Ibope admite erro de 14 pontos e anima militância de Armando

Texto publicado na tarde desta terça-feira (18) pelo site do Jornal do Commercio, do Recife, revela que o Ibope anuncia uma correção nos dados de uma das pesquisas para governador divulgadas em Pernambuco nos dias 5 e 17 deste mês.

Na divulgação das intenções de voto do dia 5 de setembro, Paulo Câmara (PSB) aparecia com 55% das intenções de voto no segundo turno. Na realidade, conforme admite o próprio Ibope, o candidato do PSB tinha naquela data 41% das intenções, um equívoco de 14 pontos percentuais.

Na pesquisa divulgada nesta segunda-feira (17), Paulo aparece com os mesmos 41 pontos. Ou seja, ele ficou estagnado entre os dias 5 e 17. Já Armando aparecia na primeira sondagem com 33% e agora soma 37%, avançando quatro pontos percentuais. Armando e Paulo agora estão tecnicamente empatados para uma disputa no segundo turno, que irá acontecer no dia 28 de outubro.

O Ibope admitiu também erro nos números de “brancos e nulos”, que somavam 2%, mas na verdade alcançaram 19%; e no item “não sabe/não respondeu”, ao invés de 2%, eram 7%.

Pesquisa Ibope: Bolsonaro, 28%; Haddad, 19%; Ciro, 11%; Alckmin, 7%; Marina, 6%

Do G1

O Ibope divulgou nesta terça-feira (18) o resultado da mais recente pesquisa de intenção de voto na eleição presidencial. A pesquisa ouviu 2.506 eleitores entre domingo (16) e terça-feira (18).

O nível de confiança da pesquisa é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem a realidade, considerando a margem de erro, que é de 2 pontos, para mais ou para menos.

Os resultados foram os seguintes:

Jair Bolsonaro (PSL): 28%

Fernando Haddad (PT): 19%

Ciro Gomes (PDT): 11%

Geraldo Alckmin (PSDB): 7%

Marina Silva (Rede): 6%

Alvaro Dias (Podemos): 2%

João Amoêdo (Novo): 2%

Henrique Meirelles (MDB): 2%

Cabo Daciolo (Patriota): 1%

Vera Lúcia (PSTU): 0%

Guilherme Boulos (PSOL): 0%

João Goulart Filho (PPL): 0%

Eymael (DC): 0%

• Branco/nulos: 14%

• Não sabe/não respondeu: 7%

Pesquisa Ibope – 18 de setembro – evolução da intenção de voto para presidente — Foto: Arte/G1

Em relação ao levantamento anterior do instituto, divulgado na terça-feira (11):

Jair Bolsonaro oscilou positivamente dois pontos, indo de 26% para 28%;

Haddad cresceu 11 pontos percentuais, passando de 8% para 19%;

Ciro manteve os mesmos 11%;

Alckmin oscilou negativamente, indo de 9% para 7%;

Marina foi de 9% para 6%;

Os indecisos se mantiveram em 7% e os brancos ou nulos caíram de 19% para 14%.

O Instituto também perguntou: “Dentre estes candidatos a Presidente da República, em qual o (a) sr. (a) não votaria de jeito nenhum? Mais algum? Algum outro?”.

Neste levantamento, portanto, os entrevistados podem citar mais de um candidato. Por isso, os resultados somam mais de 100%.

• Bolsonaro: 42%

• Haddad: 29%

• Marina: 26%

• Alckmin: 20%

• Ciro: 19%

• Meirelles: 12%

• Cabo Daciolo: 11%

• Eymael: 11%

• Boulos: 10%

• Alvaro Dias: 10%

• Vera: 9%

• Amoêdo: 9%

• João Goulart Filho: 8%

• Poderia votar em todos: 2%

• Não sabe/não respondeu: 9%

Pesquisa Ibope – 18 de setembro – evolução da taxa de rejeição — Foto: Arte/G1

Simulações de segundo turno

Haddad 40% x 40% Bolsonaro (branco/nulo: 15%; não sabe: 5%)

Pesquisa Ibope – 18 de setembro – simulação de 2º turno Haddad x Bolsonaro — Foto: Arte/G1

Ciro 40% x 39% Bolsonaro (branco/nulo: 15%; não sabe: 6%)

Pesquisa Ibope – 18 de setembro – simulação de 2º turno entre Ciro e Bolsonaro — Foto: Arte/G1

Alckmin 38% x 38% Bolsonaro (branco/nulo: 18%; não sabe: 6%)

Pesquisa Ibope – 18 de setembro – simulação de 2º turno entre Alckmin x Bolsonaro — Foto: Arte/G1

Bolsonaro 41% x 36% Marina (branco/nulo: 18%; não sabe: 5%)

Pesquisa Ibope – 18 de setembro – simulação de 2º turno entre Bolsonaro e Marina — Foto: Arte/G1

