Isaltino volta a defender projeto e diz que mais pobres serão beneficiados

O líder do Governo, Isaltino Nascimento voltou a defender o pacote de medidas enviado por Paulo Câmara. Ele sustentou que os projetos visam dinamizar a economia pernambucana, inclusive com renúncia de receitas. “Na próxima segunda (26), quando fizermos o debate das matérias no Plenário, vamos trazer a conta do quanto estamos abrindo mão de receita em algumas dessas proposições”, anunciou.

O deputado salientou, ainda, que a população mais pobre será atendida com a instituição da Nota Fiscal Solidária e com os ajustes nas alíquotas do ICMS. “Quem certamente está insatisfeita com as medidas é a classe AA, porque é ela que vai pagar mais imposto”, avaliou Nascimento.

Em aparte, o deputado Nilton Mota (PSB) destacou o registrou crescimento de 2,1% na economia de Pernambuco, registrado no Índice de Atividade Econômica (IBC-Br) do Banco Central, referente ao trimestre encerrado em agosto de 2018. “Nosso Estado teve o 2º melhor resultado no Brasil, atrás apenas de Minas Gerais. Quem visitar os polos econômicos espalhados das várias regiões vai ver o tanto que Paulo Câmara fez para cada uma delas”, declarou.

Priscila diz que Governo induz população ao erro

Na tribuna, Priscila Krause afirmou que o governador Paulo Câmara “induz a população ao erro” na forma como apresenta a Nota Fiscal Solidária. De acordo com ela, é “matematicamente impossível”, considerando o padrão de consumo dos beneficiários do Programa Bolsa Família, que eles gastem R$ 500 por mês em itens da cesta básica para receber, no fim do ano, o benefício integral de R$ 150 – que vem sendo chamado de “13º do Bolsa Família”.

A parlamentar citou reportagem publicada, nesta quarta, pelo Jornal do Commercio que traz o exemplo de uma mulher com cinco filhos que recebe R$ 266 do Bolsa Família e vende água no Bairro do Recife. Priscila frisou que um dos produtos que terão o ICMS aumentado em 2% é a água mineral em embalagem descartável. “Ela não vai receber os R$ 150. E a água que vende no mercado informal vai ficar mais cara, o que diminui a margem de lucro dela. É o retrato do cidadão pernambucano que vai pagar por esse aumento de impostos inoportuno”, disse.

A parlamentar criticou, ainda, a proposta tributária que, segundo o Poder Executivo, deve viabilizar o pagamento do benefício. “Não se aquece a economia com aumento de impostos. É botar dinheiro bom em coisa ruim”, agregou. Os projetos do pacote fiscal do Governo do Estado foram aprovados nas comissões técnicas da Alepe e devem ser votados em Plenário na próxima semana.

Mais de 55 mil empregos gerados no Brasil

Mantendo a tendência de crescimento, o Brasil terminou o mês de outubro com saldo positivo de +57.733 postos de trabalho formais, o que representa um acréscimo de +0,15%, em relação ao mês anterior. As informações são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado pelo Ministério do Trabalho nesta quarta-feira (21).

O desempenho é resultado de 1.279.502 admissões e 1.221.769 desligamentos. Entre janeiro e outubro, houve crescimento de 790.579 empregos – uma variação positiva de +2,09%. O saldo acumulado deste ano é o melhor desde 2015. Nos últimos 12 meses, foram gerados +444.483 postos de trabalho (alta de +1,16%).

Sobre a rejeição das emendas na Câmara de Caruaru

A cidade de Caruaru foi tomada por muita informação na manhã de hoje de que vereadores teriam votado contra a causa animal por causa de uma rejeição a emenda do vereador Fagner Fernandes, que pretendia tirar um valor dos recursos do orçamento para publicidade e aplicar na Gerência de Proteção Animal. A história não é bem essa e o intuito desse post é esclarecer o que acontece com o orçamento que é aprovado na Casa de Leis.

Pois bem… A emenda tratava de remanejar os recursos e isso não quer dizer que a gestão obrigatoriamente iria usar o valor para tal fim. Depende muito da vontade política de quem está no Executivo, nesse caso, a prefeita Raquel Lyra. Já faz algum tempo que a gerência está fechada, prejudicando os animais errantes e de pessoas com poucos recursos, que precisam de atendimento e não conseguem.

A gestão atual fez parceria com veterinários locais e alguns atendem certos casos mais complexos, digamos assim. O bom funcionamento da GPA independe da aprovação de uma emenda, mas envolve prioridade da gestão sobre a vida animal na cidade, principalmente para as pessoas que cuidam de forma voluntária de animais e contam com poucos recursos.

Sobre a votação, defendo que o vereador Fagner Fernandes tem na questão animal uma das principais bandeiras e atua de forma veemente para melhorar a vida dos animais da cidade.

Os demais que votaram a favor da emenda e usaram a tribuna da Câmara ou redes sociais para bradar em defesa dos animais, poderiam fazer o mesmo diariamente e não apenas numa votação, que vai ter uma repercussão.

