Jarbas perde mais de 100 inserções no rádio e na Tv

O candidato a senador, Jarbas Vasconcelos (PMDB), foi punido, hoje (26/09), pelo pleno do Tribunal Regional Eleitoral com a perda de 48 comerciais e 56 inserções de direito de resposta para o adversário e candidato a senador, Mendonça Filho (DEM).

Na decisão, a desembargadora Karina Albuquerque Aragão de Amorim observa que houve trucagem e montagem para prejudicar o candidato democrata. “Observa-se que a peça publicitária utilizando de divulgação de fatos sabidamente inverídicos, e o uso de montagem e trucagem possuiu o condão de injuriar o representante numa tentativa de imputar ao mesmo uma atuação desastrosa junto ao Ministério da Educação, além de responsabilizá-lo por um falacioso corte na educação para quem precisa. Reconheço a existência de mensagem inverídica na propaganda veiculada e o uso de montagem nos áudios com o fim de degradar o candidato José Mendonça”, afirma a desembargadora, relatora de cinco representações feitas pelo jurídico da Coligação Pernambuco Vai Mudar.

A punição a Jarbas foi decidida pelo pleno do TRE que julgou as cinco representações referentes aos ataques feitos por Jarbas a Mendonça. O candidato do MDB já havia sido punido pela Justiça Eleitoral com retirada do comercial do ar.

O jurídico de Mendonca Filho comprovou à Justiça que as informações contidas nos comerciais de Jarbas eram “fake news”, porque Mendonça manteve e ampliou a oferta de vagas no Fies, no Pronatec, lançando o MedioTec, além de o ProUni ter tido o maior número de vagas desde sua criação. Mendonça Filho assumiu o MEC com corte de recursos na ordem de R$ 17 bilhões feitos pela gestão do PT em 2015 e 2016. E conseguiu resgatar R$ 4,7 bilhões, garantindo a manutenção e ampliação de todos os programas.

Mendonça encontrou o Fies com um rombo de R$ 32 bilhões e lançou um novo modelo com gestão mais transparente, ampliando vagas e promovendo financiamento a juros zero. O democrata também autorizou a adesão do Fundo do Financiamento Estudantil para as autarquias de educação superior, ampliando o acesso à formação superior no Brasil.

No MEC, Mendonça promoveu reformas estruturais na educação como a reforma do ensino médio, a entrega da Base Nacional Comum Curricular, as políticas nacional de escolas em tempo integral, de formação de professor e de alfabetização. Para Pernambuco foi o ministro que garantiu o maior volume de recursos para a Educação no Estado, com a liberação de mais R$ 3 bilhões em investimentos, obras, ações e programas.

“O Tribunal, ao julgar as cinco representações contra Jarbas, reconheceu as irregularidades de sua propaganda eleitoral, com informações sabidamente inverídicas, ao afirmar que Mendonça teria cortado verba quando ministro da Educação. Com isso, Jarbas perdeu o dobro do tempo das inserções utilizadas anteriormente, mostrando que ele ultrapassou os limites do debate político e atingiu a honra de Mendonça”, comenta o advogado Paulo Fernandes Pinto, que ao lado do advogado Eduardo Porto coordena o jurídico do candidato democrata.

Segundo turno mostra Haddad com 42% e Bolsonaro 38%; estão tecnicamente empatados

Haddad 42% x 38% Bolsonaro(branco/nulo: 16%; não sabe: 4%) 

Ciro 44% x 35% Bolsonaro(branco/nulo: 17%; não sabe: 3%) 

Alckmin 40% x 36% Bolsonaro(branco/nulo: 20%; não sabe: 3%) 

Bolsonaro 40% x 38% Marina(branco/nulo: 19%; não sabe: 3%) 

Sobre a pesquisa

  • Margem de erro: 2 pontos percentuais para mais ou para menos
  • Entrevistados: 2 mil eleitores em 126 municípios
  • Quando a pesquisa foi feita:22, 23 e 24 de setembro
  • Registro no TSE: BR-04669/2018
  • Nível de confiança: 95%
  • Contratantes da pesquisa:Confederação Nacional da Indústria (CNI)

Pesquisa Ibope para presidente: Bolsonaro, 27%; Haddad, 21%; Ciro, 12%; Alckmin, 8%; Marina, 6%

O Ibope divulgou nesta quarta-feira (26) a mais recente pesquisa de intenção de voto para presidente. O levantamento foi encomendado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). A pesquisa ouviu 2 mil eleitores em 126 municípios no sábado (22), domingo (23) e segunda-feira (24).

O nível de confiança da pesquisa é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem a realidade, considerando a margem de erro, que é de 2 pontos, para mais ou para menos.

