Prefeitura de Caruaru inicia processo seletivo para contratação de estagiários

A Prefeitura de Caruaru deu início a uma seleção de estagiários para três vagas na Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Economia Criativa. As inscrições vão até o dia 6 de março e deverão ser realizadas, exclusivamente, através do site http://selecoes.caruaru.pe.gov.br/, na aba ‘Seleção Estágio SEDEEC’.

Os interessados deverão ser graduandos dos cursos de Administração, Economia, Ciências Contábeis e Relações Internacionais, que estejam cursando entre o 3º e o 6° período. O valor da bolsa paga aos selecionados será de R$ 650,00.

A seleção será realizada em três etapas: prova escrita, prova oral e análise de títulos. Na prova escrita, serão avaliados conhecimentos pertinentes ao conteúdo programático disposto no edital. Na prova oral, serão avaliados conhecimento geral de administração pública e capacidade de argumentação e desenvoltura. Por fim, os candidatos serão avaliados pelos títulos informados no momento de inscrição.

Caruaru representada em evento da ONU

O evento ocorrerá na sede da Organização das Nações Unidas (ONU), na cidade de Nova Iorque, entre os dias 8 e 11 de março, o objetivo da agenda é aperfeiçoar as habilidades dos futuros profissionais e incentivar sua participação no cenário internacional e em ambientes de tomada de decisões, em especial, como é realizada na ONU.

Future We Want Model United Nations Conference 2018 (FWWMUN) contará com a presença de 2500 representantes vindos de mais de 110 países, e a resolução formulada pelos delegados passará por revisão do Secretariado Geral das Nações Unidas. Será proporcionada a oportunidade de ampliar as perspectivas de discussões globais e como estas situações impactam nas comunidades, enfatizando a realidade de pensar global e agir local. Sendo assim, as jovens participantes poderão pensar em alternativas que possam ser adaptadas e aplicadas para a realidade de Caruaru, como ressalta a estudante Cléo Freire “esse evento é de grande porte e vai nos oportunizar participar dos debates relevantes da ONU e também a interação com mais de 2 mil delegados, representantes de todo o mundo”. Também será possível a construção de uma ampla rede de contatos, levando a representatividade do agreste pernambucano para o nível internacional.

Pesquisa mostra que maioria dos brasileiros defende o direito a posse de arma

Em meio ao aumento da criminalidade e aos crescentes números da violência no Brasil, o cidadão mostra que preservar o seu direito a defesa deve ser uma realidade. Recente estudo de opinião pública, realizado pelo Instituto de Pesquisas Rosenfield, revelou que 64,5% dos brasileiros defendem o direito a posse de arma para defesa própria, proteção da família ou da propriedade. A pesquisa foi realizada entre os dias 15 e 25 de novembro de 2017 em 160 municípios brasileiros com 2.016 pessoas.

Outro dado revelador é que para 79,5% dos entrevistados o Estatuto do Desarmamento (Lei 10.826/03) não dificultou o acesso dos criminosos às armas de fogo. O número expressivo reflete a percepção da população quanto à sensação de insegurança e coloca em questão o debate sobre um dos principais propósitos do estatuto, que era o de proteger a sociedade a partir da restrição do acesso às armas.

Pátio de Exames da CIRETRAN passará por reparos 

O Pátio de Exames que os candidatos realizam as provas práticas para obtenção da CNH (Carteira Nacional de Habilitação), na 4 CIRETRAN de Caruaru, passará a partir de amanhã por reparos na via.

Segundo Raffiê Dellon, Diretor do Órgão, faz muitos anos que a restauração não ocorre: “Vamos aproveitar o feriado da terça-feira para embalarmos nos reparos da via, há vários anos que não é realizada nenhuma restauração no nosso pátio, que recebe um número alto de candidatos de segunda a quinta-feira”. Comentou Raffiê.

A CIRETRAN ainda informa que na próxima semana, nos dias 5, 7 e 8 de março, não irá acontecer os Exames Práticos. Os candidatos que fariam os testes nessas datas não irão ser prejudicados, tendo seus exames remarcados para a semana seguinte. Qualquer dúvida, a Chefia de Habilitação está a disposição para esclarecer. É mais uma ação visando a melhoria dos serviços do DETRAN no interior do Estado.

