Artigo – O Capitalismo é o que sempre foi – Parte 3. Por professor Alberes Silva*

O início de 2018 trouxe dados atualizados e preocupantes sobre a situação da desigualdade social no Brasil. Historicamente o nosso país foi estruturado por dois elementos essenciais na sua construção como nação: primeiramente, um abismo de desigualdades que remonta ainda a nossa fase de colônia Portuguesa, que perdurou por mais de três séculos e colocou em posições antagônicas o negro escravizado e o senhor branco de descendência europeia.

Nesse período, a formação do Brasil já começou a sentir as consequências de um capitalismo ainda em estruturação que já trazia consigo a essência, a busca insana por lucro.

Segundo, é destacado a face desumanamente exploratória, que dizimou milhões de índios e colocou como sub-raça os descendentes de africanos.

Na chegada do século XX e com um capitalismo industrial tardio até final da década de 1960, o Brasil tinha uma população majoritariamente rural. E é com o processo de urbanização que se acentua as grandes contradições do sistema capitalista, no qual a renda cada vez mais se concentra nas mãos de uma minúscula parte da sociedade.

Com o aprofundamento da urbanização ficaram cada vez mais evidente os resquícios históricos que colocaram a maioria da população em condições cada vez mais desiguais. Sobre essas heranças podemos destacar o preconceito racial e social, marcas históricas de um modelo econômico totalmente excludente que não consegue atender as necessidades mínimas de sobrevivência da maioria da população em aproximadamente 80% dos países que estão sobre esse modelo.

O El País Internacional do dia 14/12/17 traz os seguintes dados:

“Quase 30% da renda do Brasil está nas mãos de apenas 1% dos habitantes do país, a maior concentração do tipo no mundo. É o que indica a Pesquisa Desigualdade Mundial 2018, coordenada, entre outros, pelo economista francês Thomas Piketty.,  grupo composto por centenas de estudiosos…”

O continente americano é composto por 35 países, e apenas 2 desses são considerados desenvolvidos dentro dos princípios do capitalismo. Entre esses 35 está o Brasil que em 518 anos, e não ter passado por uma experiência real de qualquer outro modelo econômico, amarga essa realidade de pobreza e desigualdade. Outro dado preocupante é a questão fundiária brasileira que é um fator de luta histórica e que vem reforçando o processo de desigualdade, vejam esse dado do G1 de dezembro de 2016:

“ Grandes propriedades somam apenas 0,91% do total dos estabelecimentos rurais brasileiros, mas concentram 45% de toda a área rural do país. Por outro lado”.

Infelizmente no nosso país o conceito de liberdade está diretamente ligado a questão financeira, o trabalhador assalariado que compõem a maioria da população economicamente ativa é “livre” para escolher trabalhar onde quiser, mas essa liberdade não lhe dá a condição de escolher onde quer passar as suas férias, somos livres para nos expressar, ouvir e ser ouvido, porém, quem quer ouvir os clamores de uma empregada doméstica ou de um gari?

A força de uma voz é de quem detém capital, as linguagens do mercado são mais ecoantes do que qualquer voz que braba por igualdade social.

Todos os períodos históricos da nossa história mostram que as “rupturas” foram para manter uma “ordem” dentro da ordem estabelecida pelo capital, o “fim” da escravidão no Brasil foi muito mais um ato político do que uma ação que cedeu à pressão dos clamores abolicionistas, o golpe de 1889 veio também para estabelecer uma ordem positivista que é um dos tentáculos do capitalismo, o golpe de 1930 e a reafirmação do mesmo golpe em 1937 por Vargas veio pra manter em termos gerais uma lógica da política econômica da república velha, porém, com início da industrialização.

O golpe de 1964 foi todo arquitetado pelos EUA que tinha total interesse no Brasil como território estratégico para a manutenção de um capitalismo subalterno as suas ordens, e chegamos no século XXI com as mesmas práticas históricas de um sistema que sempre se camuflou para manter a mesma ordem:  A ORDEM DESUMANA E EXCLUDENTE.

