Em artigo, Roberto Freire defende nome de Luciano Huck para disputar presidência pelo PPS

O futuro é agora

As conversas estão adiantadas, em especial com o Agora!, Saliente-se, aliás, que um dos integrantes e principais líderes do Agora! é Luciano Huck

Em um ano decisivo que definirá os rumos do Brasil após a transição iniciada com o impeachment, é inegável que o país passa por um momento crucial. Depois de superarmos a mais aguda recessão econômica de nossa história republicana, um desastroso legado deixado pelo lulopetismo, e ainda enfrentando os desdobramentos de uma profunda crise moral e do descrédito generalizado da população em relação à política, é importante que todos aqueles que têm compromisso e responsabilidade com o país estejam dispostos a dialogar e estabelecer pontes com a sociedade civil, representada por uma série de movimentos cívicos cada vez mais atuantes.

Em um mundo marcado por um inevitável e revolucionário processo de transformação, não é das tarefas mais simples para as forças políticas e agremiações partidárias se adaptarem a essa nova realidade. Instituições datadas do período da Revolução Industrial, ainda no século XIX, os partidos políticos hoje têm enorme dificuldade de se estabelecer nas sociedades plenamente interconectadas em rede. A degradação moral e a corrupção desenfreada que caracterizaram os 13 anos de governos do PT, com Lula e Dilma, só agravaram esse quadro. Há uma total desconexão e um claro descompasso entre representantes e representados e, também por isso, é fundamental que os agentes políticos façam uma autocrítica e se abram, verdadeiramente, aos movimentos que, oriundos da sociedade civil, pretendem participar de uma renovação do processo político.

Nesse sentido, o PPS, que historicamente sempre defendeu uma nova formação política, tem consciência de que os partidos já não conseguem vocalizar as demandas sociais com a agilidade necessária. Nos últimos meses, abrimos um amplo, generoso e produtivo diálogo com movimentos de vários matizes – diferentes entre si, mas dispostos a ingressar na política e viabilizar uma nova forma de representação. Não sabemos qual será o destino dos partidos no curto ou médio prazo, mas é muito provável – quase uma certeza – que eles não mais existirão, da forma como se colocam hoje, em um futuro que se anuncia mais próximo do que imaginávamos. A ideia do partido-movimento é uma tese cada vez mais presente e já um dado da realidade em sociedades mais abertas e avançadas. É algo que pode começar a ser construído também no Brasil.

Neste início de ano, o PPS realizou encontros com algumas dessas organizações e movimentos cívicos, entre os quais Agora!, Livres, Acredito, Renova Brasil, Rede de Ação Política pela Sustentabilidade (RAPS), Frente pela Renovação, Vem pra Rua e Roda Democrática, justamente com o objetivo de estreitar laços e promover ações conjuntas. Tenho participado ativamente dessas conversas, ao lado de outras lideranças do nosso partido, como os deputados federais Arnaldo Jardim (SP) e Rubens Bueno (PR), o deputado estadual Davi Zaia (SP), o presidente do Diretório Municipal do PPS de São Paulo, Carlos Fernandes; o diretor-geral da Fundação Astrojildo Pereira (FAP), Luiz Carlos Azedo; o secretário-geral do PPS, Wober Júnior; o secretário-nacional de comunicação do PPS, Adão Cândido; o secretário de comunicação do PPS de São Paulo e editor do Blog do PPS-SP, Maurício Huertas, entre outros. Tem sido uma troca interessante que nos permite aprender com os movimentos e, de certa forma, transmitir aos mais jovens um pouco de nossa longa vivência na vida pública.

As conversas com esses grupos estão adiantadas, em especial com o Agora!, e o PPS já manifestou sua intenção de receber vários desses jovens como filiados para, eventualmente, se candidatarem nas próximas eleições. Saliente-se, aliás, que um dos integrantes e principais líderes do Agora! é Luciano Huck, que tem se mostrado disposto a contribuir ainda mais intensamente com as discussões sobre os problemas e desafios do Brasil. Caso a entrada dos movimentos se confirme, é importante ressaltar que todos eles terão autonomia e, inclusive, ajudarão na tomada de decisões do partido, trazendo contribuições, participando dos debates sobre questões políticas e atuando de forma concreta e eficaz.

