Na torcida por Severino Vitalino

O artesão Severino Vitalino segue internado no Hospital Regional do Agreste. De acordo com a assessoria do Mestre, Ele segue estável e consciente, chegou na unidade com dor epigástrica, um dos sintomas do infarto.

Ele passou por exames laboratoriais, ecocardiograma e eletrocardiograma. Os médicos confirmaram a suspeita de infarto e realizaram o procedimento de cateterismo.

Há uma indicação de cirurgia cardíaca na próxima semana. O blog fica na torcida pela recuperação do filho do Mestre Vitalino.

Hospital São Sebastião em pleno funcionamento na próxima segunda-feira (5)

Após algumas semanas de espera desde a reinauguração o Hospital São Sebastião começa a funcionar em plena atividade. A data já está definida e será na próxima segunda-feira (5).

Os 16 últimos leitos já sendo ocupados por pacientes. A partir de 10h, o superintendente geral do HCP Gestão, Filipe Bitu, estará no local para explicar as mudanças.

Artigo – Queda nas ações da Forja Taurus: Mais um caso dos analistas que pouco analisaram! – por Pedro Neves*

Um conjunto de informações distorcidas e má análise do cenário financeiro e político levou a uma elevada especulação financeira em torno das ações da empresa de armas, Forjas Taurus (FJTA 3). Tudo aconteceu pelo fato de o candidato Jair Bolsonaro ter disparado nas pesquisas no início de setembro.  Com a principal bandeira de revogar o estatuto do desarmamento, muitos especularam que haveria uma íntima ligação entre a campanha do candidato e empresa de armas.

A partir de setembro a empresa chegou a acumular valorização. As ações ordinárias saltaram de R$ 1,50 para R$ 15,50, quase 1.000% de valorização.  No início de setembro, ela passou de companhia inexpressiva na bolsa para presença nos ativos mais negociados.

Mas nem tudo que brilha é ouro. Já nesta segunda-feira (29/10) as ações ordinárias acumularam queda de 24,20%, e queda de 22,73% nas ações preferenciais.  Muitos analistas já haviam chamado a atenção de que estes ativos haviam sido submetidos a um fluxo especulativo sem fundamentos. Foi indicado que a Taurus registrou no segundo trimestre do ano um Patrimônio Líquido negativo (mais passivos do que ativos em seu balanço patrimonial) em torno de R$ 510 milhões. Com uma relação Dívida Líquida/Patrimônio Líquido também negativa, como apontou em reportagem, Money Time.

GRÁFICO DE AÇÕES DO FJTA3

FORJAS TAURUS S.A.

3.75D-1.16 (-23.63%)

Cotações por TradingView

Porém, o equívoco não foi só no mercado financeiro. A análise política foi facilmente levada a uma narrativa falsa, de que Haveria uma ligação entre a campanha do candidato, Jair Bolsonaro, coma empresa, uma “provável” financiadora da campanha com interesses econômicos. A verdade é que a Forja Taurus já financiou candidatos de esquerda, como a petista Maria do Rosário (Confira Aqui!) e de centro, certamente com interesse econômico de manutenção do monopólio de mercado.

Com uma equipe econômica formada por liberais e liderados pelo economista, Paulo Guedes, que sinaliza um intenso esforço em diluir os monopólios no país – algo totalmente previsível. Soma-se a isso uma grande insatisfação de boa parte dos agentes de segurança – principal base de eleitores de Bolsonaro – em relação a qualidade técnica dos equipamentos e armas da marca.  Assim, o brilho da Forja Taurus apagou e mais uma narrativa de Fake News desmoronou.

O provável destino de Fernando Rodolfo

O deputado federal eleito pelo PHS, Fernando Rodolfo, recebeu da Executiva do PSL em Caruaru o convite para assinar ficha de filiação ao partido. O presidente da legenda na cidade, Manoel Santos, confirmou em entrevista na CBN Caruaru, o convite e disse que espera por um aceno positivo do jornalista e futuro deputado.

“O PHS não atingiu a quantidade de votos suficientes e pode deixar de existir. Fernando vai precisar de um novo partido e seria muito bom ter ele nos nossos quadros. Já temos Bivar e teríamos um reforço a mais”, disse.

Após a eleição o jornalista declarou voto em Jair Bolsonaro e disse que ia mudar o domicílio eleitoral para a Capital do Agreste. Nos próximos dias o jornalista deve se pronunciar sobre o assunto.

Mais uma nomeação de Bolsonaro pelo Twitter

O presidente eleito Jair Bolsonaro confirmou hoje o nome do quarto ministro para o governo que começa em janeiro de 2019. Mais uma vez a indicação foi feita via Twitter e não será política. Trata-se de Marcos Pontes, astronauta brasileiro que entrou para história a ser o primeiro nascido aqui a realizar uma viagem para fora do planeta.

