Alecrim chega a três anos e sete meses de mandato sem usar à Tribuna de Caruaru

O vereador Alecrim (PSD) segue com o estilo discreto na Câmara Municipal de Caruaru. Ele não usou o microfone da Tribuna uma vez sequer na atual Legislatura e diz que o uso abusivo não leva a nada. Quando perguntado sobre se essa posição não o faz perder espaço na política ele foi enfático. “É melhor ficar quieto do que dizer hoje aue tal prefeito é melhor e amanhã não está mais com ele. Concorda?”, disse.

Ele ainda citou como exemplo a eleição do Recife. “Vejam no Recife, as pessoas que hoje diziam que o governo do prefeito não prestavam hoje só porque são candidatas mudaram de opinião e agora o governo de João da Costa presta? Não faço política assim. Respeito quem gosta de usar o microfone e quem gosta da midia, mas esse não é o meu estilo, mas gosto sempre de dizer a verdade e faço isso com todos os prefeitos”, explana.

O vereador é apontado como um dos favoritos no Grupo da Morte, como está sendo chamado o chapão montado entre os partidos que contam com vereadores.

O ex-democrata migrou para o PSD e segue para tentar a reeleição para o quinto mandato seguido na Casa Legislativa. “Vou para essa disputa e confio em Deus para obter um bom resultado”, espera.

Mutirão do Cartão SUS é prorrogado

O mutirão do Cartão SUS, que estava previsto para ser encerrado nesta sexta-feira 13, será prorrogado até o dia 31de julho, com o intuito de cadastrar 100% dos usuários do Sistema Único de Saúde em Caruaru.

Segundo dados da Secretaria de Saúde do município, dos 315 mil habitantes, 182 mil fizeram o cadastramento e já estão com o cartão em mãos, o que representa 60%. Diariamente, cerca de 1.500 pessoas fizeram o cadastro, estão com o cartão em mãos e podem usufruir dos serviços do SUS.

A Coordenadora do Cartão SUS Nacional, Luciana Feliciano, ressalta a importância do cartão. “Mesmo que a pessoa tenha acesso a plano de saúde, é essencial que faça o Cartão SUS, pois se esta, um dia, vir a precisar dos serviços, só terá acesso ao Sistema Único de Saúde por meio do cartão”, completa.

Para fazer o cartão, é necessário, no caso de adultos, de cópias do documento de identidade, CPF e comprovante de residência, e no caso das crianças, cópia da certidão de nascimento e comprovante de residência. Cada usuário poderá cadastrar cinco pessoas.

Os atendimentos continuarão sendo realizados no Complexo Administrativo, que fica na Avenida Rio Branco. Diariamente, serão distribuídas 400 senhas, que serão entregues a partir das 7h. Às 13h30.

Futuro do PMDB será decidido pelo Juiz Jefférson Félix

Após a confirmação que o PMDB ficou sob a presidência de Severino Soares, o Bibiu, a guerra fria entre situação e oposição é agora sobre qual a convenção será validada pela Justiça Eleitoral. A decisão sobre esse pleito será do Juiz do Registro de Candidatura, Jefférson Félix, que aguardava a posição dos Desembargadores para julgar a questão das convenções.

A decisão do magistrado pode sair ainda hoje, mas os dois lados seguem afirmando que realizaram a convenção. O deputado federal, Wolney Queiroz (PDT), já tinha dito antes da decisão do TJPE, que acredita no partido no palanque de Zé Queiroz. “Independente de quem seja o presidente do partido, temos um ato jurídico perfeito na realização da nossa convenção, por isso, acredito que o partido vai ficar conosco”, disse.

O deputado estadual Tony Gel (DEM) foi discreto na comemoração sobre a confirmação da presidência com Bibiu. “Tem muita gente querendo tumultuar o processo, mas acredito na justiça”, disse. A Executiva estadual do PMDB emitiu uma carta assinada pelo presidente de honra do PMDB, Dorany Sampaio, ratificando o apoio em nível estadual a candidatura de Miriam Lacerda (DEM).

Alguns governistas defendem que, caso o partido fique na oposição, a base se apoio a reeleição do prefeito Zé Queiroz (PDT), vai tentar ficar com o partido via Brasília. A conferir.

Juiz da Propaganda Eleitoral reúne partidos hoje a tarde

Está marcada para ter início a partir de 16h uma reunião entre o juiz da Propaganda Eleitoral, Pierre Souto Maior, e integrantes das coligações que disputam a eleição desse ano na Capital do Agreste. Na ocasião, o magistrado deve ratificar a questão da Lei Eleitoral, para evitar que abusos sejam cometidos na eleição desse ano.

