internet ou em outros meios de propagação da informação.
Segundo o texto aprovado, essa nova forma de violência é a divulgação pela internet, ou em outro meio de propagação, de informações, imagens, dados, vídeos, áudios, montagens ou fotos da mulher sem o seu expresso consentimento, obtidos no âmbito das relações domésticas.

Segundo o parlamentar, os danos decorrentes desses crimes vão desde a vergonha e o isolamento, até situações mais sérias, como depressão e suicídio. Para o socialista, esta é uma importante medida para as vítimas, especialmente se levarmos em consideração que a recusa e a demora dos administradores de sites em tirar o material do ar representa um ponto de enorme sofrimento na vida das vítimas. “Buscamos com esse PL a punição para quem espalhou os arquivos, bem como para aqueles que a viralizam. Assim como quem disponibiliza as mensagens, fotos, vídeos responde por seus atos, quem espalhou também precisa arcar com as consequências”, declarou.

Este Projeto aprovado também complementa a Lei Carolina Dieckmann que criminalizou a invasão de dispositivo informático, com pena de reclusão de seis meses a 2 anos e aumento de um a dois terços quando houver a divulgação a terceiros do conteúdo obtido.

Deputado quer fim do visto para estrangeiros


O deputado Fernando Monteiro (PP) apresentou Projeto de Lei que altera o Estatuto do Estrangeiro no sentido de permitir que o Poder Executivo conceda dispensa unilateral de visto de turista. Segundo ele, o Brasil tem um grande potencial turístico, mas é prejudicado pela burocracia, levando o turista estrangeiro a procurar outros destinos.
Fernando Monteiro lembrou a experiência exitosa vivenciada durante os Jogos Olímpicos, quando 75% dos turistas estrangeiros foram beneficiados pela isenção de visto. Dados do Ministério do Turismo mostram que o benefício atingiu cerca de 40 mil pessoas não residentes e injetou US$ 48,5 milhões na economia. “ Estou empenhado em incentivar o turismo no País e, em especial, no Nordeste. Para isso, temos que facilitar o acesso do turista e favorecer investimentos no setor”, disse o parlamentar.

Segundo ele, o país tem grande potencial para atrair um grande fluxo turístico, pois além das belezas naturais tem a diversidade cultural. “Além do nosso belíssimo litoral, da caatinga e do cerrado, temos manifestações culturais únicas como o carnaval, as festas juninas, a vaquejada, entre outras”, destaca.

A Organização Mundial do Turismo (OMT) defende a isenção de vistos, argumentando que quando um país concede a isenção, aumenta, em média, 20% a entrada de pessoa de recursos. Durante os Jogos Olímpicos tiveram isenção de visto os turistas vindos dos Estados Unidos, Canadá, Austrália e Japão. A escolha dos quatro países, segundo o Ministério do Turismo, levou em conta, entre outros pontos, o fluxo e os gastos desses turistas no país.

Prefeito de Brejo antecipa pagamento de salário dos servidores

Hilário

O prefeito do Brejo da Madre de Deus, Hilário Paulo (PSD), antecipou o pagamento dos salários dos servidores efetivos e de cargos comissionados da Prefeitura Municipal, nesta quarta-feira (22). O objetivo da antecipação, segundo o chefe do executivo municipal, é garantir que os servidores possam honrar com seus compromissos e festejar o feriado de carnaval com seus vencimentos no bolso.

“Tenho feito uma gestão com o objetivo de melhorar a qualidade de vida das pessoas, logicamente que esse é um trabalho de equipe, então, para que tenhamos colaboradores mais entusiasmados e comprometidos é preciso oferecer seus devidos reconhecimentos, buscando pagar em dias e se possível de maneira antecipada para que eles possam passar o feriado carnavalesco sem dificuldades”, justificou Hilário.

Receita Federal deve receber 28,3 milhões de declarações do Imposto de Renda em 2017

leao-ir-imposto-de-renda-receita-federal-1328542682208_615x300

A Receita Federal espera receber mais de 28 milhões de declarações do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF). De acordo com a própria Receita, o número calculado é correspondente a 1,2 por cento acima do que foi recebido no ano passado, que foi mais de 27 milhões dentro do prazo legal.

O programa gerador da declaração poderá ser baixado a partir desta quarta-feira (22), e o envio será liberado a partir das 8 horas da manhã do dia 2 de março. O prazo para ser enviado vai até meia noite do dia 28 de abril.

Caso o contribuinte passe do dia estipulado para a entrega, ele estará sujeito a uma multa de 1 por cento ao mês sobre o imposto devido. Ainda de acordo com a Receita, o valor mínimo que será cobrado é de R$ 165,74, e o valor máximo equivale a 20 por cento sobre o imposto devido.

LEVA – Atendimento suspenso no período de Carnaval

Leva

A AETPC informa aos usuários do transporte coletivo, que devido ao período de Carnaval, o atendimento do LEVA estará suspenso nos próximos dias 25, 27 e 28 (Sábado, Segunda e Terça). Os serviços como recarga do cartão, emissão de via, cadastro/recadastro entre outros, realizados no 3º piso do Shopping Difusora, serão retomados na quarta-feira (01/03) a partir das 13h.

“Os usuários devem ficar atentos a estas datas, e efetuar a recarga no cartão com antecedência para que possa utilizá-lo nos ônibus normalmente”, explicou a Assessora Institucional da AETPC, Ana Rebeca Passos.

Lembramos ainda, que os demais pontos de recarga do LEVA espalhados na cidade (consultar os pontos no site www.cartaoleva.com.br), também estarão com horários diferenciados, voltando ao atendimento normal na quarta de cinzas. Nesta sexta (24/02), o Leva funciona normalmente das 8h às 18h no Difusora.

Polícia Federal deflagra Operação Blackout. É a 38ª fase de Lava Jato 

Do Estado 

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quinta-feira (23) a Operação Blackout, 38ª fase da Lava Jato.
Em nota, a PF informou que são cumpridos 15 mandados de busca e apreensão e 2 mandados de prisão preventiva no Estado do Rio de Janeiro/RJ. Os investigados responderão pela prática dos crimes de corrupção, fraude em licitações, evasão de divisas, lavagem de dinheiro dentre outros.

A ação policial tem como alvo principal a atuação de operadores financeiros identificados como facilitadores na movimentação de recursos indevidos pagos a integrantes das diretorias da Petrobras.

O nome da fase (Blackout) é uma referência ao sobrenome de dois dos operadores financeiros do esquema criminoso existente no âmbito da empresa Petrobras. A simbologia do nome tem por objetivo demonstrar a interrupção definitiva da atuação destes investigados como representantes deste poderoso esquema de corrupção.

Os presos serão levados para a Superintendência da Polícia Federal em Curitiba quando autorizados pelo juízo competente.