Os resultados foram os seguintes:

Sobre a pesquisa

  • Margem de erro: 2 pontos percentuais para mais ou para menos
  • Entrevistados: 2 mil eleitores em 126 municípios
  • Quando a pesquisa foi feita:22, 23 e 24 de setembro
  • Registro no TSE: BR-04669/2018
  • Nível de confiança: 95%
  • Contratantes da pesquisa:Confederação Nacional da Indústria (CNI)

Bruno Araújo comemora construção de mais de 4700 casas em PE

Foi publicada no Diário Oficial da União, nesta quarta-feira (26), a portaria 597 do Ministério das Cidades que autoriza a construção de ‘mais de 4700 novas unidades habitacionais do Programa Minha Casa, Minha Vida (MCMV) em Pernambuco. A medida que resulta de mais uma ação iniciada na gestão do ex-ministro e candidato ao Senado pela coligação Pernambuco Vai Mudar, Bruno Araújo (PSDB), vai atender 65 municípios da área rural e seis municípios da área urbana, incluindo a capital, num investimento de R$230 milhões.

As unidades vão beneficiar a faixa 1 do programa, que atende famílias com renda mensal de até R$ 1,8 mil. Serão investidos R$ 105 milhões para unidades habitacionais da área rural e R$ 125 milhões para área urbana. “Fico muito feliz em ajudar as pessoas que mais precisam aqui em Pernambuco. O anúncio de hoje garante a construção de 4703 casas populares em 65 cidades do estado. Em pouco mais de um ano, trouxemos 25 mil casas para os pernambucanos”, comemorou Bruno Araújo.

*Municípios contemplados -* Os municípios que terão beneficiados no âmbito do Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR), integrantes do Minha Casa, Minha Vida são: Água Preta (33), Águas Belas (50), Alagoinha (50), Araripina (100), Barreiros (50), Bodocó (50), Bom Conselho (50), Bom Jardim (50), Bonito (50), Brejinho (50), Brejo da Madre de Deus (24), Cabo de Santo Agostinho (50), Cabrobó (30), Caetés (50), Capoeiras (50), Carnaíba (50), Carnaubeira da Penha (17), Carpina (50), Casinhas (50), Cedro (50), Correntes (28), Custódia (50), Exu (50), Floresta (50), Gameleira (50), Garanhuns (50), Glória de Goitá (31), Goiana (100), Ibimirim (50), Igarassu (50), Ipubi (50), Itacuruba (20), Itaíba (50), Itapetim (50), Jatobá (50), João Alfredo (37), Lagoa Grande (50), Maraial (50), Orocó (50) Ouricuri (50), Palmares (50), Passira (50), Pedra (50), Pesqueira (50), Petrolina (76), Pombos (33), Quixaba (50), Ribeirão (50), Rio Formoso (50), Salgadinho (50), Salgueiro (50), Santa Cruz do Capibaribe (50), Santa Maria da Boa Vista (89), São benedito do Sul (50), São José da Coroa Grande (50), São Vicente (50), Serra Talhada (50), Sertânia (50), Tacaratu (30), Terra Nova (50), Timbaúba (50) e Vitoria de Santo Antão (37).

Já as cidades que serão contempladas no âmbito do Programa Nacional de Habitação Urbana (PNHU), integrantes do Minha Casa, Minha Vida são: Gravatá (208), Jaboatão (280), Paudalho (288), Petrolândia (192), Recife (600) e Ribeirão (100).

Tentativa de assalto a avião que transportava dinheiro termina com a morte de seis bandidos e dois PMs

Após cerca de 3 anos de investigação, na manhã desta quarta-feira (26) em operação conjumta coordenada pela Policia Federal – DPF de Juazeiro, Policiais Federais COT e GPi , da CIPE Caatinga PMBA, 8° BPM Salgueiro PE, 2° BIESP PMPE, CIOSAC, NIS PMPE, Conseguiu realizar intervenção policial evitando o roubo a avião de transporte de valores no aeroporto de Salgueiro.

A célula da quadrilha desarticulada praticou os crimes na cidade de Bom Jesus da Lapa, na qual dois policias militares foram executados. Os alvos foram uma agência do banco do Brasil em Jacobina, um carro forte em Petrolina, e 4 carros fortes entre Remanso e Juazeiro no Norte da Bahia.

Até o momento foram seis brandidos, fuzis AK 47 além de uma apreendidos. Diligencias continuam no intuito de por fim em uma das quadrilhas mais organizadas da divisa BA/PE.