A posição dos dois principais comitês eleitorais de Caruaru deve receber atenção no encontro de hoje. Os locais ficam praticamente no mesmo ponto da Avenida Agamenom, um em cada lado da via, o que deve gerar uma série de problemas, devido ao acirramento entre as duas militâncias. A reunião de logo mais será realizada no Fórum de Caruaru.

Leonardo Chaves diz que foi preterido por Rogério Meneses e dispara contra a Comissão de Leis

O vereador Leonardo Chaves (PSD) soltou o verbo na Sessão Ordinária desta quinta (12). Ele voltou a reclamar contra o presidente da Comissão de Redação e Legislação de Leis, Rogério Meneses (PT), que segundo ele, engavetou um Projeto de Lei de sua autoria na referida Comissão. Segundo Chaves, o projeto de Lei que denomina o Parque Municipal a ser construído no Morro Bom Jesus de Irmã Verbuga segue travado por questões pessoais.

Ele disse que o vereador Rogério Meneses usa dois pesos e duas medidas no comando da Comissão de Leis. “Esse vereador travou o Projeto e disse que pessoas em vida não poderiam ser homenageadas. No entanto, existe uma Lei que permite isso. O engraçado é que um projeto semelhante, só que de autoria do presidente da Comissão, que faz homenagem a Pedro do Amor, foi aprovado em tempo recorde. Essa Casa não pode ter dois pesos e duas medidas e ter preconceito com a Irmã Verbuga ou contra esse vereador”, disparou.

No momento do desabafo de Leonardo, o presidente da Câmara, vereador Lícius Cavalcanti, pediu a fala e disse que ia agilizar o processo, que é de conhecimento de todos na Casa. O projeto gozava da simpatia da maioria, mas o problema é que durante uma homenagem na própria Câmara, a freira disparou contra os vereadores, que segundo ela, não ajudavam muito aos projetos sociais comandados por ela. Independente da posição dos vereadores e de questões pessoais, a homenagem a freira é justa, afinal, é uma vida inteira dedicada a ajudar aos mais pobres.

Humberto lidera no Recife; Mendonça segue em segundo e Geraldo cresce na pesquisa

A pesquisa divulgada pelo Instituto Maurício de Nassau em Parceria com o Jornal do Commercio mostra que o PT segue na frente na corrida pela intenção de voto no Recife. Após a definição dos nomes que disputarão a Prefeitura do Recife no pleito de outubro, o senador e candidato pelo PT, Humberto Costa, mantém a liderança da pesquisa de intenção de votos feita pelo Jornal do Commercio em parceria com o Instituto de Pesquisa Maurício de Nassau (IPMN). O petista tem 36% da intenção de votos na pesquisa estimulada e 23% na espontânea. Já Mendonça Filho (DEM), segurou o segundo lugar, com 21% na estimulada e 13% na espontânea.

Apesar de manter a liderança, Humberto apresentou praticamente os mesmos números da edição passada, publicada no dia 16 de junho, enquanto que Mendonça cresceu com a retirada de outras candidaturas pela oposição, como o do deputado federal Raul Henry, do PMDB, que se aliou ao PSB. Em relação a junho, Mendonça cresceu mais de três pontos percentuais na estimulada. Apesar disso, caiu de 15% para 13% na espontânea.

Inédito na pesquisa, o candidato do PSB, do governador Eduardo Campos, Geraldo Júlio – que nunca disputou uma eleição -, aparece na frente de Daniel Coelho, do PSDB, que é ex-vereador, atualmente deputado estadual e tem seu candidatura posta para disputar a Prefeitura desde o início. Geraldo tem 6,8% de intenção de votos na estimulada e 5,1% na espontânea contra os 3,5% na espontânea e 6% na estimulada do tucano.

Ao todo, entre os dias 9 e 10 deste mês foram ouvidas 1.080 pessoas com idade a partir de 16 anos. Para o cientista político e um dos responsáveis pela pesquisa, Adriano Oliveira, todos os dados revelam que três candidatos estão, neste instante, disputando a ida para o segundo turno.