• Margem de erro: 2 pontos percentuais para mais ou para menos

• Entrevistados: 2.506 eleitores em 177 municípios

• Quando a pesquisa foi feita: 16 e 18 de setembro

• Registro no TSE: BR-09678/2018

• Nível de confiança: 95%

• Contratantes da pesquisa: TV Globo e “O Estado de S.Paulo”

Raquel Lyra: “Armando mostra que é o mais preparado para governar”

Para a prefeita de Caruaru, Raquel Lyra (PSDB), o debate realizado, na manhã desta terça (18), pela Rádio Liberdade, na capital do Agreste, mostrou que Armando é o candidato mais preparado para governar Pernambuco pelos próximos quatro anos. Segundo Raquel, Armando apresentou as melhores propostas para o Estado recuperar o crescimento econômico, gerar novos empregos e garantir os serviços básicos às pessoas, como saúde e segurança pública.

“Nos últimos anos, a violência disparou, o desemprego cresceu e os municípios demoram cada vez mais para receber os repasses do SUS, o que dificulta o atendimento médico nas cidades. Perdemos liderança regional e fomos ultrapassados por estados vizinhos. O atual governo é fraco, lento e tem pouco diálogo com as forças políticas”, afirmou Raquel.

A prefeita destacou que, durante o programa, Armando demonstrou conhecer bem não apenas o Agreste, mas o estado inteiro ao discutir temas como infraestrutura, fortalecimento de micro e pequenas empresas e abastecimento de água. “Durante a atual gestão, Pernambuco perdeu sete posições no ranking de competitividade dos Estados, saindo do 13º para o 20º lugar. Na segurança, estamos na última colocação”, disse Raquel.

Tony: “Paulo Câmara fez muito por Caruaru”

O candidato a deputado estadual Tony Gel (MDB) acompanhou, na manhã desta terça-feira (18), o governador do Estado e candidato à reeleição Paulo Câmara (PSB), em debate com os principais postulantes ao Governo do Estado, realizado em Caruaru pela Rádio Liberdade.

O debate aconteceu no auditório do Sest Senat onde Tony Gel chegou ao local junto com Paulo Câmara, o presidente da Compesa Roberto Tavares e demais integrantes das equipes.

“Conseguimos através do governador Paulo Câmara investimentos para o abastecimento de água, principalmente na zona rural do Agreste e o 1º Batalhão Especializado de Policiamento (Biesp) em Caruaru. Paulo fez muito por Caruaru”, disse Tony.

Em Caruaru, Bruno fala sobre sistema que reduz 40% das multas de motociclistas

O candidato ao Senado pela Coligação Pernambuco Vai Mudar, Bruno Araújo (PSDB), cumpriu agenda na manhã desta terça-feira (18) em Caruaru, juntamente com o candidato ao Governo do Estado, Armando Monteiro (PTB). Falando para motociclistas e mototaxistas, Bruno criticou o Detran, que deixa de beneficiar o contribuinte com um desconto de 40% no pagamento de multas de trânsito. O desconto é dado por meio de projeto criado por Bruno, mas o Detran em Pernambuco não aderiu ao sistema que beneficiaria milhares de pernambucanos.

“Na nossa gestão no Ministério das Cidades criamos um programa para celular; é um app chamado SNE. Esse programa dá 40% de desconto nas multas. O Brasil inteiro aderiu a esse programa. E sabe o que é que houve aqui em Pernambuco? O Detran mete a mão no bolso do contribuinte, cobrando 40% do que poderia ser um desconto”, disse Bruno.

No ato com os motociclistas, Bruno se comprometeu em fazer com que o sistema entre em funcionamento no Estado: “Então, com certeza, na vitória nossa, o sistema vai funcionar em Pernambuco para garantir o desconto de multa que hoje funciona no Brasil inteiro”, finalizou

Delegado Lessa oficializa apoio a Paulo Câmara

O governador e candidato à reeleição, Paulo Câmara (PSB), recebeu apoio nesta terça-feira (18/09), durante visita à Capital do Agreste. O delegado e candidato a deputado estadual  Erick Lessa (PP) anunciou que marchará ao lado do socialista durante as eleições deste ano. “Quero oficializar o meu apoio à reeleição do governador Paulo Câmara. O meu partido já está em sua base, mas eu fiz questão de registrar de forma oficial neste momento”, destacou o progessista.

Erick Lessa reuniu amigos, parentes e apoiadores de sua postulação em sua residência para reforçar seu alinhamento a Paulo Câmara. “Essas são pessoas que estão comigo na minha caminhada. Tem gente de Caruaru e de municípios da região. Todos, agora, estão também na sua campanha, governador, que tanto ainda vai fazer pelo nosso Estado”, ressaltou.

Paulo Câmara afirmou que o apoio de Erick Lessa dialoga com a construção de uma nova política, que coloca as pessoas acima de projetos pessoais. “Lessa é delegado de carreira, um servidor público com serviços prestados à população. O seu apoio muito me honra. Vamos, juntos, trabalhar para realizar as entregas que ajudam a melhorar a vida do povo”, frisou.