A revolução social e de comportamento que o mundo experimenta é uma realidade contra a qual não se pode lutar. Tal processo envolve não apenas o avanço das novas tecnologias ou das ferramentas de comunicação, mas constitui, fundamentalmente, uma transformação radical na forma como nos relacionamos uns com os outros. Este novo mundo nos afeta a todos, em todos os segmentos de atividade, proporcionando o surgimento de novas instituições e organizações que substituirão as velhas estruturas. Diante desse cenário, é fundamental que tenhamos uma visão conectada com o futuro e abdiquemos de vícios e valores ultrapassados de um mundo que ficou para trás e não mais voltará.

Por tudo isso, o PPS entende a necessidade e a urgência de interpretarmos todo esse processo de transformação e estabelecermos um canal direto de comunicação com os novos atores políticos e sociais – por meio das redes e rodas democráticas e dos mais diversos movimentos da cidadania. Só assim tornaremos possível a renovação política tão esperada pela sociedade brasileira. Estamos abertos ao novo. Temos, afinal, um encontro marcado com o futuro. E o futuro é agora.

*Roberto Freire é deputado federal por São Paulo e presidente nacional do PPS

Marcelo Gomes diz que pressa tirou legitimidade do projeto aprovado pela Câmara de Caruaru

O vereador Marcelo Gomes criticou a pressa na aprovação do projeto que autorizou a Prefeitura a contrair empréstimo de R$ 83 milhões, junto à Caixa,  votado, segundo ele, em tempo recorde no recesso da Câmara em janeiro.

O parlamentar do PSB observou que a “falta de diálogo e de debate tirou a legitimidade do projeto, aprovado sem discussão e sem uma correta avaliação dos vereadores. E o pior é que não ficou claro o grau de comprometimento das finanças do Município no médio prazo”.

Marcelo deixou clara a sua atitude como oposicionista, de não mais permitir essa forma de pressão do Executivo resultante numa diminuição do papel do Legislativo nas decisões importantes para Caruaru. “Vamos manter o acompanhamento sério e detalhado sobre o destino do valor aprovado e vamos seguir passo a passo o andamento da Ação Popular que já está na Justiça, na certeza de que a Câmara será chamada a se pronunciar a respeito”.

O parlamentar fez referência a uma Ação Popular,  na justiça local, que pretende sustar os efeitos da aprovação do empréstimo, sob alegação de descumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal e de quebra do devido processo legislativo.

Funcionário público é assassinado em Caruaru

No começo da noite desta sexta-feira (2) um homem foi vítima da violência em Caruaru. O funcionário público, José Paulo Pereira da Silva, conhecido como Juca, de 50 anos, foi alvejado a balas num bar na rua Capitão Gregório, no Bairro São Francisco.

Ele trabalhava na prefeitura de Caruaru, no Departamento de Vetores. A Polícia ainda não tem informações sobre o autor do homicídio.

Nova tentativa de Lula para evitar prisão

Do Jornal O Globo

A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva entrou com um habeas corpus no Supremo Tribunal Federal (STF) para pedir que o petista possa recorrer em liberdade da sua condenação por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, até que estejam esgotadas as possibilidades de recurso em instâncias superiores.

O mesmo pedido foi apresentado, na terça-feira, no Superior Tribunal de Justiça (STJ), mas foi negado, no mesmo dia, pelo vice-presidente da corte, ministro Humberto Martins. Os advogados afirmam que a decisão deixou Lula “na iminência de sofrer constrangimento ilegal em seu direito de locomoção”.

Na semana passada, o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) confirmou a condenação do ex-presidente e aumentou sua pena para 12 anos e 1 mês de prisão. O petista tem direito a recurso nesse tribunal, mas apenas para esclarecer pontos da sentença. Segundo os desembargadores do TRF-4, ele pode ser preso logo após a análise desse instrumento

O processo foi distribuído para ministro Edson Fachin, relator da Lava-Jato no tribunal. A defesa de Lula quer que o pedido seja analisado diretamente pela Segunda Turma, composta ainda pelos ministros Gilmar Mendes, Ricardo Lewandowski, Celso de Mello e Dias Toffoli.

Tony participa de inauguração de escola em Toritama

O Deputado Estadual Tony Gel (PMDB), participou na manhã desta sexta-feira 02, da inauguração da Escola Municipal Laura Lopes Tavares da Silva, no bairro Deus é fiel na Cidade de Toritama.