Projeto ampliando o microcrédito vai à sanção presidencial

O plenário do Senado aprovou nesta quarta-feira (28) parecer do senador Armando Monteiro (PTB-PE) a projeto de lei de conversão que, entre outros benefícios aos micro empreendedores, aumenta para R$ 200 mil anuais o limite da renda bruta para se ter acesso ao microcrédito. Antes, só podia obter microcrédito quem tinha receita apenas até R$ 120 mil por ano. Já votado na Câmara dos Deputados, a matéria na qual foi convertida a Medida Provisória 802 vai agora à sanção presidencial.

O projeto de lei moderniza o Programa Nacional de Microcrédito Produtivo Orientado (PNMPO), criado há 12 anos. Em outra alteração importante, autoriza o uso no microcrédito dos recursos dos Fundos Constitucionais de Financiamento do Nordeste (FNE), Norte (FNO) e Centro-Oeste (FCO). Permite, também, orientação pela internet – e não apenas presencial – ao tomador do microcrédito, reduzindo os custos deste tipo de financiamento.

Segundo Armando Monteiro, o projeto fortalece o PNMPO, estimulando o empreendedorismo popular, a geração de renda da parcela mais vulnerável da população e tornando possível a saída de programas sociais como o Bolsa Família. “Mais do que um mero mecanismo de crédito, o PNMPO é um instrumento fundamental de combate à pobreza”, assinalou o senador pernambucano.

Governador reforça agricultura, saúde e abastecimento hídrico de São Bento do Una

Em visita ao Agreste Central, nesta quarta-feira (28.02), o governador Paulo Câmara entregou um importante conjunto de ações para o desenvolvimento social, agrário e econômico do município de São Bento do Una e região. Entre elas, o novo abatedouro público João Coquinho.

O equipamento, que irá atender cerca de 58 mil pessoas, tem capacidade para o abate humanizado e regulamentado de 60 bovinos, caprinos e suínos por dia. A ação visa combater o abate clandestino e garantir o cumprimento das normas padrões para esse tipo de serviço, assegurando uma carne de qualidade e mais saúde aos moradores do município.

Para a implantação da estrutura, foram investidos R$ 1, 3 milhão. Paulo aproveitou a oportunidade para entregar 134 cisternas, com 16 mil litros cada, e sete toneladas de sementes de milho para agricultores rurais locais.

“Esse abatedouro vai ser referência na região e vai dar a garantia da qualidade de quem comercializa o boi, o caprino e a avicultura. Então, isso tudo vai estar dentro do foco que a gente quer, de ter equipamentos que funcionem com qualidade, com saúde pública, dentro das normas ambientais e que sirvam para toda a região. Ao mesmo tempo, eu quero continuar a fazer parcerias com todos os municípios pernambucanos, de acordo com as suas necessidades. Estamos entregando cisternas que vão melhorar o abastecimento das famílias que vivem na zona rural. Estamos garantindo também à população que pode plantar, que vai dar certo. São sete toneladas de sementes de milho que vão beneficiar 700 agricultores. Ano passado, o Estado investiu R$ 12 milhões no Seguro Safra, porque sabemos que isso é importante, fundamental e precisa ser mantido a cada ano”, frisou o governador.

A partir de agora, a população da região passa a contar com uma estrutura adequada para o abate animal, que será realizado através da pistola pneumática. O abatedouro será gerido pela prefeitura e realizará abates humanizados de 20 bovinos, 20 caprinos e 20 suínos por dia. A estrutura conta com uma área construída de 3.649,49 m², distribuídos em: curral, pocilga (curral de porcos), aprisco (curral de caprinos), galpão principal (local de abate) de 150 m², vestiário para os funcionários, área administrativa, reservatório de água, caldeira, sistema final de esgoto com lagoa de estabilização, entre outros.

Para a ampliação do abastecimento de água local, foram entregues 134 cisternas de placa de 16 mil litros. As cisternas servem para captar e armazenar água da chuva para o consumo humano. O objetivo da ação é garantir que famílias de baixa renda, instaladas na zona rural, tenham acesso à água em quantidade e qualidade para o consumo doméstico. Ao todo,  670 pessoas de 134 famílias serão beneficiadas. O investimento, orçado em R$ 387.850,94, foi realizado através de uma parceria entre a Secretariade Agricultura e Reforma Agrária (SARA) e o Ministério de Desenvolvimento Social.