Pesquisa mostra cenário favorável a Bolsonaro em quatro regiões; perde no Nordeste

Os dados da pesquisa divulgada pelo Instituto Paraná a pedido da Revista Crisoé mostram que o candidato do PSL à presidência, Jair Bolsonaro só perderia para Fernando Haddad na Região Nordeste. Abaixo os dados:

26/09

*Por Região*

*Sul*

Bolsonaro: 38,4%

Haddad: 15,3%

Alckmin: 10,1%

Ciro:7,8%

Marina:2,7%

*Nordeste*

Haddad: 31,9%

Bolsonaro: 20,9%

Ciro: 15,5%

Marina: 3,7%

Alckmin: 3,5%

*Sudeste*

Bolsonaro: 33%

Haddad: 16,4%

Alckmin: 10,1%

Ciro: 8,2%

Marina:4%

*Centro-oeste+ Norte*

Bolsonaro: 37,6%

Haddad: 15,5%

Ciro:8,3%

Marina:7,9%

Alckmin: 6,6%

“Quero ser senador para trabalhar por Pernambuco e não para ter uma aposentadoria ou para me proteger de processo na lava jato”, afirmou Mendonça

No “Bate Papo com Mendonça”, evento que reuniu mais de duas mil pessoas, entre formadores de opinião e lideranças políticas, nesta terça-feira à noite, no Recife, o candidato a senador, Mendonça Filho (DEM), afirmou que não quer o mandato de senador para ter uma aposentadoria ou para se livrar de processo da lava jato.

“Eu quero um mandato de senador para servir a Pernambuco com projetos e propostas que façam diferença na vida das pessoas como sempre fiz ao longo de 32 anos de vida pública”, afirmou ao lado dos candidatos a governador, Armando Monteiro (PTB) e a vice, Fred Ferreira.

Mendonça destacou que uma de suas principais características é a firmeza de posição. “No dia em que tiver que negar minha história, a razão da minha existência política, em busca de um mandato eletivo, pode dizer que enlouqueci”, disse. O Bate-Papo contou com o testemunho de diversas pessoas beneficiadas por políticas públicas realizadas por Mendonça como governador e como ministro.

O estudante do ensino Médio, Breno Bezerra, de 17 anos, aproveitou o microfone para declarar o voto a Mendonça. “Vou votar pela primeira vez este ano e meu voto será em Mendonça com todo orgulho. Tive a experiência de estudar numa escola em tempo integral quando ele era ministro, ouvi falarem coisas horríveis sobre ele, mentiras eram propagadas, eu sempre combati. Mendonça se manteve firme, fez a reforma do ensino médio, que eu apoio, e garantiu avanços na educação”, disse.

O professor da Universidade Federal de Pernambuco e cirurgião vascular, André Valença, afirmou que Mendonça conseguiu viabilizar muitas coisas em tão pouco tempo no MEC. “A inauguração da Escola de Medicina da Universidade Federal de Pernambuco é um exemplo concreto. A gente vivia migrando de prédio e prédio e hoje nós temos a escola de Medicina, que está lá pronto e funcionando”, contou André.

O historiador, Waldomiro Gomes, destacou a atuação de Mendonça para preservação do PIBID, programa que oferece bolsas de iniciação à docência aos alunos de licenciatura, ameaçado de extinção no governo do PT. “O fórum PIBID procurou Mendonça e ele se comprometeu em manter. Não apenas manteve como aperfeiçoou a formação de professor com a criação da residência pedagógica” afirmou. “Gostaria também de falar de um ato que o senhor fez e que nenhum ministro teve coragem de fazer, que é dar o direito da pessoa ser reconhecida de acordo com sua identidade. Naquele dia, quando você assinou o documento que autorizava o nome social, você mostrou que educação não se faz com discursos vazios. Mendonça é meu herói”, declarou.

Mendonça aproveitou para reafirmar que está sendo vítima de uma campanha difamatória pesada, que faz terrorismo com a população propagando mentiras sobre corte em programas sociais na Educação. Na verdade, Mendonça aumentou o número de vagas no Pronatec, criou o Mediotec, aumentou as vagas no Fies e o ProUni teve o maior número de vagas da história. “Mesmo sendo punidos pela Justiça Eleitoral por prática de fake news e trucagem, meus adversários insistem na mentira. ““ Alguns se incomodam porque a verdade é dita. Mas nós vamos enfrentar os nossos adversários colocando sempre a verdade em primeiro lugar”, ressaltou.

Raquel diz que não existe definição sobre obra no estacionamento do terreno da Fundac

A prefeita de Caruaru Raquel Lyra falou na CBN que ainda não tem definição sobre a solicitação dos donos do terreno da Fundac, para construir um supermercado no local onde funciona o estacionamento da Feira da Sulanca.

Com a informação que a obra iria ocorrer, sulanqueiros usaram as redes sociais para manifestar preocupação e se posicionaram contra a obra. Abaixo segue o que disse a tucana sobre o assunto.

audio-2018-09-26-08-02-39.mp3