Tony Gel esteve na solenidade à convite do prefeito Edilson Tavares (PMDB), que já declarou apoio ao parlamentar. Em sua fala, Tony destacou o trabalho que Edilson Tavares vem desenvolvendo na Capital do Jeans.

Prefeita de Caruaru anuncia pagamento de artistas que se apresentaram no São João 2017

Em coletiva realizada nesta sexta-feira (02), a prefeita de Caruaru, Raquel Lyra, anunciou o pagamento dos cachês dos artistas que se apresentaram no São João 2017.

De acordo com a prefeita, os cachês faziam parte do convênio assinado com a Empresa de Turismo de Pernambuco (Empetur), em junho do ano passado, no valor de R$ 2,5 milhões, que, até o momento, não foi enviado para a prefeitura.

“No ano passado, a prefeitura já havia arcado com R$ 1 milhão em pagamentos. Fizemos um esforço dentro da prefeitura, destinamos esse valor de R$ 1,5 milhão, que ia ser utilizado para outros fins, por todo o compromisso e respeito que a gente tem pela classe artística e porque a gente não pode começar um processo novo, como já está sendo iniciado, com essa pendência”, explicou a prefeita.

O valor vai liquidar a dívida com 45 artistas, dentre eles Bell Marques, Gabriel Diniz, Lenine, Petrúcio Amorim e Orquestra Contemporânea de Olinda.

Carnaval e jogo do Central promovem mudanças no trânsito e alteram linhas de ônibus; confira

A Destra informa que, em virtude da realização dos blocos do “Carnaval Caruaru Cultural”, durante os dias 03 e 04 de fevereiro, e jogo do Central x Sport, no estádio do Lacerdão, também no dia 03, algumas ruas de Caruaru serão interditadas.

Para garantir a efetiva prestação do serviço de transporte público de passageiros, sem perdas para o usuário, alguns itinerários de ônibus realizarão desvios nas rotas, a fim de evitar essas vias que estarão fechadas.

Confira as vias que serão interditadas na sexta-feira (02), a partir das 23h30:

Rua João Condé, rua Silva Jardim, rua Silva Filho, rua dos expedicionários e travessa José Martins.

Vias que serão interditadas no sábado (03), a partir das 10h:

Avenida Agamenon Magalhães, avenida Professor José Leão, avenida Campos Sales e rua São Paulo.

Ônibus

Confira as linhas de ônibus e os respectivos desvios de itinerários na sexta-feira (02), a partir das 22h:

Linha/Terminal Subúrbio

Desvio de Itinerário

Santa Rosa

…R. dos Expedicionários, R. Avelino Florêncio, Av. Rio Branco…

Vassoural

Indianópolis

Petrópolis

Agamenon/Via Pitombeira

B. Agamenon/Via HRA

B. Agamenon/Via Rodoviária

Vila Padre Inácio

Cidade Jardim/Via Salgado

Confira as linhas de ônibus e os respectivos desvios de itinerários no sábado (03):

Linha/Terminal

Desvio de Itinerário

Boa Vista I (Subúrbio/Garagem)

…R. Vidal de Negreiros, R. Expedicionários, R. Vigário Freire, R. Duque de Caxias, R. Porto Alegre, R. Floriano Peixoto, R. Felipe Camarão, Av. Rui Barbosa …

Boa Vista II (Subúrbio/Sesi)

João Mota (Subúrbio/Garagem)

Maria Auxiliadora (Subúrbio/Fundac)

Andorinhas (Subúrbio/Fundac)

Jardim Panorama (Subúrbio/Rádio Jornal)

Cidade Jardim/ Via Salgado (Cidade/Subúrbio)

… R. Vigário Freire, R. Duque de Caxias, Tv. 13 de Maio, 15 de Novembro, R. Sete de Setembro, R. Martins Junior, R. Dr. José Mariano, R. Dr. Júlio de Melo, Rua Aurora e R. Tupi.

