Entidades rechaçam violência contra jornalistas em protestos a favor de Lula

Da Agência Brasil

As agressões a jornalistas registradas nas últimas horas durante a cobertura de protestos em São Paulo e Brasília geraram reações de entidades de imprensa. Em nota conjunta, a Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (Abert), Associação Nacional de Editores de Revistas (Aner) e Associação Nacional dos Jornais (ANJ) ressaltam que não há justificativa para a violência nem para atentados à liberdade de imprensa.

Em outra nota, a Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) repudiou os atos de agressão. “A Fenaj reitera que agressões a jornalistas são injustificáveis. Também reafirma sua defesa das liberdades de expressão e de imprensa e do jornalismo como atividade essencial à democracia e à constituição da cidadania. Não há verdadeira democracia sem jornalismo e não há jornalismo sem jornalistas.”

O tom da nota conjunta da Abert, Aner e ANJ é semelhante ao da Fenaj: “Toda essa violência injustificável e covarde [é] decorrente da intolerância e da incapacidade de compreender a atividade jornalística, que é a de levar informação aos cidadãos. Além de atentar contra a integridade física dos jornalistas, os agressores atacam o direito da sociedade de ser livremente informada.”

Ontem (5) durante protesto em frente à Central Única dos Trabalhadores (CUT), no centro de Brasília, uma equipe do jornal Correio Braziliense – uma repórter, uma fotógrafa e um motorista – teve o carro em que estava depredado. Uma equipe do SBT e um repórter fotográfico da Agência Reuters também foram atacados.

Na manhã de hoje (6), em São Bernardo do Campo (SP), o jornalista Nilton Fukuda, repórter da Agência Estadão Conteúdo, e a jornalista Sônia Blota, da Band, foram agredidos ao registrarem manifestações em frente ao Sindicato dos Metalúrgicos do ABC. Ambos foram atingidos por ovos jogados pelos manifestantes.

Na nota, Abert, Aner e ANJ reiteram: “A liberdade de imprensa e o direito à informação são básicos na sociedade democráticas e estão sendo desrespeitados pelo autoritarismo dos agressores. Todos aqueles que prezam a democracia precisam se colocar contra esses lamentáveis episódios e se mobilizar para que não voltem a ocorrer. Sem jornalismo, não há democracia.”

Mais cedo, a Associação Brasileira de Jornalistas Investigativos também reagiu às agressões contra os profissionais de imprensa. “A Abraji repudia as agressões e hostilidades às equipes do Correio Braziliense e do SBT, ao fotógrafo da Reuters e a Nilton Fukuda. A violência contra profissionais da imprensa é inaceitável em qualquer contexto. Impedir jornalistas de exercer seu ofício é atentar contra a democracia. Os autores devem ser identificados e punidos pelas autoridades”, diz a associação.

Lula Tôrres agora é do PSDB

Mais cedo o blog postou a informação que o presidente da Câmara tinha deixado o PDT. O político agora faz parte do ninho tucano. Ele assinou a ficha de filiação do partido a pedido da prefeita de Caruaru, Raquel Lyra.

Lula é o primeiro vereador do partido na atual legislatura e vai reforçar as hostes da sigla na Casa Jornalista José Carlos Florêncio.

PF não vai prender Lula nesta sexta-feira (6)

Do G1

A Polícia Federal decidiu que não há mais condições para cumprir o mandado de prisão contra o ex-presidente Lula na noite desta sexta-feira (6), informou Natuza Nery, na Globo News.

Também não há previsão de que Lula se entregue nesta sexta – ele continua na sede do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo (SP).

Jarbas e Henry tem nova liminar favorável na questão do MDB em Pernambuco

Uma nova liminar do ministro do Supremo Tribunal Federal, Ricardo Lewandowski, deferida nesta sexta-feira (6), suspende aplicação dos artigos 6º e 7º da resolução da Executiva Nacional que determinava ao diretório de PE ter candidatura própria no Estado.

Decisão é favorável a Raul Henry, que protocolou pedido ontem.

Joaquim Barbosa assina filiação ao PSB e pode ser candidato do partido à presidência

O ex-ministro do Supremo Tribunal Federal Joaquim Barbosa assinou a ficha de filiação ao PSB. Ele deve mesmo ser o nome do partido pra disputa à presidência.

Deputado é líder do PSB no Congresso, Danilo Cabral, desejou as boas-vindas ao ex-ministro. Barbosa ficou famoso após o julgamento do mensalão.

O PSB conseguiu reverter todas as resistências internas à filiação de Barbosa e ao lançamento de sua candidatura à Presidência. O ex-deputado Beto Albuquerque (RS) e o ex-ministro Aldo Rebelo já haviam entregado carta à direção se disponibilizando para concorrer ao Palácio do Planalto. Mas o clima de disputa já arrefeceu.

Albuquerque deve concorrer ao Senado pelo Rio Grande do Sul e Rebelo demonstrou à cúpula partidária que não criará problemas caso Barbosa realmente queira concorrer ao governo federal.

