Queiroz diz que a unidade representa futuro e história

Sobre as declarações do governador Eduardo Campos o prefeito Zé Queiroz fez questão de analisar as palavras do socialista. Ele disse que Eduardo foi feliz sobre o futuro, mas a história citada pelo governador é mais importante na construção da unidade da Frente Popular na Capital do Agreste.

“Escutei atentamente Eduardo, o futuro vai nos unir, mas ele citou a questão da história e temos um passado de muitas conquistas juntos e tanto como eu como João sabemos disso”, disse o prefeito, que esbanjou otimismo com as declarações de Eduardo Campos.

João concorda com Eduardo, mas ainda não confirma presença na convenção da Frente em Caruaru

O vice-governador Joào Lyra segue irredútivel sobre a postura a tomar com relação a Frente Popular em Caruaru. Ele ouviu o que disse o governador Eduardo Campos sobre as divergências em Caruaru, mas garantiu que só resolve o futuro dele com relação ao apoio ao prefeito Zé Queiroz na próxima quinta (28).

“Quando Eduardo voltar dos Estados Unidos vamos ter uma conversa sobre a situação de Caruaru. Não fui procurado e falta uma semana para a convenção”, disse. Sobre a ida dele para a convenção no dia 30, o mistério persiste. “Não posso dizer aqui nenhuma afirmação. Temos convenções importantes no dia 30 em Recife, Caruaru e Petrolina, mas só defini se venho a Caruaru após conversar com Eduardo” despistou.

Eduardo: “O Futuro irá nos unir em Caruaru”

O governador Eduardo Campos (PSB) esteve hoje em Caruaru. Ele acompanhou o ministro das Cidades, Agnaldo Ribeiro, no lançamento da campanha de prevenção a acidentes. No entanto, com a aproximação das convenções, falar de política foi inevitável.

Sobre a questão de Caruaru, o socialista disse que um acordo está próximo e que a história pode ajudar a minimizar a distância entre o prefeito Zé Queiroz e o vice-governador João Lyra, ambos do PDT, que há bastante tempo não falam a mesma língua.

“Tenham certeza que a Frente Polular tem história em Caruaru. As nossas convergências são maiores que as nossas possíveis divergências, mas o futuro irá unir a todos aqui em Caruaru”, explicou o governador, que retornou ao Recife onde comemora o aniversário do irmão e segue na madrugada de domingo para os Estados Unidos, onde será homenageado.

A convenção da Frente Popular em Caruaru está marcada para o dia 30, a partir de 9h em Maria José Recepções II.

Ministro das Cidades destaca prevenção a acidentes e importância das festas juninas em Caruaru e Campina Grande

Natural de Campina Grande, na Paraíba, o Ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro (PP), conheceu um pouco do clima junino de Caruaru neste sábado (23), quando visitou a Capital do Forró para intensificar a campanha de prevenção a acidentes nas estradas. Além disso, ele também conheceu a exposição Baixio dos Doidos, na Vila do Forró, na antiga Estação Ferroviária. Aguinaldo esteve acompanhado do governador Eduardo Campos (PSB), o vice João Lyra (PDT), o prefeito Zé Queiroz e seu vice, Jorge Gomes (PSB), além de secretários municipais e da secretária estadual Laura Gomes (PSB).

Essa visita não teve tanto um enfoque político, visto que foram evitados assuntos como a recente reportagem do Estadão que afirmou que o Ministro teria costurado a aliança do PT ao PP de Campina Grande, em favor de sua irmã, a pré-candidata a prefeita Daniela Ribeiro, em troca de uma secretaria no Ministério das Cidades. Na verdade, Aguinaldo se concentrou em falar sobre a importância de prevenir motoristas quanto acidades nas estradas. Oficialmente, essa visita dele foi até um agradecimento ao cantor sertanejo Leonardo, que participou do comercial da campanha sem cobrar cachê. No contexto, o filho de Leonardo sofreu um acidente de carro recentemente, devido à falta de atenção.

“Foi a primeira vez que o Ministério das Cidades fez uma campanha especifica regional, logicamente não poderíamos deixar de visitar Caruaru e Campina Grande, por serem as maiores referências regionais, sobretudo nas festas juninas. E nessas festas é onde há também um grande consumo de bebida alcoólica e é quando também se faz preciso um trabalho de conscientização para que as pessoas não dirijam embriagadas. Nossa missão aqui é mostrar que o trânsito no Brasil mata muito. O trânsito aqui causa muito mais mortes do que as ocasionadas na guerra na Síria. Devemos estimular e sensibilizar a população e os governos estaduais e municipais. É preciso que possamos introduzir na cultura do brasileiro o respeito ao cidadão e à vida na condição do trânsito”, explicou.

A campanha desenvolveu uma estrutura de divulgação na mídia, envolvendo os órgãos estaduais e municipais de trânsito, através de trabalhos de conscientização, que incluem a distribuição de panfletos nas ruas. O Ministério também utiliza campanhas como essa dentro da meta a meta de reduzir até 2020 reduzir em 50% os acidentes de trânsito.