Vila Padre Inácio (Subúrbio/Demóstenes Veras)

… R. 15 de Novembro, R. dos Expedicionários, R. Vigário Freire, R. Duque de Caxias …

Santa Rosa (Subúrbio/HRA)

… R. Vigário Freire, Tv. 07 de Setembro, R. Dos Guararapes…

Vassoural (Subúrbio/HRA)

B. Agamenon/ V. Pitombeira (Subúrbio/Newton Lira)

B. Agamenon/ V. HRA (Subúrbio/HRA)

Indianópolis (Subúrbio/Associação)

… R. Vigário Freire, Tv. 07 de Setembro, R. Nunes Machado …

Petrópolis (Subúrbio/Jardim Liberdade)

… R. Vigário Freire, R. Duque de Caxias, Tv. 13 de Maio, R. Lourival José da Silva …

B. Agamenon/Rodoviário (Subúrbio/Rodoviária)

Universitário (Subúrbio/Parque Baraúnas)

No sentido subúrbio/cidade, haverá desvio pela R. Joaquim Tabosa, R. Raimundo de Morais, R. Belmiro Pereira, R. Capitão João Velho, R. Vigário Freire, R. Duque de Caxias, Tv. 13 de Maio, R. 15 de Novembro, R. Marins Junior, R. Dr. José Mariano, R. Júlio de Melo, R. Aurora, R. Tupi…

Salgado (Subúrbio/Rua Dalas)

Caruá (Subúrbio/Caruá)

…R. João Cursino, R. Visconde Inhaúma, Av. Rui Barbosa, Retorno, R. Tiradentes, Av. Rio Branco, R. Dácio Espósito, R. Porto Alegre, R. Floriano Peixoto, R. Felipe Camarão, Tv. Tiradentes, Av. Rui Barbosa, R. Barão de Porto Seguro, Av. Agamenon Magalhães…

UFPE (Subúrbio/UFPE)

Polo Caruaru (Subúrbio/Polo Caruaru)

Severino Afonso (Subúrbio/Hospital Mestre Vitalino)

Rendeiras, Rendeiras/ Rodoviária e Rendeiras/ Caruaru Shopping (Subúrbio/Cidade)

…R. Adelaide de Morais, R. Cícero José de Oliveira, R. Sargento Luiz de Siqueira, R. Julia Lopes e R. Jonas Tabosa, R. Major João Coelho, saindo na segunda R. antes da creche…

Maria Auxiliadora (Cidade/Subúrbio)

…Av. Rui Barbosa, R. Marques de Olinda, R. Marques de Tamandaré, R. Joaquim Nabuco, R. Antônio Menino, Av. Rui Barbosa.

Andorinhas (Cidade/Subúrbio)

Jardim Panorama (Cidade/Subúrbio)

João Mota (Cidade/Subúrbio)

Boa Vista I e Boa Vista II (Subúrbio/Boa Vista)

…Av. Rui Barbosa, R. Felipe Camarão e R. Vidal de Negreiros…

Confira as linhas de ônibus e os respectivos desvios de itinerários no domingo (04):

Linha

Desvio de Itinerário

Cidade Jardim/Via Salgado

(Subúrbio/Cidade e Cidade/Subúrbio)

… R. Rodopiano Florêncio, no sentido subúrbio/ cidade e pela R. Presidente Artur Bernardes, no sentido cidade/ subúrbio.

Salgado (Subúrbio/Cidade e Cidade/Subúrbio)

No sentido cidade/subúrbio R. Presidente Artur Bernardes, 1ª Tv. Rodopiano Florêncio, R. Vinte e R. Turim … e no sentido subúrbio/ cidade pela R. Vinte, 1ª Tv. Rodopiano Florêncio, R. Rodopiano Florêncio…

João Mota (Cidade Subúrbio/Subúrbio Cidade)

No sentido subúrbio/cidade R. Professora Maria Emília, R. Professor Vicente Monteiro, Av. Rui Barbosa, R. Felipe Camarão e R. Vidal de Negreiros. No sentido cidade/subúrbio R. Marquês de Tamandaré, R. Marquês de Olinda, Av, Joaquim Nabuco, Av. Rui Barbosa, Av. da Integração, retorno, R. Leovigídio Aguiar, Via local da BR 104, R. João Francisco Lisboa …

Rendeiras/Rodoviária (Subúrbio/Cidade)

…R. Santa Luzia e R. Eça de Queiroz, Av. Conego Júlio Cabral…

Salgado (Subúrbio/Cidade)

Cidade Jardim (Subúrbio/Cidade)

…R. Santa Luzia e R. Eça de Queiroz, Av. Conego Júlio Cabral, R. Joaquim Tabosa, R. Raimundo de Morais e Belmiro Pereira…

Salgado (Cidade/Subúrbio)