20120713-080943.jpg

Eduardo vai a Brasília onde participa da reunião para debater a situação da seca no Nordeste

O ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, recebe nesta sexta-feira, 13, às 9h30, governadores dos nove estados do Nordeste (AL, BA, CE, MA, PB, PE, PI, RN e SE), além de Minas Gerais e Espírito Santo, para a 15ª reunião Ordinária do Conselho Deliberativo da Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene).

O encontro acontece no Centro de Eventos do Ceará, em Fortaleza (CE). Na pauta, os resultados e prioridades do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE) e um balanço das ações emergenciais de enfrentamento à estiagem.

Geraldo reúne mais de 3 mil amigos e coloca a campanha na rua de vez

Três mil cento e vinte e cinco pessoas lotaram o Arcádia Paço Alfândega na noite desta quinta (12) em busca de uma resposta à pergunta que elas têm feito nos últimos dias: “O que posso fazer para ajudar a eleger Geraldo Julio (PSB) prefeito do Recife?” E foi o próprio candidato quem tratou logo de responder. “Vamos conquistar 40 amigos na internet, pintar os muros das nossas casas, colocar faixas nas varandas dos apartamentos e pedir o voto no colégio, na faculdade ou no trabalho”.

Na festa dos Amigos 40, um mar amarelo tomou o espaço para ouvir a mensagem de Geraldo, do candidato a vice, Luciano Siqueira (PCdoB), e do governador Eduardo Campos (PSB). Por lá estiveram deputados, vereadores, candidatos, militantes e uma grande número de simpatizantes da candidatura da Frente Popular. A “tropa” saiu do encontro animada e com a missão de multiplicar o nome de Geraldo pelos 94 bairros do Recife.

Geraldo afirmou que sonha com um novo Recife. “Uma cidade em que a gente tenha mais saúde, diminua a mortalidade infantil. Um novo Recife em que a gente possa ver os pais deixarem seus meninos na escola sabendo que eles passarão o dia inteiro ali com as refeições, tendo segurança e a oportunidade de aprender a construir um futuro melhor”, destacou.

Em seu discurso, Eduardo Campos disse que chegou a hora de o “Recife pulsar num outro ritmo”. Ele destacou a escolha “acertada” por Geraldo lembrando o papel fundamental exercido pelo candidato no êxito do Governo. Lembrou ainda a atuação do ex-secretário à frente do Programa Pacto pela Vida, da reestruturação da rede de saúde e do socorro às vitimas das enchentes durante a Operação Reconstrução.

Expectativa de grande público para último fim de semana da Fenearte

Com menos de quatro dias para o término da décima terceira edição da Fenearte, 30 mil pessoas foram, nesta quinta-feira (12) ao Centro de Convenções para conferir a maior feira de artesanato da América Latina. E para receber um público ainda maior, desta sexta-feira (13) ao domingo (15), os portões do Centro de Convenções abrirão mais cedo, às 10h.

Este ano, o público se depara com o sanfoneiro Luiz Gonzaga como homenageado. O Rei do Baião, além de marcar presença nos mais de 800 estandes, é lembrado nos shows, desfiles e, claro, no Espaço Luiz Gonzaga, inteiramente dedicado ao mestre.

Montado no mezanino e ocupando uma área de 120 m², o local possui painéis iconográficos, sala para reprodução de shows e documentários sobre a vida e obra de Gonzaga, além de uma réplica em tamanho natural do Rei do Baião. Uma brincadeira virtual pára quem atravessa o espaço, transformando os visitantes no Mestre Lua. Através de dois monitores de LCD, sensíveis ao toque, é possível escolher um conjunto de chapéu e gibão iguais ao do cantor, tirar uma foto e compartilhar via e-mail ou Facebook.

Dentro da programação, a Passarela Fenearte reúne grande parte do público da feira, que já acumula cerca de 193,5 mil pessoas. A Passarela segue até o sábado (14), trazendo, nesta sexta (13), a coleção dos estudantes da Faculdade de Desenvolvimento e Integração Regional (Fadire), às 18h, e dos alunos do Senai Caruru, às 19h. No encerramento, a programação traz a coleção do grupo Ativistas da Moda seguida do desfile do designer Ricardo de Castro nos mesmos horários.

O palco segue com programação até o domingo (15). Hoje, a partir das 16h, se apresentam os artistas Ciranda Dengosa, Banda Cervac, Ronaldo Aboiador e Rogério Rangel. No mezanino, as crianças contam com o espetáculo “O Cordel da Boa Preguiça”, a partir de apresentação de mamulengos. No mesmo local, oficinas e apresentações circenses tomarão conta do espaço.