TSE fixa critérios sobre limites de propaganda em campanhas

Ao analisar dois processos em que se apontava a realização de propaganda eleitoral antecipada nos municípios de Várzea Paulista (SP) e de Itabaiana (SE) no pleito de 2016, os ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) fixaram critérios sobre os limites de publicidade em campanhas. O entendimento da Corte sobre o assunto ocorreu na sessão plenária nesta terça-feira,26.

O julgamento foi retomado com o voto-vista do presidente do TSE, ministro Luiz Fux. Ele lembrou que o legislador fixou o pedido explícito de voto como caracterizador dessa modalidade de propaganda, e afirmou que a temática foi tratada legislativamente à luz da liberdade de expressão, da igualdade de chances e do indiferente eleitoral (atos que estão fora da alçada da justiça eleitoral).

A partir do conteúdo extraído dos debates jurídicos no colegiado, o ministro propôs a adoção de três critérios norteadores para casos semelhantes a serem eventualmente apreciados pela Corte. O primeiro foi o de que o pedido explícito de votos caracteriza a realização de propaganda antecipada irregular, independentemente da forma utilizada ou da existência de gastos de recursos. A segunda foi a de que os atos publicitários não eleitorais, ou seja, aqueles sem qualquer conteúdo, direta ou indiretamente relacionados à disputa, consistem nos chamados “indiferentes eleitorais” (fora da jurisdição dessa Justiça especializada). Por fim, o presidente do TSE ponderou que os usos de elementos que classicamente são reconhecidos como caracterizadores da propaganda, desacompanhados de pedido explícito de voto, não ensejam irregularidades.

Asec empata no primeiro jogo da semifinal da Copa Pernambucano de Futsal

As equipes da Asec e João Alfredo ficaram no empate, em 3 a 3, na primeira partida da semifinal da Copa Pernambuco de Futsal. O duelo que aconteceu no Ginásio do Sesc, nesta quarta-feira (27), teve fortes emoções. A equipe caruaruense chegou a estar vencendo a partida, por 3 a 0, mas acabou cedendo o empate aos visitantes.

Os gols da Asec na partida foram assinalados por Wanderson e Dada (duas vezes). No duelo da volta a equipe da Asec precisa da vitória para avançar à final do torneio.

O confronto da volta está marcado para o próximo sábado (30), no Ginásio Municipal de João Alfredo, às 20h30.

OAB/Caruaru realiza aula inaugural de curso de Pós-graduação em Direito do Trabalho e Processo do Trabalho

A OAB Subseção Caruaru e a Escola Superior de Advocacia promoveram, nesta terça-feira (26), na sede da entidade municipal uma aula inaugural do primeiro curso de pós-graduação sobre Direito do Trabalho e Processo do Trabalho.

Os professores Bertorny Vasconcelos e Renata Berenguer, participaram da aula inaugural e abordaram questões sobre o Direito do Trabalho e Processo do Trabalho.

A diretoria da OAB Caruaru já comemora a realização da quarta turma de pós-graduação formada no município de Caruaru. As aulas do curso serão realizadas na Uninassau, com início previsto para o dia 21 de julho de 2018.

Caruaru recebe Dia do Cooperar no próximo sábado (30)

No próximo sábado (30 a Escola Padre Zacarias Tavares recebe a campanha Dia de Cooperar. Das 10h às 15h, o público poderá ser beneficiado com diversos serviços gratuitos como atendimentos na área de saúde, orientações profissionais, cortes de cabelo, masculino e feminino, recreação infantil entre outros. A iniciativa é realizada pelas cooperativas  Unimed Caruaru, Sicredi Centro Pernambucana, Uniodonto Caruaru, Cerape e Fecoerpe.

O Sescoop/PE, entidade do Sistema “S” que atua no segmento cooperativo em Pernambuco é um dos apoiadores da iniciativa.