R. Eça de Queiroz, R. Prof. Francisco Figueiredo, R. Azevedo /Coutinho, R. Esdras de Farias…

Rendeiras/Rodoviária (Cidade/Subúrbio)

Cidade Jardim

…Tv. Das Flores, R. Godofredo de Medeiros, R. Professor Francisco Figueiredo, R. Azevedo Coutinho, R. Esdras de Farias…

Santa Rosa/Via Vassoural

No sentido subúrbio/ cidade, o desvio será pela R. Bernardo de Queiroz, R. Carlos Laert, R. Olavo Bilac, R. José Rodrigues de Jesus, R. Nunes Machado…

Vassoural/Via Santa Rosa

No sentido cidade/subúrbio, passará pela R. dos Guararapes, R. Capitão Dé, R. José Francisco de Almeida, R. Olavo Bilac, R. Carlos Laert, R. Bernardo de Queiroz…

Governo Federal fará estudo para integrar bacias dos rios São Francisco e Tocantins

Durante a inauguração da segunda Estação de Bombeamento (EBI-2) do Eixo Norte do Projeto de Integração do Rio São Francisco, em Cabrobó (PE), o Governo Federal anunciou mais um passo para aumentar a segurança hídrica de milhões de brasileiros da região Nordeste. O presidente Michel Temer afirmou, atendendo a uma solicitação do ministro Helder Barbalho, que vai autorizar estudos para avaliar a viabilidade da integração das bacias dos rios São Francisco e Tocantins. “Com esta obra, cerca de 220 quilômetros de canais garantirão a chegada da água das bacias à Bahia. Será a redenção do Rio São Francisco e do Nordeste”, afirmou Helder Barbalho.

A partir do sinal verde do presidente, uma equipe técnica do Ministério da Integração Nacional iniciará a elaboração do Termo de Referência, que dará início ao processo de seleção da empresa qualificada para elaborar o Estudo de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental (EVTEA) que definirá estratégias, possibilidades técnicas e os locais adequados para a interligação das duas bacias hidrográficas.

MP faz recomendação sobre São João e cobra ações da prefeitura de Caruaru

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) recomendou ao diretor-presidente da Fundação de Cultura e Turismo de Caruaru, Lúcio Omena, e à prefeita da cidade, Raquel Lyra, que realizem processo licitatório para a contratação das empresas que prestarão serviços de assessoria, planejamento, execução, captação de patrocínio, bem como de qualquer contratação de bens e serviços visando o maior evento público municipal.

No texto da recomendação, o promotor de Justiça Marcus Alexandre Tieppo também aponta a necessidade de previsão de limites passíveis de eventual subcontratação por parte das empresas contratantes com o Poder Público, bem como a especificação dos serviços eventualmente prestados por terceiros e aqueles de indispensável execução direta.

Outras solicitações do MPPE são a definição prévia do valor fixo dos bens e serviços objeto de eventual patrocínio a ser captado, bem como o beneficio para as empresas, a exemplo de propaganda durante o evento; a formalização de contrato de patrocínio diretamente com as empresas privadas que vão entregar recursos financeiros ou bens e serviços, evitando intermediações e pagamento de taxas; o ingresso de recursos financeiros na conta única do ente governamental e a que despesa custeada com tais recursos siga o processamento ordinário da despesa pública; a prestação de contas das despesas pagas com recursos oriundos de patrocínios.

Improbidade O promotor de Justiça lembra na recomendação a tramitação da Ação Civil Pública de Improbidade Administrativa NPU 0006672-15.2017.8.17.2480. “Ela tem por objeto a responsabilização de agentes públicos e particulares referentes à contratação da empresa Branco Promoções de Eventos e Editora Musical Ltda, mediante inexigibilidade de licitação, para realização do São João de Caruaru, em sua edição 2016, em que a empresa administrou, sem nenhum controle formal, recursos públicos oriundos de ‘patrocínios’ do São João de Caruaru, totalizando R$ 7.472.000,00”, relatou Marcus Alexandre Tieppo.

Outra Ação Civil Pública de Improbidade Administrativa que tramita é a NPU 0007268-96.2017.8.17.2480, que responsabiliza agentes públicos e particulares referentes a uma nova contratação da empresa Branco Promoções de Eventos e Editora Musical Ltda, mediante dispensa de licitação, para realização do São João de Caruaru, dessa vez na edição 2017, no valor total de R$ 8.403.858,19.

