Izabel Urquisa assina ficha de filiação ao PSC

A ala feminina do PSC ganhou um reforço nesta terça-feira (3). Izabel Urquiza, ex-candidata a prefeita de Olinda, vai reforçar a chapa do partido à Assembleia Legislativa de Pernambuco, que tem potencial para eleger seis ou sete deputados estaduais. O ato de filiação, comandado pelo presidente estadual do PSC e pré-candidato ao Senado, deputado estadual André Ferreira, contou com a presença do presidente da Alepe, Guilherme Uchoa (PSC).

Filha dos ex-deputados estaduais Jacilda e Helio Urquisa, ela atuou como coordenadora de Programas Sociais do Ministério das Cidades no Nordeste e tem como base Olinda, cidade em que obteve quase 19 mil votos.

Senadores pressionam por prisão em segunda instância

Às vésperas do julgamento de Lula, 20 senadores entregaram uma carta ao Supremo Tribunal Federal (STF), nesta terça, pedindo que a Corte mantenha a decisão de executar pena de condenados pela segunda instância da Justiça.

A carta foi escrita pelo senador Lasier Martins, do PSD do Rio Grande do Sul. De acordo com o parlamentar, uma decisão favorável a Lula vai abrir precedente para que outros presos possam ser beneficiados pela decisão.

Na segunda-feira (2), a defesa do ex-presidente entregou ao Supremo Tribunal Federal (STF) um parecer do jurista José Afonso da Silva contra a prisão de condenados criminalmente após o fim de todos os recursos na segunda instância da Justiça.

No entendimento da procuradora-geral da República, Raquel Dodge, o princípio da presunção de inocência é garantia importante em todos os países. Porém, na visão da PGR, a execução de uma pena após quatro instâncias é exagero que “aniquila o sistema de justiça” porque “uma Justiça que tarda, é uma Justiça que falha”.

Recife terá voo direto para Santiago

Lançado pelo governador Paulo Câmara, na manhã desta terça-feira (03), o novo voo irá conectar Recife a Santiago do Chile, a partir de 03 de novembro deste ano, sendo operado pela Gol Linhas Aéreas. A previsão é de que a rota opere uma vez por semana, aos sábados. Além do novo destino, o Governo de Pernambuco e a companhia firmaram acordo para a disponibilização de 247 bilhetes para estudantes do Programa Ganhe o Mundo com destino a Montevidéu, no Uruguai, e a Buenos Aires, na Argentina.

A solenidade aconteceu no Palácio do Campo das Princesas, no Recife. “Uma parceria importante que a gente vem consolidando com as companhias aéreas. E com esse anúncio do voo para o Chile, a partir do mês de novembro, a gente vai ter condições de estar cada vez mais presente nas quatro maiores capitais da América do Sul, enviando pernambucanos e recebendo turistas desses países. E isso vai ao encontro da nossa política de atração de voos. Uma política acertada, que dá retorno. Turismo gera emprego, gera renda e tem uma grande capacidade de movimentar uma cadeia econômica muito importante e que a gente quer consolidar. Pernambuco tem belezas naturais, tem patrimônio historio e cultural, tem negócios a fazer com polos industriais e de serviços bem consolidados. E é isso que a gente quer continuar fortalecendo cada vez mais”, destacou o governador.

O voo terá uma frequência semanal, saindo de Santiago sempre aos sábados, às 23h35, chegando na capital pernambucana às 05h50, do domingo. A saída do Recife também será aos sábados, às 14h55, chegando em Santiago às 21h15, horário local. A nova rota será operada por um Boeing 737, com capacidade para 186 passageiros. A estimativa da empresa é que as passagens custem a partir de R$ 600,00 ida e volta (sem taxas). Na ocasião, foi assinado o protocolo de intenções que estabelece as providências assumidas pelo Governo de Pernambuco e pela Gol Linhas Aéreas no cumprimento às necessidades de obtenção de novos benefícios fiscais que contribuam para a consolidação da Gol no Estado.

Antes de anunciar chapa, oposição a Paulo Câmara realiza ato em Ipojuca

O Grupo das Oposições em Pernambuco, liderado pelos senadores Armando Monteiro (PTB) e Fernando Bezerra Coelho (PMDB), os ministros Fernando Filho (Minas e Energia) e Mendonça Filho (Educação), o deputado federal Bruno Araújo (PSDB) e os ex-governadores João Lyra Neto (PSDB) e Joaquim Francisco (PSDB) realizam, no próximo sábado (07/04), em Ipojuca, na Região Metropolitana, o quarto e último ato político.

O evento ocorrerá no Centro de Convenções do Hotel Armação (PE-09, Porto de Galinhas), a partir das 9h30.

Humberto: “STF vai julgar o destino de todos os brasileiros, e não apenas o de Lula”

A um dia do julgamento do habeas corpus impetrado pela defesa do ex-presidente Lula no Supremo Tribunal Federal (STF), o líder da Oposição no Senado, Humberto Costa (PT-PE), disse que é imperioso a Corte assegurar o princípio da presunção de inocência previsto na Constituição, segundo o qual a prisão só é cabível após o trânsito em julgado de sentença condenatória.

Para Humberto, como guardião da Constituição, o STF está sendo chamado, neste momento crítico da vida nacional, a preservá-la, e não a reescrevê-la. “Seus membros gozam da prerrogativa da vitaliciedade exatamente para estarem imunes às pressões e paixões políticas“, ressaltou.

