Tony representa Alepe na solenidade de posse dos novos promotores de PE

O Deputado Estadual Tony Gel (PMDB) representou na tarde desta terça-feira 06, a Assembleia Legislativa na solenidade de posse dos novos promotores de Pernambuco, realizada no Teatro Beberibe, no Centro de Convenções de Pernambuco, em Olinda, Região Metropolitana do Recife.

Tony Gel cumprimentou o jovem Caruaruense Ariano, um dos novos promotores empossados. Os integrantes do quadro de membros do Ministério Público de Pernambuco (MPPE) foram convocados em 2017. Eles irão atuar a partir de 5 de março em cidades do interior.

Por unanimidade, PTB decide pela manutenção do nome de Cristiane Brasil para Ministério

O líder do PTB na Câmara dos Deputados, Jovair Arantes (GO), disse hoje (6) que a sigla mantém, mais uma vez, a indicação da deputada Cristiane Brasil (RJ) para assumir o Ministério do Trabalho. Os questionamentos jurídicos à posse da parlamentar no cargo, segundo ele, devem ser resolvidos pela Justiça. A declaração foi dada após reunião da bancada do partido, na qual os integrantes da legenda na Câmara mantiveram de forma “unânime” o apoio à deputada. Reafirmaram ainda que  até o momento não há um plano B para a indicação.

“Temos um problema real, que é da Justiça, e é ela que tem que dar a palavra final. A Justiça decidindo sim, quem decide é a Cristiane, se ela vai ser [ministra]. Dizendo não, quem decide aí é o partido ou a bancada, se vai indicar outro ou se vai deixar a cargo do presidente [Michel Temer]. Isso é problema também do presidente. Ele que fez essa indicação, quem tem essa prerrogativa que é privativa do presidente da República”, disse o líder.

Indicada pelo presidente Michel Temer há pouco mais de um mês para o cargo, Cristiane Brasil não tomou posse até hoje devido a uma série de decisões liminares, da primeira e segunda instâncias, que atenderam a questionamentos sobre a legitimidade de a deputada assumir o ministério após ter sido condenada pela Justiça do Trabalho. Atualmente, o caso está no Supremo Tribunal Federal (STF).

Luiz Fux toma posse na presidência do TSE

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luiz Fux tomou posse na noite de hoje (6) como presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A cerimônia foi acompanhada pelo presidente Michel Temer; o presidente do Congresso Nacional, Eunício Oliveira; e a presidente do Supremo, Cármen Lúcia, além de outras autoridades.

Fux sucederá o ministro Gilmar Mendes no cargo. A vice-presidência da Corte Eleitoral será ocupada pela ministra Rosa Weber, que presidirá o tribunal nas eleições de outubro. Isso porque no dia 15 de agosto, Fux completará dois biênios como ministro no TSE e deverá deixar o tribunal.

Luiz Fux nasceu no Rio de Janeiro e formou-se em direito na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj). Ele foi o primeiro ministro do STF indicado pela ex-presidente Dilma Rousseff.

O TSE é composto por sete ministros. A presidência é ocupada por ordem de antiguidade entre os três ministros do STF que também compõem o tribunal eleitoral. Dois ministros oriundos do Superior Tribunal de Justiça (STJ) e dois membros da advocacia completam a composição do TSE.

Na volta após recesso, Daniel Coelho critica deputados contrários a Lei da Ficha Limpa

Em primeiro discurso, na volta após o recesso, o deputado federal Daniel Coelho (PSDB), falou da falta de compromisso do Congresso Nacional com o país. De acordo com ele, enfrentou os deputados que estão atacando a lei da Ficha Limpa, em um acordão de corruptos. ‬

Segue o vídeo do discurso do deputado:

Humberto observa equívoco de aliança de Armando com partidos de oposição ao PT

Do Blog da Folha

Após o ex-presidente Lula defender o diálogo com o PSB e o senador Armando Monteiro (PTB), antes de o PT decidir bancar uma candidatura própria ao governo do estado, neste ano, o senador Humberto Costa (PT) afirmou que o partido não deve estabelecer “veto de conversar com quem quer que seja”. Porém, colocou que o petebista “está cometendo um grande equívoco ao se aliar a esses segmentos da direita” em Pernambuco.

De acordo com o ex-presidente, a legenda deve dialogar com outras forças políticas, mas sem descartar a possibilidade de marchar sozinha. Na visão de Humberto, a colocação foi feita de forma “genérica”. “Nunca estabelecemos qualquer veto de conversar com quem quer que seja. Eu já conversei várias vezes com Armando. Lula já o recebeu mais de uma vez para conversar sobre Pernambuco. O presidente colocou de uma maneira muito genérica”, disse.

Deputado critica postagem de vereadora sobre Iemanjá

Comentário publicado na Internet pela vereadora recifense Missionária Michele Collins (PP) motivou pronunciamento do deputado Edilson Silva (PSOL) durante a Reunião Plenária desta terça (6). Em uma rede social, a parlamentar da Capital pernambucana escreveu que participava de oração “clamando e quebrando toda maldição de Iemanjá lançada contra nossa terra”. Em seguida, retratou-se por meio de nota.

Edilson Silva disse que a declaração “vilipendiou a figura de um orixá extremamente importante” e elogiou o pedido de desculpas da progressista. “Esse tipo de pregação de ódio, de intolerância, não cabe em um país que acolhe todas as crenças”, afirmou. “Fico feliz que a vereadora tenha reconhecido que houve um exagero, mas é preciso atenção. Vivemos numa sociedade onde o ódio está estruturando muitas relações.”