Uma sugestão para o vereador Fagner Fernandes, que realiza um grande trabalho na causa, seria ajuizar a questão, como fez a Uderva na gestão anterior. O terreno para a construção da GPA estava lá, muitos anos e nada era feito. Mas com a ação na justiça, o ex-prefeito José Queiroz foi obrigado a construir a sede.

Não existe voto contra a causa animal de quem se posicionou negativamente a emenda e nem a favor da causa de quem se posicionou favorável ao pleito. Os votos nas Casas Legislativas são políticos e muita gente acaba tirando proveito disso. A população e a imprensa em geral, que muitas vezes só lembra de cobrir a sessão da câmara quando a pauta pode ser negativa, precisam ficar atentas sobre o trâmite no processo legislativo também, já que as vezes é difícil de ser entendido. No mais, parabéns a Fagner Fernandes pelo trabalho desenvolvido na luta a favor dos animais.

O mesmo raciocínio serve também para as emendas rejeitadas com autoria do vereador Daniel Finizola. Investimentos para as minorias como negros, mulheres e LGBT vão depender da vontade política da prefeita Raquel Lyra ou de quem esteja no poder.

Asec na semifinal do Pernambuco de futsal

De forma antecipada, a Asec conquistou a vaga na semifinal do Campeonato Pernambuco de Futsal. A vitória para Arcoverde, por 3 a 2, fora de casa, nesta terça-feira (20), deixou os caruaruenses garantidos na liderança do grupo, com seis pontos conquistados.

Os gols que garantiram o triunfo foram marcados por Domar, Kassio e Ian. O próximo jogo da Asec será contra a já eliminada equipe de Catende, no Ginásio do Sesc Caruaru, na quinta-feira (22), às 20h.

Reunião na Câmara mostra que faltam ajustes na base do governo

A sessão de ontem na Câmara Municipal de Caruaru mostrou que a base da prefeita Raquel Lyra ainda enfrentra problemas para ter uma coesão.

As emendas propostas pelo vereador Daniel Finizola tiveram votos a favor de governistas e algumas contaram até com o parecer favorável do líder do governo. Leonardo Chaves justificou que não houve um direcionamento da gestão e por isso os políticos votaram de acordo com a consciência.

No entanto, como os votos as emendas eram simples, deram uma ideia de quem realmente está com a gestora tucana. A questão fica bem complicada e parece uma espécie de recado de vereadores ao governo, como foram as justificativas de outros governistas, ao usarem os microfones. E isso pode respingar na eleição da Mesa Diretora ou até mesmo no pleito de 2020.

As emendas não passaram, precisariam de maioria de 2/3, ou seja, 16 votos e Daniel não conseguiu o suficiente. Mas uma coisa é fato, seguem os problemas de comunicação entre o Palácio e Câmara.

Atletas do Caruaru City passam por observação técnica no Grêmio-RS

O Caruaru City continua expandido as fronteiras do futebol caruaruense de base. Quatro atletas da escola de futebol do clube caruaruense vivenciam esta semana um período de observação técnica nas categorias de base do Grêmio, em Porto Alegre.

Os garotos Cauã Marinho, 10 anos, Arnaldo Barboza, 12 anos, Mayk de Souza, 13 anos, e Julio Pedro, 13 anos, já estão treinando nas equipes de base do tricolor, onde estarão sendo avaliados, até o próximo sábado (24), pela equipe de profissionais do clube gaúcho.

De acordo com a diretoria do Caruaru City, essa oportunidade faz parte da primeira ação para estreitar relacionamentos com o Grêmio, pensando numa possível parceria para a temporada de 2019. O Caruaru City já teve garotos aprovados em outras equipes do cenário nacional, como Atlético-PR, Atlético-MG e Corinthians.

Conservadores querem debater escola sem partido na Câmara de Caruaru

O grupo Conservadores de Pernambuco protocolou pedido de audiência pública junto ao gabinete do Vereador Presbítero Andrey Gouveia para discussão do Projeto de Lei Escola Sem Partido.

“O assunto está em pauta de discussão política em todo o país e é alvo de muita deturpação e desinformação”, disse Clederson Mais, um dos membros do grupo.

Eles pretendem discutir a matéria para melhor esclarecimento da população.

A marca do centenário do Central

O marketing do Central apresentou a marca do centenário do clube, que será comemorado em 2019. Os traços lembram muito peças da nossa região e num texto curto explicaram alguns detalhes da peça, que vem com o número 100 na frente. Segue abaixo o texto enviando pelo publicitário Caetano Neto, responsável pelo marketing do clube.

“Vem aí o ano do centenário. 2019 promete ser um ano de muitas comemorações, pois não é uma data qualquer: será o ano que marca os 100 anos de história do alvinegro patativa. Para começar a contagem regressiva, apresentamos a vocês o selo comemorativo do nosso centenário, para marcar e ficar estampado na mente dos centralinos. Avante Patativa!!! . . . #100TRAL #100ANOS2019 #CENTENÁRIO #CENTRAL100ANOS”.