O Dia de Cooperar é uma campanha nacional que representa o maior movimento de voluntariado cooperativista do Brasil. E, no próximo sábado, o Brasil inteiro estará celebrando junto o Dia Internacional do Cooperativismo, celebrado sempre no primeiro sábado de julho, mas antecipado em virtude dos jogos da Copa. A campanha acontece em Pernambuco desde 2013 e, a cada ano, em uma cidade diferente.

Nas quatro primeiras edições, o Dia C aconteceu nos municípios de Gravatá, Garanhuns, Recife e Barreiros. Este ano, Caruaru representa o estado de Pernambuco e a comunidade local será beneficiada pelos serviços de voluntários de diversas especialidades.

O presidente do Sescoop/PE, parceiro do evento, Malaquias Ancelmo de Oliveira, defende a importância do Dia de Cooperar: “O Dia C é a versão brasileira da prática do Dia Internacional do Cooperativismo, que é proposto pela Aliança Cooperativa Internacional (ACI). Essa data mundial  versa a divulgação do cooperativismo como forma humanística de desenvolvimento. O Dia C é exatamente a prática da vontade mundial da ACI com base em dois pilares. O primeiro é colocar o cooperativismo em conformidade com o sétimo princípio doutrinário, onde pontua o Interesse pela comunidade. Já o segundo é fomentar o estímulo de ações de voluntariado. O Dia C é a conjuntura da doutrina e a prática. Neste dia 30, a escolha de uma escola de bairro, em um lugar popular, é algo simbólico e anuncia às autoridades, ao estado e a toda comunidade que ser feliz e comunhão é algo bastante possível”, concluiu. Todos os anos, cerca de 120 mil voluntários de 1 mil municípios participam da iniciativa.

Na área de saúde, a comunidade contará com atendimentos nas áreas de pediatria, gastrointestinal, urologia, psicologia, além de serviços de aferição de pressão e teste de glicemia. No espaço infantil, cama elástica, rodas de conversa com educação financeira para crianças e saúde bucal, brincadeiras, pipoca e algodão doce. Orientações para elaboração de currículos e quanto à postura adequada ao ambiente de trabalho também serão oferecidas na ação. No âmbito da beleza e do bem-estar, haverá corte de cabelo, design de sobrancelha e massagem. Para o encerramento, apresentação cultural e sorteio de brindes. Os atendimentos serão realizados por ordem de chegada a partir das 10 horas.

As ações do Dia de Cooperar estão alinhadas aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), elencados pela ONU, e abrangem as áreas de saúde e bem-estar, educação, meio ambiente, cultura e esporte, entre outros.

Baixa no primeiro escalão da prefeitura de Caruaru

O Secretário de Serviços Públicos de Caruaru, Humberto Correia entregou o cargo, fazendo assim com que o Governo Raquel Lyra tenha mais uma baixa no primeiro escalão. Ele já queria sair faz algum tempo, mas estava na função a pedido da tucana.

Para se despedir dos companheiros de trabalho, Humberto Correia participou de um café da manhã nesta quarta-feira (27), que foi servido para os servidores durante uma confraternização junina, no Bloco C. Humberto é professor e vai voltar às aulas na Universidade Federal.

Enquanto um novo secretário ainda será anunciado pela Prefeita Raquel Lyra, ele permanece no cargo até o dia 30 deste mês.

FNE atenderá os pequenos e médios empresários, promete Ciro Gomes

Pré-candidato ao Palácio do Planalto pelo PDT, o ex-governador do Ceará Ciro Gomes criticou, nesta terça-feira (26), a forma com que o Banco do Nordeste foi comandado pelos governos do PT e do PMDB. O presidenciável lembrou que, como o banco controla o Fundo Constitucional do Nordeste (FNE), sua utilização política para proveito próprio, compromete o desenvolvimento de todos os estados da região.

“De um tempo para cá, o Banco do Nordeste tem sido aparelhado de uma forma quase corrupta. Primeiro foi o PT e agora o PMDB – tomando conta do fundo no constitucional e fazendo estripulias. E essa gente vai ser punida se algum dia eu chegar lá”, disse Ciro. “Então, é preciso a gente estar com o olho em cima e o meu compromisso é fazer com que o FNE exista para a forma para o qual ele foi criado”, acrescentou.