Movimento “Brasil 200” será tema de palestra no Recife

O empresário Flávio Rocha, presidente da Riachuelo, vem ao Recife nesta quinta (8) para o Seminário Brasil 200 anos – o país que queremos, promovido pelo LIDE Pernambuco. No evento, ele irá defender o manifesto “Brasil 200 Anos”, lançado em janeiro, em que aponta uma agenda liberal na Economia e o livre mercado para combater a corrupção.

Até março, Flávio Rocha apresenta sua proposta em vários Estados para estimular a criação de núcleos locais do Brasil 200 anos.

O movimento Brasil 200 Anos é uma referência aos 200 anos da independência do Brasil que serão comemorados em 2022, último ano do mandato do Presidente da República eleito este ano. O movimento vem mobilizando os empresários para produzir um documento com propostas que serão entregues aos candidatos ao Executivo e ao Legislativo nas eleições de 2018.

Levando adiante sua missão de repercutir posições, fatos e ações relacionadas ao ambiente empresarial, político e da sociedade, o Conselho de Gestão do LIDE Pernambuco convidou Flávio Rocha para debater a proposta com as lideranças empresariais do Estado. “O Brasil passa por um momento importante de transformação no qual a classe média e os empresários sentem a necessidade de se mobilizar, debater e lutar pelas ideias e atitudes em que acreditam. O LIDE é a principal caixa de ressonância do empresariado pernambucano e tem tradição de ouvir as lideranças nacionais que assumem o papel de agentes de transformação e de defesa da cidadania”, afirma o presidente executivo do LIDE Pernambuco, Drayton Nejaim.

Presidente da Câmara de Santa Cruz não recebe convite para evento e fica chateado

Zé minhoca

Do Blog do Ney Lima

A simples falta de convite para um ato do governo municipal causou ruído na Câmara de Vereadores de Santa Cruz do Capibaribe, na manhã desta terça-feira (06).

O presidente da Casa, Zé Minhoca (PSDB), se mostrou descontente após não ter sido chamado, segundo ele, para evento na prefeitura.

Na oportunidade, o prefeito Edson Vieira (PSDB) assinou contrato, de quase R$ 600 mil, com a Caixa Econômica Federal, para construção de um Centro de Reabilitação.

“Eu acredito que houve um esquecimento, por parte do cerimonial da prefeitura em não ter, ao menos, me avisado. Mas não vai ser novidade também. Algumas coisas lá, já sabia através da imprensa. Mas, eu acho isso ridículo, se é verdade que houve essa reunião, é ridículo isso”, disse Zé Minhoca.

O tucano havia sido instigado, pouco antes, pelo líder da bancada de oposição Carlinhos da Cohab, que disse ‘estranhar a ausência do representante da Câmara, no ato’.

Na prefeitura, estiveram presentes os vereadores Dr. Nanau, Nailson Ramos, Pipoca e Irmão Val, além de suplentes e secretários.

Paulo Camara sobre possível aliança com o PT: “temos mais convergências que divergências”

O governador Paulo Câmara comentou no fim da manhã desta terça-feira (6) uma possível aliança com o PT para a eleição desse ano. O socialista falou sobre a fala do ex-presidente Lula, que em entrevista à Rádio Jornal disse que vê possibilidades de PT e PSB estarem no mesmo palanque na eleição de 2018.

“Tenho muito respeito ao ex-presidente Lula. Algumas situações nos levaram ao afastamento do PT, mas temos mais convergências que divergências. Vamos buscar alinhamento com forças de centro esquerda”, disse.

Prefeitura de Caruaru publica edital do São João 2018

Já está disponível, no site oficial da Prefeitura Municipal, o edital para habilitação e seleção de propostas de atividades artísticas e culturais para compor a programação do São João 2018 de Caruaru. Executado pela Fundação de Cultura e Turismo (FCTC), com a finalidade prioritária de promover apresentações de artistas e grupos ligados às festividades juninas, o edital teve aprovação dos representantes do Conselho de Política Cultural do município.

Representantes de todas as linguagens artísticas e culturais podem enviar suas propostas do dia 3 de fevereiro a 5 de março, de forma presencial ou on-line. As inscrições presenciais deverão ser realizadas em dias úteis, das 8h às 13h, na sede da FCTC, que fica na Praça Coronel José de Vasconcelos, 100, Centro. As inscrições on-line devem ser feitas até as 23h59min do dia 05 de março, através do e-mail saojoao2018@caruaru.pe.gov.br.

No dia 21 de fevereiro, a partir das 9h, na Casa de Cultura José Condé, o Conselho Municipal de Política Cultural, em parceria com a FCTC, vai promover uma capacitação referente à apresentação de projetos para o edital. A oficina é aberta ao público e destinada a todas as linguagens artísticas.

Poderão participar deste edital pessoas jurídicas de natureza cultural, com ou sem fins lucrativos, que deverão estar em pleno funcionamento, por, no mínimo, seis meses e que não poderão apresentar mais do que dez propostas no edital, exceto associações civis e cooperativas de trabalho. Já pessoas físicas, maiores de 18 anos, devem comprovar atuação na atividade de sua inscrição há, pelo menos, seis meses. O inscrito como pessoa física não poderá apresentar mais do que três propostas.