Lide Pernambuco assina carta a favor da Reforma da Previdência

Lide PE

LIDE PERNAMBUCO A FAVOR REFORMA PREVIDENCIÁRIA

Nós, integrantes do LIDE Pernambuco tornamos pública nossa posição a favor da Reforma Previdenciária. Por meio desta reforma, busca-se atender a necessidades de longa data do País e dos brasileiros, sem o que não se criarão condições econômicas e sociais para o país superar a maior crise do período republicano.

A Reforma Previdenciária é necessária para: * i) colocar o sistema de aposentadoria, tanto no regime geral aplicado majoritariamente ao setor privado quanto nos regimes próprios típicos de várias carreiras no serviço público, em linha com mudanças demográficas que evidenciam o inexorável envelhecimento da nossa população; ii) corrigir o forte desequilíbrio fiscal da União, para o qual contribui significativamente o déficit previdenciário; iii) viabilizar o mecanismo aprovado no ano passado pelo Congresso Nacional, que torna invariantes, em termos reais, os gastos primários federais, para evitar que a dívida pública sem controle opere como mecanismo para gerar inflação, juros altos, recessão e desemprego; iv) controlar o desequilíbrio fiscal de Estados e municípios, alimentado pelo crescimento expressivo das despesas com inativos; e v) fazer convergir os regimes geral e próprios de aposentadoria, atualmente marcados por forte desigualdade que beneficia sobremodo as elites do serviço público em contraste com os benefícios auferidos pela maioria da população.*

Considerada a dramática situação fiscal do Brasil, o que – mantidas as regras atuais – só se agravará, os parlamentares que votarem a favor da reforma da previdência estarão prestando um grande serviço ao Brasil e aos brasileiros.

A Reforma da Previdência é essencial para a estabilidade macroeconômica, especialmente o equilíbrio fiscal, para reduzir as desigualdades e para a retomada do desenvolvimento econômico e social do país. Esperamos que os representantes do povo no Congresso Nacional votem a favor da reforma resistindo às pressões de corporações incrustadas no aparelho do Estado e fora dele, e colocando-se na defesa de interesses do país e da grande maioria dos brasileiros.

Neste momento, não devem nossos parlamentares pautar-se por interesses imediatos vinculados às eleições do próximo ano. Precisamos viabilizar mudanças que, se não forem feitas, cobrarão alto custo político, social e econômico de todos nós e das próximas gerações– principalmente de segmentos mais vulneráveis, sobre os quais inflação e desemprego comprometem a qualidade de vida.
Pelo Brasil e pelos brasileiros apoiamos a Reforma da Previdência.

Conselho de Gestão
LIDE Pernambuco

Jornalista e blogueiro.