“Comunico que o Tenente-Coronel e Astronauta Marcos Pontes, engenheiro formado no ITA, será indicado para o Ministério da Ciência e Tecnologia. É o quarto Ministro confirmado!”, postou.

Gerente de esportes deixa prefeitura de Caruaru

O gerente de esportes da prefeitura de Caruaru, Roberto Ângelo (foto acima a esquerda), não exerce mais a função na Pasta. Ele se despediu dos colegas de trabalho e o blog ainda apura os motivos que levaram a saída do professor Betinho, como é mais conhecido no meio esportivo de Caruaru.

Sob a coordenação dele diversas ações foram retomadas no esporte amador de Caruaru, entre elas a volta dos jogos escolares, a criação da bolsa atleta municipal e um fundo para entidades esportivas. Campos em bairros da cidade também devem ser construídos nos próximos meses. Em breve mais detalhes da mudança.

Chapas da OAB Caruaru serão lançadas nesta quarta-feira (31)

As duas chapas que disputarão a eleição da OAB no dia 19 de novembro serão lançadas nesta quarta-feira (31). De um lado a de situação, que tem como candidato Fernando Júnior. Ele é o atual vice-presidente da Ordem aqui na cidade.

A oposição também vai lançar a chapa hoje. O nome que encabeça a chapa é do advogado Artur Ramos.

Os eventos acontecem no mesmo horário, mas em locais diferentes. A de situação será no Difesti Recepções e a oposição no Fulano Hall.

Leonardo Boff e Gleise Hoffman: os bajuladores de Lula, por Ciro Gomes

Ciro Gomes, em sua entrevista à Folha de S. Paulo, foi perguntado se votou em Fernando Haddad.

Ele respondeu:

“Vou continuar calado, mas você acha que votei em quem com a minha história? Eles podem inventar o que quiserem. Pega um bosta como esse Leonardo Boff [que criticou Ciro por não declarar voto a Haddad]. Estou com texto dele aqui. Aí porque não atendo o apelo dele, vai pelo lado inverso. Qual a opinião do Boff sobre o mensalão e petrolão? Ou ele achava que o Lula também não sabia da roubalheira da Petrobras? O Lula sabia porque eu disse a ele que, na Transpetro, Sérgio Machado estava roubando para Renan Calheiros. O Lula se corrompeu por isso, porque hoje está cercado de bajulador, com todo tipo de condescendências.”

A Folha de S. Paulo perguntou quem são os bajuladores.

Ele respondeu:

“É tudo. Gleisi Hoffmann, Leonardo Boff, Frei Betto. Só a turma dele. Cadê os críticos? Quem disse a ele que não pode fazer o que ele fez? Que não pode fraudar a opinião pública do país, mentindo que era candidato?”

Livres em Pernambuco promete atuação continua; na Alepe hoje foi prova disso

Jovens do Livres prometem atuar com veemência com pautas que entenderem não serem as ideias para a sociedade. Nesta terça-feira (30) na Assembleia deram uma prova disso.

Dezenas foram na votação que criou o Departamento de Repressão ao Crime e fizeram muito barulho. Alguns bateram boca com a PM. Os jovens vão seguir os exemplos de outras lideranças com pensamento similar que atuam em grandes cidades brasileiras.

Eles pretendem agir da mesma forma em Caruaru. Na semana passada após a visita de membros do MBL, tomaram a decisão de se organizar e já estão em vários grupos de WhatsApp. Os jovens liberais prometem não dar tréguas a pautas polêmicas e garantem que irão fazer marcação cerrada na Câmara, Palácio Jaime Nejaym e acompanhar de perto os mandados dos deputados estaduais e federais.

Fim da Delegacia de crime contra a Administração e criação do Departamento de Repressão ao Crime Organizado

Após muita polêmica o governo Paulo Câmara usou a força da base e aprovou a criação, na Polícia Civil, do Departamento de Repressão ao Crime Organizado (Draco).

A oposição não concordou com a decisão a Comissão de Justiça rejeitou duas emendas à proposta apresentadas pela deputada Priscila Krause (DEM). As sugestões pretendiam preservar, na estrutura do novo órgão, as delegacias de Polícia de Crimes contra a Administração e Serviços Públicos (Decasp) e de Crimes contra a Propriedade Imaterial (Deprim).

Priscila Krause bateu no governo. “O que está em franco risco para justificar esse regime de urgência?”, questionou a democrata, que tinha pedido adiamento da votação e teve o pedido negado pelo presidente da Casa, Eriberto Medeiros (PP).

O líder do governo, Isaltino Nascimento (PSB), saiu em defesa da medida. “São medidas do Governo para ampliar os quadros das polícias no Estado. Será o fortalecimento das instituições e do serviço público são premissas da atual gestão. O que hoje é uma ação diminuta será mais um enfrentamento mais amplo à corrupção”, analisou. O projeto foi acatado com os votos contrários de Antônio Moraes (PP), Edilson Silva, Priscila Krause e Socorro Pimentel.