João Paulo deixa PT e vai para o PCdoB

Blog da Folha

Ao lado da presidente do PCdoB e de lideranças como o ex-prefeito de Olinda, Renildo Calheiros, o ex-prefeito do Recife, João Paulo, realizou a sua filiação ao partido, na manhã de hoje, último dia da janela partidária. Ele era um dos nomes cotados para integrar a chapa liderada pelo PSB, mas sofreu resistências internas e decidiu se desfiliar do PT.

Presidente nacional do PCdoB, a deputada Luciana Santos reverenciou a história política de João Paulo, durante o evento. “Voce sempre cumpriu de maneira exemplar todos os desafios que foram impostos. Como excelente prefeito, excelente deputado (…) é por isso que você vai para além do PT (…) Sem dúvida nenhuma, você é a principal liderança de massas do estado de Pernambuco. E esse patrimônio precisa estar sempre alçado pro novos desafios e circunstâncias”, colocou.

Aos gritos de “João Paulo! Guerreiro do povo brasileiro!”, o ex-prefeito afirmou que iria contribuir mais com o PT estando no PCdoB. “Queria dizer que é com muita alegria que chego no PCdoB. Porque minha avaliação é que nesse momento tão difícil nos lembra o período da ditadura e resistência. Disse ontem aos que pediram para permanecer no partido que ia contribuir mais com o PT e com a luta de Lula no PCdoB (…) Não foi uma decisão fácil. Foi difícil e dolorida. Apesar de chegar em uma casa onde sempre fui muito bem recebido e recebi muito carinho de todos”, disse.

A possível aliança entre PT e PSB causou desconforto entre petistas que querem garantir candidatura própria. A vereadora Marília Arraes tenta viabilizar sua candidatura e já anunciou o recolhimento de assinaturas para garantir sua postulação. Mas as negociações para a aliança entre os partidos avançam. Nesta quinta (05), após o STF negar o habeas corpus ao ex-presidente Lula, o governador Paulo Câmara declarou apoio ao petista. O PCdoB, neste caso, integra a Frente Popular, que conta com Luciano Siqueira como vice-prefeito do Recife.

Sete secretários deixam governo de Pernambuco

Sete secretários do Governo de Pernambuco foram exonerados, hoje. Na Prefeitura do Recife ocorreu uma mudança. De acordo com o calendário eleitoral, termina amanhã o prazo para a desincompatibilização do cargo para quem quiser concorrer nas eleições de outubro. As exonerações foram publicadas no Diário Oficial desta sexta-feira.

De acordo com o portal G1/PE, entre os servidores exonerados está João Campos (PSB), filho do ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos. Ele deixa a chefia do gabinete do governado Paulo Câmara (PSB). O substituto é o secretário-executivo, Antônio Mário da Mota Limeira Filho.

O vice-governador Raul Henry (MDB) deixa o cargo de secretário de Desenvolvimento Econômico. Na pasta, ele será substituído por André Gustavo Carneiro Leão, que era o secretário-executivo. Henry permanece no segundo cargo na hierarquia da gestão estadual.

O secretário da Casa Civil, Nilton Mota (PSB), deixou o caro e será substituído por José Francisco de Melo Cavalcanti Neto, que era o secretário-executivo da pasta.

Também houve mudança na Secretaria de Administração. Milton Coelho (PSB) deixa o cargo e quem assume é a secretária-executiva da pasta, Marília Raquel Simões Lins.

Na Secretaria de Transportes, deixa o cargo o titular, Sebastião Oliveira (PR). Ele será substituído por Antônio Cavalcanti Ferreira Júnior, então adjunto na pasta.

O secretário de Habitação, Kaio Maniçoba (MDB), deixa o cargo, que será ocupado pelo então presidente da Companhia Estadual de Habitação (Cehab), Raul Goiana Novaes Menezes.

Felipe Carreras (PSB) deixa a Secretaria de Turismo, que passa a ser ocupada pela secretária-executiva Manuela Coutinho Domingues Marinho.

Na Prefeitura do Recife, Alberto Feitosa (SD) deixa a Secretaria Municipal de Habitação. O cargo passa a ser ocupado por André Correia, que era o secretário-executivo.

Lula Tôrres deixa PDT e pode disputar mandato de deputado estadual

Nas vésperas do prazo de políticos mudarem de legenda para disputar a eleição o presidente da Câmara de Caruaru, Lula Tôrres assinou a desfiliação do PDT. Ele ainda não anunciou o partido que vai, mas pode ser o candidato da prefeita Raquel Lyra na eleição desse ano.

Lula saiu sem traumas do partido e explicou as razões ao presidente da legenda no estado, deputado federal Wolney Queiroz, que acatou a decisão do vereador.

Tonynho Rodrigues vai disputar mandato de deputado federal pelo Solidariedade

O empresário Tonynho Rodrigues assinou a ficha de filiação ao Solidariedade. Tonynho vai disputar um mandato de deputado federal e estava filiado ao MDB. Também foram para o Solidariedade os deputados Kaio Maniçoba e Carlos Eduardo Cadoca também foram para a legenda.

O Solidariedade vai fazer parte da chapinha junto ao PP e outras legendas.