Segundo o senador, com a concessão do habeas corpus a Lula, o STF provará que está apto a aplicar a Constituição a todos os brasileiros indistintamente, sem casuísmos. “E, mais que isso, que está atento à preservação de um direito fundamental à própria manutenção da nossa democracia”, complementou.

Ele afirmou que Lula, como qualquer cidadão, só quer ter o direito à liberdade, como assegura a Constituição, até que não caiba mais recurso a provar sua inocência. O parlamentar defende que os ministros do Supremo não estarão julgando apenas o caso do ex-presidente, mas sim o destino do Estado de Direito.

“O que eles julgarão é se a Suprema Corte deste país se dará o poder de suprimir uma cláusula pétrea do texto constitucional, que é o da presunção de inocência. Dessa decisão, depende o destino não só de Lula, mas de todos os brasileiros”, disse.

Em Brasília, Tonynho prepara filiação ao Solidariedade

O pré-candidato à deputado federal Tonynho Rodrigues, esteve nesta terça-feira 03, em Brasília. Á convite do Deputado federal Augusto Coutinho, presidente do SD em Pernambuco, Tonynho Rodrigues foi até a capital federal para um encontro com o presidente nacional do Solidariedade, deputado Paulinho da Força Sindical.

Esta semana Tonynho Rodrigues deve oficializar à sua entrada no partido.

Reunião da direção da Fiepe em Caruaru

Dirigentes da FIEPE estiveram reunidos na Unidade Regional Agreste da FIEPE, ontem, em Caruaru, para a 3ª reunião ordinária de diretoria. No encontro – que reuniu também representantes das outras regionais, gestores do CIEPE, SENAI, SESI, membros do Comitê de Jovens Empresários e do conselho empresarial da região – foram discutidas temáticas de interesse da indústria do estado e da região do Agreste, além da dificuldade em que as empresas estão tendo quanto ao acesso às informações dos créditos remanescentes e saldos do Cartão VEM Trabalhador (Vale Eletrônico Metropolitano).

As “Alternativas para impulsionar o reuso de água no Brasil e desafios de regulação”, um documento elaborado pela CNI, desdobrado para Pernambuco, com o diagnóstico das demandas industriais, disponibilidade hídrica e oferta de esgoto tratado em nosso Estado foi outro assunto abordado no encontro. A mesa foi composta pelo presidente Ricardo Essinger, pelo 1º vice-presidente, Alexandre Valença, pelo 1º diretor-financeiro, Bruno Salvador, e pelo vice-presidente Rafael Coelho. Além do diretor-regional do Agreste, Andrerson Porto.

Meirelles se filia ao MDB e ganha jingle de campanha

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, deu mais um passo rumo ao seu projeto presidencial. O político deixou o PSD e assinou nesta terça-feira (3) sua filiação ao MDB, partido do qual foi membro até 2009.

Durante a cerimônia de filiação, na sede da legenda, em Brasília, Meirelles informou que deixará o cargo de ministro na próxima sexta-feira (6), e que seu sucessor será definido nos próximos dois dias. A legislação eleitoral prevê que os ministros interessados em concorrer a candidaturas precisam deixar os cargos seis meses antes da eleição. Esse prazo se encerra no próximo sábado (7).

Mesmo deixando o ministério da Fazenda, Meirelles afirma que o MDB ainda não definiu a composição da possível chapa presidencial e, portanto, não confirmou sua candidatura.

“Eu tenho um projeto de candidatura a presidente e, agora, entrando no partido vamos discutir quais são os próximos passos e, evidentemente, qual é a melhor composição partidária visando evitar o Brasil volte a ter políticas populistas, politicas oportunistas, políticas que levaram o país a maior recessão da história”.

Durante o ato, o clima de campanha eleitoral era evidente. Banners com as imagens de Temer e Meirelles decoravam o evento, enquanto um jingle que dizia “M de Michel, M de Meirelles, M de MDB” era executado pelo sistema de som.

A ida de Henrique Meirelles ao MDB dá força a especulação de que o ministro da Fazenda se colocaria como vice em uma possível chapa encabeçada pelo presidente Michel Temer.

Bruno Galvão assume indepedência na Câmara de Belo Jardim

Em pronunciamento na sessão dessa terça (03), o vereador Bruno Galvão (PT) informou no plenário da Câmara que está oficialmente fora da base governista. Seu posicionamento, a partir de agora, será de independência no Poder Legislativo, mantendo suas atribuições de vereador, principalmente na fiscalização, acompanhamento das ações, na elaboração de leis e ampliando ainda mais o seu diálogo com a população.

Uma das razões que levou o vereador Bruno Galvão a tomar a posição de independência, se deu por acreditar no seu papel enquanto legislador que, não poderia se limitar a votos favoráveis ao governo municipal sem diálogo, sem tempo para estudo sobre a importância dos projetos encaminhados pela prefeitura e sem participação nas decisões da base governista.

Além disso, o vereador segue a tendência do seu partido que lançará candidatura própria ao governo do estado, o que aparentemente vem contrariando a posição do atual gestor. A decisão e o sentimento de Bruno Galvão é o mesmo do seu partido no município. “Deixamos o bloco governista e passamos a ser independentes, eu e o partido, evitando mais desgastes. Continuaremos o mandato com maior liberdade ampliando assim o diálogo nessa casa parlamentar. É importante dizer que não faço parte da oposição. Sou independente o que me confere maior liberdade para os trabalhos e ações para os belo-jardinenses”, afirmou Bruno.