A fala de Ciro ocorreu durante um evento organizado pela Associação Comercial, Industrial e Serviços de Caucaia, no Ceará. De acordo com o político, o FNE precisa voltar a ajudar os pequenos e médios empresários e agricultores, que são os que mais necessitam de financiamentos para seus negócios.

“Eu, como ministro da Integração Nacional, ressuscitei o FNE porque ele estava todo contingenciado. E, na época, nós fizemos um acordo com o ‘BND’ para ele mudar certas práticas, especialmente as que financiavam grandes. Porque essa não é a lógica – embora a gente tenha que ter flexibilidade, se for um determinado empreendimento que seja potencializado de outros médios e pequenos e em troca, a partir e uma decisão gerencial, não por Lei, nós demos ao Banco do Nordeste o monopólio de operar o FNE aqui”, concluiu Ciro Gomes.

Criado pela Constituição de 1988, o FNE tem o objetivo de contribuir para o desenvolvimento econômico e social do Nordeste, através da execução de programas de financiamento aos setores produtivos.

Noite de louvor e adoração no Parque de Eventos

O Parque de Eventos Luiz Lua Gonzaga, em Caruaru, recebeu um público diferenciado na noite desta terça-feira (26) para prestigiar o evento Gospel “Caruaru Pela Unidade”, promovido pela  Associação dos Pastores de Caruaru, com apoio da Prefeitura do município, através da Fundação de Cultura e Turismo.

Se apresentaram Erasmo Miguel, Fernando Júnior, Ministério de Louvor Encontro das Águas, Ministério de Louvor YBM e o cantor Mattos Nascimento, atração mais esperada da noite e que se apresenta pela segunda vez no São João de Caruaru.

“É uma honra pra mim participar mais uma vez desta grandiosa festa. Levar a palavra de Deus para tocar o coração das pessoas através da minha música é uma missão que cumpro com grande satisfação”, revelou Mattos Nascimento.

Muitas famílias e grupos de evangélicos marcaram presença na noite gospel de Caruaru. “Fico muito feliz de ter esse espaço para gente, pois vemos as festas de São João, mas não frequentamos e ter dentro deste espaço um momento dedicado para louvar e agradecer ao nosso Senhor me deixa extremamente satisfeita”, comentou a missionária Neide Rodrigues.

A Noite Gospel deu início à programação da última semana do São João de Caruaru, que retoma as atividades, no Parque de Eventos, na próxima quinta-feira (28), a partir das 19h, com shows de Diego Cabral, Dorgival Dantas, Mano Walter e  Leo Santana.

Destaques do Jornal das 7 desta quarta-feira (27)

Ferreiras e PSC declaram apoio a Armando Monteiro;

Dois projetos enviados por Raquel Lyra foram reprovados na Câmara Municipal;

O que dizem os líderes do governo e oposição sobre o assunto;

Aetpc diz que votação dos vereadores pode provocar novo reajuste nas passagens de ônibus;

Manoel Santos é empossado como novo presidente do Sindloja;

Eduardo Mendonça pede respeito por parte da prefeitura com agentes da Destra e Guardas Municipais;

Câmara de Caruaru entra em recesso a partir de hoje;

Feira do Jeans em Toritama vai começar as 14h aos domingos;

Sistema Jucazinho vai abastecer município de Salgadinho e rodízio será reduzido;

Caruaru recebe Caravana do Detran nos Municípios;

No dia de São Pedro teremos shows de Dorgival Dantas e Mano Walter no Pátio de Eventos;

Maior Bolo de Macaxeira será servido hoje no Bairro Divinópolis;

Sete mulheres e nove homens foram presos durante operação ‘João de Barro’;

Em jogo dramático, Argentina venceu Nigéria e se classifica para as oitavas;

E o Brasil entra em campo hoje contra a Sérvia em busca da vaga nas oitavas;

🎧 Você acompanha a partir de 7h na Globo FM Caruaru 89,9, no site www.globofm89.com.br ou assiste pelo https://www.facebook.com/globofmcaruaru

Para participar é só mandar o zap pelo 99431 3782.