O promotor de Justiça comenta que os contratados demandados judicialmente apontam a subcontratação de outras empresas pela acima citada, sem quaisquer hipóteses de concorrência, controle de preços, e sem obediência ao regime de despesas públicas e à unidade de tesouraria. “Segundo o que se afirma nas mencionadas ações judiciais, burlou-se os princípios do processo licitatório e da impessoalidade, haja vista a inexistência de comprovação de qualquer interveniência do Poder Público na seleção das empresas fornecedoras dos bens e serviços, muito menos que tais contratações foram precedidas de processo licitatório”, analisou Tieppo.

O promotor ainda recorda que suas recomendações sobre as irregularidades nas contratações para o São João, em 2016 e 2017, não foram atendidas pelos presidentes Fundação de Cultura de Caruaru, Lúcia Cristina de Oliveira Lima e Lúcio Eduardo Ferreira de Omena, respectivamente.

O PCdoB e sua Irrecusável Missão – Luciano Siqueira*

Livre pensar é só pensar, convidava Millor Fernandes na sua página Pif-Paf, originariamente publicada na revista O Cruzeiro, destilando sua verve anarquista e bem humorada.

Em tempo de crise – e de dispersão política e ideológica -, pensamentos voam, numa miríade ora fincada na realidade, ora delirante. Mas toda ideia vale a pena, desde que devidamente apreciada e debatida. Para acolher ou refutar. Livremente.

Ora, nos seus quase cem anos de existência e atuação ininterrupta, o PCdoB teve que encarar com paciência, mas firmeza de princípios e clareza política, proposições vindas de aliados, ou mesmo nascentes em suas fileiras, no sentido de aderir a agrupamentos constituídos por outras agremiações, numa espécie de partido-frente.

Em parte, esse tipo de especulação se inspira em experiências de outros países. Como o Uruguai, onde se forma uma frente ampla integrada por alguns partidos, incluindo o Partido Comunista.

De outra parte, denota impaciência e falta de perspectiva, numa espécie de ânsia por ver criado um “fato novo” na cena política, capaz (sic) de “balançar o coreto” e recuperar a esperança e a disposição de luta.

Porém o buraco é bem mais embaixo. O desafio da construção de um programa comum em torno do qual se possa forjar ampla frente social e política dispensa o borramento das fronteiras entre os partidos do campo democrático e de esquerda.

Aqueles constituídos de fato como partidos políticos – para além de meras legendas eleitorais – expressam interesses de classes e de segmentos de classes. Mesmo que o espectro partidário brasileiro, historicamente frágil e instável, não o traduza com nitidez.

O Partido Comunista do Brasil, de prolongada, complexa e dura trajetória, mas vitoriosa, encara os ingentes desafios de agora com solidez teórica, descortino estratégico e sagacidade tática. É a expressão do proletariado revolucionário.

Ainda um partido organicamente pequeno, tendo em conta a grandiosidade das responsabilidades que lhe cabem, mas fadado a se fortalecer e a expandir a sua influência.

Na busca de reconhecimento por parte da classe que representa e das amplas camadas populares, há que preservar sua identidade e sua autonomia. E isto em nada o impede de exercer papel destacado na formação de uma frente ampla.

Essa combinação entre marca própria e amplitude, firmeza de propósitos e flexibilidade integra seu lastro teórico e político e se confirma pela prática.

Mas há quem assim não compreenda – e passe a negar a necessidade de um partido dessa natureza e se enrede em projetos pessoais ou de curto alcance; e há também quem imagine que um conglomerado de partidos de distintas posições políticas e ideológicas, mas empenhado na restauração democrática, poderia dar conta de um “novo patamar” da luta política no país.

Na prática, são formas de negação do sentido de classe e da missão histórica do PCdoB, ainda que com assento em pretensas manobras táticas.

O velho e renovado Partido Comunista do Brasil comparece hoje à cena política nacional com programa próprio, conduta tática combativa e ao mesmo tempo flexível e ousa integrar o concerto multipartidário em busca de soluções para a crise que o Brasil enfrenta com a pré-candidatura da deputada Manuela d’Ávila.

Ou seja, pugna por uma unidade ampla, sem entretanto renunciar a posições próprias e à sua independência orgânica.

* Médico, vice-prefeito do Recife, membro do Comitê Central do PCdoB