Mas, o ministro não falou apenas do trânsito. Ele também destacou a importância das festas juninas em Caruaru e Campina Grande. Só não quis entrar no mérito de qual é a melhor festa. “Nessa disputa quem  ganha é, quem ganha é o povo brasileiro, que pode conhecer o que tem de melhor na nossa cultura. O nosso povo tem uma riqueza que pode ser representada, por exemplo, pela exposição Baixio dos Doidos. O São João a cada dia se expressa mais através de Campina e Caruaru, que ajuntam o Nordeste como um todo na difusão da cultura popular”, ressaltou.

Eduardo Campos, Zé Queiroz e João Lyra à espera do Ministro das Cidadess

Presentes no Aeroporto Oscar Laranjeiras, estão o prefeito Zé Queiroz (PDT) o vice Jorge Gomes(PSB), o governador Eduardo Campos (PSB), seu vice João Lyra (PDT), além de secretários municipais e a secretaria Laura Gomes(PSB), à espera do Ministro das Cidades Aguinaldo Ribeiro (PP). Houve um atraso na visita, já que o início da visita estava programada para 11h 30min.

Ele veio a Caruaru para conhecer o São João da cidade e intensificar a campanha de prevenção a acudentes nas estradas.  Na verdaede, pela agenda da visita, inicialmente o ministro deve visitar exposição Baixio dos Doidos, na Vila do Forró, quando equipes do Denatran e Detran promoverao panfletagemda campanha.  Depois, o ministro ainda deve visitar os museus do Forró e do Alto do Moura, na Casa de Cultura, no Pátio de Eventos Liz Gonzaga.

João Lyra ainda não sabe se vai para a convenção da Frente Popular em Caruaru

A azeda relação entre o prefeito Zé Queiroz e o vice-governador João Lyra, ambos do PDT, segue pra lá de delicada. Nessa madrugada o vice voltou a afirmar que ainda não foi procurado pelo prefeito de Caruaru e que os dois terão apenas um dia para realizar tal encontro. Segundo João, o governador viaja nesse fim de semana para os Estados Unidos, volta para bater o martelo de várias candidaturas na Região Metropolitana do Recife e só depois, lá pela quinta-feira (28), senta com ambos para conversar sobre Caruaru.

O próprio João já disse que o prazo está muito em cima e por isso, a conversa pode até mesmo não acontecer. Quando questionado pelos jornalistas se iria vir a convenção da Frente Popular em Caruaru, o vice desconversou. “Ainda não decidi, temos convenções importantes no Recife”, disse.

A decisão de João Lyra vai ser tomada após a conversa com Eduardo Campos e Zé Queiroz, mas mesmo que venha para a convenção, uma coisa é certa, dificilmente o vice-governador vai se engajar na campanha. O clima entre ele, o prefeito Zé Queiroz e o deputado federal Wolney Queiroz é pesado. O núcleo duro do governo Zé Queiroz já trabalha até mesmo com a possibilidade de uma possível ausência de João no palanque. A conferir.

A relação entre as duas lideranças segue estremecida. Imagem: Paulo Roberto

Convenção do PCdoB será no dia 30 de junho

Os dirigentes do PCdoB definiram que a convenção do partido vai ser mesmo no dia 30 de junho. O curioso é que o local não é o mesmo da convenção que vai homologar o nome de Zé Queiroz como candidato a reeleição. Enquanto o nome do prefeito será ratificado em Maria José Recepções II, a convenção dos comunistas vai ser na Câmara Municipal.

O presidente da Câmara não quis polemizar o assunto e disse que a decisão de realizar a convenção na Câmara, já tinha sido tomada antes pelo partido. Mesmo evitando polêmicas e com discurso de defesa do governo do prefeito Zé Queiroz, o comunista ainda não tem uma relação próxima com o prefeito de Caruaru.

Ele não foi as últimas inaugurações da prefeitura e na reunião de ontem entre o prefeito e presidentes de partidos e deixou mais margens para vários tipos de especulações. No entanto, ele conversa diariamente com o deputado federal Wolney Queiroz e sempre entra em contato com o senador Douglas Cintra, principais integrantes do núcleo duro que dá apoio ao prefeito de Caruaru.

Vereadores vão para o chapão. Decisão não agrada aos independentes

Após uma longa reunião entre os presidentes de partidos e o prefeito Zé Queiroz (PDT) ficou decidido que os módulos entre partidos nanicos serão mantidos. Com isso, a tese do chapão unificado caiu por água abaixo e os partidos com vereadores na Câmara vão ter que ir para um chapão. A a exceção do PT, já que Rogério Meneses não é candidato a reeleição.

A ideia não foi bem digerida por alguns vereadores, entre eles o Dr. Demóstenes (PSD), que usou palavras duras como “Coligações kamikazes” em referências as unidades de ataque suicida por aviadores militares do Império Japonês contra navios dos Aliados nos momentos finais da campanha do Pacífico na Segunda Guerra Mundial, destinados a destruir o máximo possível de navios de guerra.