Opinião de Mário – Gestão Raquel Lyra ainda não pegou o “time” da atual legislatura da Câmara de Caruaru

As derrotas desta terça-feira (26) na Câmara Municipal revelam mais uma vez a insatisfação de vereadores da base governista com a maneira que a gestão da prefeita Raquel Lyra vem tratando os aliados na Casa Jornalista José Carlos Florêncio.

Mesmo com a afirmativa que existe diálogo o que se observa a cada dia é muita reclamação e falta de habilidade para tratar com uma base ampla, que foi conquistada após a eleição, já que a tucana não conseguiu eleger nenhum vereador da coligação que a apoiava em 2016.

É preciso entender o time de cada legislatura e o da atual ainda não foi capitado e faltam ainda dois anos e meio de gestão. Ou seja, mais problemas podem acontecer no futuro. Projetos complexos que as vezes são mandados em cima da hora, sem tempo hábil para análise dos vereadores e que deixam dúvidas, como é o caso do PCC da Destra. O fim da categoria do Agente de trânsito poderia ser até bom, mas foi mal explicado e nem os próprios servidores entenderam direito a proposta. A população? Essa nem se fala, já que acompanha pouco o debate político. Até alguns vereadores ficaram com dúvidas e diante da pressão dos servidores que lotaram a Câmara, não quiseram comprar “briga” com a categoria.

O projeto de lei que baixaria o ISS das empresas de ônibus é outro exemplo de algo que foi mal construído junto à Casa. Diante do começo do novo sistema de transporte público, a prefeita poderia ter evitado votar esse documento agora. Ficou muito confuso e alguns vereadores não entenderam que o projeto não beneficiaria as empresas e sim os usuários do serviço, isso a médio e longo prazo.

A certeza do governo na vitória também evidência que a base governista não fala a mesma língua do Executivo. Nos corredores, os parlamentes criticam o teor dos projetos e não se convencem da importância dos mesmos. Reuniões de última hora não resolvem. Servidores da Câmara dizem que para um secretário ir à Casa explicar o conteúdo é muito complicado, o que dificulta ainda mais a relação delicada.

Claro que atender a uma base de 16, 17 ou 18 vereadores não é fácil, mas os parlamentares querem ao menos serem ouvidos, mas muitos garantem que nem isso acontece. Em um ano e meio de gestão, a prefeita Raquel Lyra acumula pelo menos seis derrotas em votações de projetos e tem números negativos expressivos. Talvez o maior de derrotas entre os recentes prefeitos eleitos em Caruaru. Já são dois intermediários nomeados que tentam fazer o meio de campo com a Câmara e a cada semana a relação corrói com vereadores votando contra os projetos, usando à tribuna para reclamar de como são tratados pelo Executivo ou por não ter pleitos simples atendidos.

Por mais que fale em gestão moderna, talvez esteja faltando mesmo é a maneira antiga de fazer política para melhorar essa relação com a Câmara. Não o toma lá dá cá, mas a boa e velha conversa de pé de ouvido e a própria prefeita tomar a frente da relação com a Câmara e tentar entender como é o time da atual legislatura.

ISS e preço das passagens

A Aetpc diz que o voto contrário ao projeto que reduzia a alíquota do Iss poderá trazer um novo aumento no valor das passagens. O problema é que quando o valor da tarifa foi ser votado no Comut, as empresas queria R$ 3,60. A prefeita Raquel acertou com as empresas o valor de R$ 3,15 e R$ 2,84 no Leva. Em contrapartida o ISS seria reduzido. Dez vereadores não entenderam ou não aceitaram o acordo e derrotaram o mesmo.