Oponião – Ética na Política. Lá se vão 20 anos – Por Paulo Nailson

Em 1990 tomava posse no Brasil Fernando Collor de Melo. Um ano depois o país mergulhava numa crise onde a recessão e a inflação dominavam. O plano implantado por ele fracassou. O governo repleto de denúncias de corrupção envolvendo ministros e funcionários de alto escalão da República.

A esposa do presidente também foi envolvida em acusações de malversação de dinheiro público e de favorecimento ilícito de parentes. Depois foi Pedro de Mello em entrevista à revista Veja, denuncia um esquema de corrupção liderado pelo tesoureiro da campanha de Collor. Na sequencia o Congresso instalou uma Comissão Parlamentar de Inquérito que terminaria por recomendar o impeachment de Collor.

Neste cenário surgiu o Movimento pela Ética na Política, que nasceu de um pequeno grupo de pessoas. Segundo Betinho, “a princípio, ninguém acreditava em nossas chances de sucesso: nem o mundo político nem a mídia. Collor havia sido eleito por 35 milhões de votos. Nós nos contentamos em afirmar que a corrupção era inadmissível”.

Eram sindicalistas, universitários, militantes de partidos, pessoal das ONGs. A iniciativa partiu de uma proposta do deputado federal José Carlos Sabóia, do PSB do Maranhão, numa das reuniões mensais promovidas por uma ONG (INESC) com parlamentares progressistas. O deputado queixou-se do isolamento dos parlamentares democráticos no Congresso e sugeriu que o INESC convidasse a OAB, a CNBB, o IBASE e algumas personalidades políticas para discutirem a questão.

Era 9 de maio de 1992, veio a se realizar depois uma “Vigília pela Ética na Política”, que de fato aconteceu no auditório Petrônio Portella no Senado Federal, reunindo 183 entidades, 70 parlamentares e mais de 1.000 pessoas. No evento, foi lida uma Declaração ao Povo. E no dia 13 de julho do mesmo ano era lançado o documento “Ética na Política”.

O Movimento pela Ética na Política cresceu, chegando a reunir aproximadamente 900 entidades em coalizão. Collor deu “um tiro no pé” tentando reverter a negatividade do quadro apelando para um ato simbólico, convocando diretamente o povo a apoiá-lo. Pediu que a população saísse às ruas vestida com as cores nacionais num domingo. Eu aqui em Caruaru aderi ao luto, pois havia esta proposta e não fui o único nem foram poucos. Andava na rua e depois conferi pelos jornais e imprensa em geral que o luto simbólico dominava o país. Veio a plena adesão da mídia e logo depois os “caras pintadas”…

O resto todos já sabem. Com a abertura do processo de impeachment Collor renunciou, teve seus direitos políticos cassados e hoje novamente eleito pelo povo está não só de mandato como está entre os cem maiores brasileiros de todos os tempos (segundo constatou recente programa do SBT).

Duas décadas se passaram. Fatos como esse nos deixaram muitas lições, entre elas a de que apesar dos avanços e retrocessos históricos, a ética na política é o caminho e condição da democratização em qualquer lugar do mundo.

Comerciais da TV não poderão ter volume maior que da programação
A diferença entre o volume da programação dos canais de televisão aberta e os comerciais veiculados não poderá ser maior que 2 decibéis. A determinação é do Ministério das Comunicações, e foi publicada ontem (12) no Diário Oficial da União. As emissoras terão um ano para se adaptar às determinações da portaria.

Dorotéia (novamente) Vai à Guerra

Desde o dia 5 de julho acontece a III Mostra Rui Limeira Rosal de Teatro e dança. Uma das maiores mostras de teatro e dança já realizada em Caruaru. A mostra vai até o dia 29 de julho no Teatro Rui Limeira Rosal – SESC CARUARU e hoje tem o Espetáculo Dorotéia Vai à Guerra. De Carlos Alberto Ratton, direção de Gilberto Brito, apresentado pelo Grupo/Companhia: GRUPO DE TEATRO ARTE-EM-CENA.
Severino Florêncio, um dos atores em cena na peça, prepara para breve o lançamento do filme DEUS DANADO. Vale a pena esperar!

Paulo Nailson é dirigente político com atuação em movimentos sociais, Membro da Articulação Agreste do Fórum de Reforma Urbana (FERU-PE) e Articulador Social do MTST. Edita a publicação cristã Presentia. Foi dirigente no PT municipal por mais de 10 anos. Cursa Serviço Social.