Em greve, servidores irão passar a noite acampados na prefeitura de Gravatá

GREVE 2

No fim da manhã dessa segunda-feira (05/10) os servidores municipais de Gravatá, que estão em greve, ocuparam o prédio da prefeitura. Eles garantam que só deixam o espaço após ouvir o posicionamento do prefeito Bruno Martiniano em relação a pauta de reivindicações. De acordo com o presidente do Sindicato, Marcelo de Brito, várias tentativas já foram feitas para que o impasse fosse resolvido, mas a prefeitura não deu uma resposta significativa.

São 43 categorias de servidores na cidade de Gravatá. “Houve uma tentativa de uso da força por meio da guarda municipal para que deixássemos o espaço, mas conversamos com eles e entenderam. Estamos fazendo uma ocupação pacífica, não vamos afetar o funcionamento da prefeitura, mas enquanto o prefeito não se pronunciar, não vamos arredar o pé. Estamos organizados num sistema de rodízio, para evitar a sobrecarga das pessoas. Esperamos que a população entenda a nossa atitude, mas não poderíamos aceitar a falta de diálogo da prefeitura”, disse Marcelo.

É primeira vez na história que a prefeitura de Gravatá é ocupada. A prefeitura de Gravatá não se pronunciou sobre o assunto.

Jornalista e blogueiro.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.