NOVO SISTEMA

O novo sistema de ônibus teve um dia complicado em Caruaru. A terça amanheceu com ônibus da empresa Bahia rodando. O valor das passagens era R$ 2 e quem tinha o cartão Leva não pagava. No entanto, após a Destra agir, os ônibus foram recolhidos e a Coletivo ocupou o espaço que é garantido a ela pelo edital.

Queiroz quer a vaga

O pré-candidato à presidência pelo PDT Ciro Gomes esteve nesta terça-feira no Palácio do Campo das Princesas. Ele foi recebido pelo governador Paulo Câmara. O prefeito do Recife, Geraldo Júlio, esteve no evento. Quem também esteve por lá foi o deputado federal e presidente do PDT em Pernambuco, Wolney Queiroz. Ele levou o ex-prefeito de Caruaru José Queiroz que segue com a intenção de ser candidato ao Senado pela Frente Popular.

Apoio do PSB

Já o pré-candidato Ciro Gomes postou nas redes sociais que espera contar com o PSB na chapa que apoia ele para chegar ao Planalto. “Me encontrei hoje com o governador de Pernambuco, Paulo Câmara, e com o prefeito do Recife, Geraldo Julio. Sigo na luta por uma aliança com o PSB. Penso que podemos fazer muito pelo Brasil e devolver a confiança para que o Brasil volte a crescer”, postou no Twitter.

Sem comemoração

Os 30 anos do PSDB passaram em branco aqui na cidade de Caruaru. Apesar da prefeita Raquel Lyra e do presidente da Câmara, Lula Tôrres, dois principais cargos políticos na cidade serem ocupados pelo partido. Não houve nenhum ato ou menção a data. A prefeita Raquel foi até ao Recife para a adesão do PSC e dos Ferreira à candidatura de Armando Monteiro ao governo.

Fernando candidato?

Carros seguem rodando com adesivos fazendo menção ao marido da prefeita Raquel Lyra. Os nomes de Fernando Lucena já foram vistos em vários veículos. Ele quer disputar um mandato de deputado estadual, mas no grupo liderado pela prefeita Raquel tem como concorrente o presidente da Câmara, Lula Tôrres, o ex-vereador Diogo Cantarelli e o vice-prefeito Rodrigo Pinheiro. Todos querem o apoio de Raquel e do ex-governador João Lyra para tentar chegar na Assembleia.

Dilma e Aécio empatados

Minas Gerais vai reviver o embate presidencial de 2014, entre Dilma Rousseff, do PT, e Aécio Neves, do PSDB, nas próximas eleições. Os dois disputaram a Presidência da República voto a voto no pleito passado quando a petista saiu vitoriosa.

Agora, Dilma e Aécio são candidatos ao senado em Minas Gerais e, de acordo com pesquisas publicadas recentemente, a disputa deve ser apertada.

Números da pesquisa DataPoder360, realizada por telefone, mostram quatro candidatos empatados tecnicamente e, entre eles, estão Dilma e Aécio. A candidata do PT soma 13% da preferência dos eleitores pesquisados, mesma percentagem de Bruno Siqueira, do MDB. O tucano contabiliza 12% e Carlos Viana, do PHS, aparece com 11%.Em outubro, os eleitores de Minas Gerais vão eleger dois candidatos ao Senado.

CBN Caruaru pode virar realidade

A Globo Fm pode em breve virar CBN Caruaru. A direção da Rede Nordeste de Comunicação estuda a possiblidade. Entre 14h e 17h de segunda a sexta, a emissora de Caruaru já está retransmitindo a programação da CBN Recife. Os jogos de Náutico, Sport e Santa também já são veiculados parceria Globo Fm/CBN Recife. O mesmo acontece com algumas partidas da Copa do Mundo da Rússia. Os estudos estão sendo feitos pelo gerente da emissora, Eri Santos, a pedido do diretor da Rede Nordeste Wilame Souza. A Rede conta com Tv Asa Branca, Globo FM, G1 e Ge Caruaru e CBN Recife.