O encontro entre Paulo Câmara e o delegado Erick Lessa ocorreu na sequência do debate promovido pela Rádio Liberdade de Caruaru, no Sest/Senat, com os principais candidatos ao Governo de Pernambuco.

Confusão envolvendo Júlio Lóssio em Caruaru

O candidato ao governo pela Rede, Júlio Lóssio, se envolveu numa confusão com militantes. Ainda não se sabe o motivo, mas ele não foi convidado para o debate da Rádio Liberdade e foi fazer uma live na frente do Sest/Senat, local onde está sendo realizado o debate. Segue o vídeo da confusão.

Corrupção e falta de confiança diminuem interesse de jovens por política, diz pesquisa

De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o número de jovens entre 16 e 17 anos que tiraram o título de eleitor para votar neste ano diminuiu em relação a 2014. A queda foi de 7,5%. Para entender por que este número diminuiu, e qual o interesse dos jovens por política e eleições, a rede de escolas de informática Microcamp realizou uma pesquisa exclusiva com os seus alunos, a maioria deles jovens entre 16 e 20 anos.

A pesquisa mostrou que somados os que se interessam muito pouco (39%) e os que não têm nenhum interesse (28%), o índice chega a 67%. Isso apesar de a maioria admitir que a política influencia a vida de todo cidadão. De acordo com a mostra, 95% dos entrevistados acreditam que a política influencia sua vida – 61% (de alguma forma), 22% (totalmente) e 12% (um pouco).

“É preocupante saber que 67% dos nossos jovens estão desacreditados no nosso país por concluírem que estamos dominados pela corrupção e falta de políticos confiáveis”, diz Davi Tuffi, CEO da Microcamp.

O levantamento foi feito entre os dias 1º e 06 de setembro, com 1870 alunos acima de 16 anos (73,48% entre os 16 e 20 anos e 26,52% acima desta idade), de ambos os sexos, com maior participação do público masculino (51%), em 30 unidades instaladas oito estados do país. Dos entrevistados, 75% têm ensino médio, 13% ensino superior, 7% ensino fundamental II, 5% Colégio Técnico e 2% Ensino fundamental I.

Apesar do desinteresse pelo tema, a maioria se mostrou bem informada sobre o processo eleitoral de 2018: 69% responderam que as eleições ocorrerão em outubro, 55% disseram saber para quais cargos os eleitores deverão votar, 60% sabem o que é voto legenda e 75% afirmam que o que define uma eleição são os votos válidos.

Na hora de escolher um candidato, o mais importante para 67% dos entrevistados são suas ideias e projetos, enquanto 28% acham o histórico de vida pública, 3% o partido, e 1% a religião.

A maioria dos jovens também admitiu votar em um candidato desconhecido, mas com boas propostas: 51% talvez, e 24% com certeza, contra 24% não. Quanto à obrigatoriedade do voto, 54% são contra.

João Antônio garante reduzir em mais de 60% verbas de gabinete

Em evento promovido pelo movimento Caruaru Livre, o candidato a deputado Federal foi convidado a debater e garantiu o compromisso de reduzir em mais de 60% os gastos de gabinete.

Para o candidato boa parte dos recursos disponíveis para o parlamentar são dispensáveis e representam uma afronta para sociedade.

O candidato criticou os representantes de Caruaru na câmara que segundo ele, gastam valores absurdos e que nada acrescentam na vida das pessoas. João Antônio explicou como os atuais vereadores do Novo têm conseguido reduzir gastos de gabinete e direcionar para saúde e educação.

Pernambuco: Haddad, 26%; Bolsonaro, 17%; Ciro, 13%; Marina, 8%; Alckmin, 5%

Do Blog de Jamildo

O ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad cresceu 16 pontos percentuais e assumiu a liderança, com 26%, na corrida presidencial em Pernambuco, segundo pesquisa JC/Ibope/TV Globo divulgada nessa segunda-feira (17). O levantamento do instituto foi o primeiro realizado no Estado após a oficialização do petista como candidato a presidente em substituição ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Na pesquisa anterior – divulgada em 5 de setembro -, Haddad aparecia na quarta posição, com 10%, quando já havia registrado um pulo de 6% na sua intenção de voto.

O deputado federal Jair Bolsonaro (PSL-RJ) também teve um crescimento e subiu de 12% para 17%, superando o ex-governador do Ceará Ciro Gomes (PDT) e a ex-senadora Marina Silva (Rede). Já o presidenciável do PDT oscilou negativamente de 13% para 12%, dentro da margem de erro, que é de três pontos percentuais. A candidata da Rede caiu de 15% para 8% das intenções de voto. Na sequência, o ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB) oscilou negativamente de 6% para 5%. Brancos e nulos passaram de 27% para 17%. Não souberam ou não quiseram responder se manteve em 10%.