Com isso, os vereadores devem seguir a ideia da divisão proposta pelo PCdoB, que tende a dividir a Câmara em dois blocos.  De um lado estariam PSB, PSD e PDT. Os prováveis candidatos nesse bloco seriam Leonardo Chaves, Bruno Lambreta, Alecrim e Dr. Demóstenes (PSD); Gilberto de Dora, Marcelo Gomes e Fernando Lucena (PSB); e Zé Ailton e Wedna do Hospital (PDT).

No segundo blocos de partidos estariam PR, PTB, PCdoB e PSC. Nesse caso, seriam candidatos Lula Tôrres (PR); Ranilson Enfermeiro e Cecílio Pedro (PTB); Lícius e Edmilson do Salgado (PCdoB); e Zé Carlos do Sindicato (PSC). Esses dois blocos poderiam eleger um bom número de vereadores. No entanto, devido a votação para a eleição majoritária, um bom número de vereadores pode não garantir a reeleição.

Dr. Demóstenes ameaça não disputar a reeleição

Movimento LGBT de Caruaru lança a campanha “São João sem Discriminação”

A intenção de Cleyton Feitosa é chamar atenção. Imagem: Paulo Roberto

Preocupados com a discriminação por orientação sexual e identidade de gênero, os ativistas do Movimento LGBT da nossa cidade, encabeçados por Cleyton Feitosa da ARTGAY Articulação Brasileira de Gays (ARTGAY), Erison Ferreira do Grupo de Resistência Gay de Caruaru (GRGC) e Stephane Fechine da Associação de Travestis e Transexuais de Caruaru (ATRACA) lançam nesse São João a campanha “São João sem Discriminação”.

O Movimento contou ainda com o apoio da Secretaria Especial da Mulher da Prefeitura Municipal de Caruaru que cedeu o espaço da abertura do lançamento da campanha “Mulher Não é Mercadoria” para que o Movimento LGBT divulgasse sua ação.

Desse modo, o Movimento LGBT em nossa cidade ganha mais destaque e expressividade por realizar iniciativas que visam a cidadania dessa população e dão exemplo de atividades oriúndas da organização da sociedade civil. Demonstram também que Caruaru avança na luta pelo respeito à diversidade, haja visto que é uma ação inédita partindo deste segmento nesse período em que Caruaru pulsa em movimentação devido aos festejos juninos.

Diogo Cantarelli vai apoiar Miriam Lacerda e espera ser vice na chapa da oposição

A Executiva Municipal do PSDB definiu qual é o melhor rumo do partido em Caruaru: apoiar a pré-candidata à prefeitura Miriam Lacerda (DEM).  Assim, o vereador Diogo Cantarelli abandona seu projeto de pré-candidatura, enquanto o partido passa a confiar de que ele seja o escolhido para compor a vaga de vice na chapa de oposição. Agora, os Democratas oficialmente reúnem seis partidos em uma coligação que deve chegar a quase 11 minutos de guia eleitoral, para rivalizar com a Frente Popular.

Era mais ou menos o que se especulava no início do ano: Diogo manteria a pré-candidatura até a proximidade das convenções, para avaliar as condições do pleito, quando então poderia decidir apoiar o bloco encabeçado por Miriam. Na verdade, os diálogos com os democratas já vinham sendo realizados há dois meses, embora os tucanos digam que o foco dos diálogos tenha sido apenas o apoio a proposta de governo de Miriam, sem citar a possibilidade de indicação da vaga de vice.

Na atual situação, o partido coligará proporcionalmente com o DEM e PMDB. O número de candidatos a vereador que o partido lançará ainda deve ser definido na segunda-feira (25), mas a legenda espera manter uma vaga na Câmara Municipal e quem sabe eleger mais um edil.

“Levando em consideração que nosso adversário é o PDT e não o DEM e que o PSDB não concorda com a forma administrativa que hoje em Caruaru governa, o diretório do PSDB de Caruaru decidiu apoiar a candidatura da pré-candidata Miriam Lacerda, do Democratas. Anunciaremos esse apoio oficialmente em nossa convenção, que foi adiada para 30 de junho, e que será realizada no auditório do Shopping Difusora”, explicou Diogo.

Sob um ponto de vista mais rígido, é possível avaliar que o PSDB acabou isolado, sem partidos para alavancar uma via alternativa, em parte devido ao processo de regularização do registro de candidatura de Diogo, já que ele havia sido considerado inelegível junto ao TRE, por conta de uma complicação em sua prestação de contas referente a 2010. E, no final das contas, uma candidatura paralela da oposição poderia dar, indiretamente uma vantagem para a base do prefeito Zé Queiroz nestas eleições.

“A oposição deve permanecer unida em Caruaru e é  unânime a opinião dos pré-candidatos a vereador pela oposição de que a chapa Miriam e Diogo seria a melhor alternativa. Diogo representa uma oxigenação para a chapa de Miriam”, justificou o secretário-geral do PSDB municipal, Raffiê Dellon, também presidente da Juventude Nacional do partido. O desejo da indicação da vaga de vice está claro no partido, mas de acordo com Raffiê, até a próxima sexta (29), os presidentes das juventudes do PSDB, PMDB, PMN e PPS, que formam a Frente Jovem de Oposição, entregarão um documento a Miriam Lacerda, pedido a indicação de Diogo como vice na chapa da oposição.