Em todo o município, foram construídos, no ano de 2016, aproximadamente 566 equipamentos, contemplando cerca de 2,8 mil pessoas de 566 famílias, com investimento de R$ 1.638.236.06. Já em 2017, foram 833 cisternas, beneficiando cerca de 4 mil pessoas de 833 famílias com investimento total de R$ 2.411.043,53. “Nós estamos em plena ação no combate à seca e à estiagem, na convivência do homem do campo com o semiárido, perfurando poços, construindo barragens, construindo cisternas.  Só nesse município, já foram construídas 1.300. Então, hoje é um dia de festa. Nossa missão é trabalhar diariamente para engrandecer o Estado, para fortalecer a agricultura e a economia, e para melhorar a qualidade de vida de toda a população”, salientou o secretário estadual de Agricultura e Reforma Agrária, Wellington Batista.

Satisfeit

MEC vai investir R$ 1 bilhão em programas de formação de professores, com 190 mil vagas

O Ministério da Educação vai investir R$ 1 bilhão na Política Nacional de Formação de Professores, com a criação de 190 mil vagas no Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (Pibid), no Programa de Residência Pedagógica e na Universidade Aberta do Brasil (UAB). Os recursos investidos, por meio da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) para o biênio 2018/2019, vão garantir 45 mil vagas para o Pibid, 45 mil vagas para a Residência Pedagógica e 100 mil vagas na UAB.

O anúncio foi feito nesta quarta-feira, 28, no Palácio do Planalto, em cerimônia com a presença do presidente Michel Temer e do ministro Mendonça Filho.

“É sempre uma satisfação anunciar investimentos para a educação””, disse o presidente Michel Temer. “Hoje estamos destinando mais de R$ 1 bilhão para a formação de professores, medida que vem somar-se ao muito que nosso governo, por meio do Ministério da Educação, tem realizado em favor do sistema educacional.” Ele ressaltou, ainda, a importância de uma boa formação para crianças e jovens. “É um grande alicerce para uma economia próspera e uma democracia vibrante. Daí o empenho que todos temos em modernizar a educação em nosso país.”

O ministro da Educação, Mendonça Filho, falou da importância dos programas para o futuro da educação brasileira. “Esta é uma política pública cujos resultados normalmente aparecem no médio e longo prazo, mas se houver foco, planejamento, dedicação de todos e união, evidentemente, os objetivos serão alcançados.” Também na cerimônia, destacou ações do MEC ao longo dos dois últimos anos. “Num prazo inferior a dois anos estamos consolidando políticas públicas muito fiéis ao que foi planejado desde o início da nossa gestão à frente do Ministério da Educação”, disse, citando a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), o estímulo à educação em tempo integral, a Reforma do Ensino Médio, as mudanças no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e o Financiamento Estudantil (Novo Fies).

Com o lançamento dos três editais dos programas, o Governo Federal investe no compromisso com a valorização dos docentes no Brasil. Os editais fazem parte de um grande conjunto de ações para melhoria da política de fomento da educação básica, uma das prioridades da atual gestão do Ministério da Educação. Eles atendem a objetivos estratégicos, envolvendo desde a ampliação do número de discentes de licenciatura até o aprimoramento dos mecanismos de indução.

O novo edital do Pibid tem por objetivo promover a iniciação do licenciando no ambiente escolar ainda na primeira metade do curso, visando estimular, desde o início da jornada do docente, a observação e a reflexão sobre a prática profissional no cotidiano das escolas públicas de educação básica. Os selecionados serão acompanhados por um professor da escola e por um docente de uma das instituições de educação superior participantes do programa.

Já o Programa de Residência Pedagógica visa a induzir o aperfeiçoamento do estágio curricular supervisionado, por meio da imersão do licenciando – que esteja na segunda metade do curso – numa escola de educação básica. A imersão deve contemplar, entre outras ações, regência de sala de aula e intervenção pedagógica. Assim como no Pibid, cada selecionado será acompanhado por um professor da escola com experiência na mesma área de ensino do licenciando, e por um docente de instituição de educação superior. O lançamento desses dois editais, além de assegurar a continuidade do Pibid, visa o aperfeiçoamento da formação de professores para a educação básica e com a valorização dos cursos de licenciatura.

A apresentação foi feita pela secretária executiva do MEC, Maria Helena Guimarães de Castro. Ela destacou que, na educação básica, 85% dos alunos brasileiros estão em escolas públicas. “Nós estamos olhando, com esta política, tanto a formação inicial como a continuada dos professores. A formação continuada é desenvolvida por várias secretarias do Ministério da Educação, como a Secretaria da Educação Básica, a Secadi, a Setec e a Sesu”, disse, referindo-se às secretarias de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão, de Educação Profissional e Tecnológica e de Educação Superior. “Hoje estamos falando da formação inicial e da importância de uma proposta articulada.”

Os dois programas, Pibid e Residência Pedagógica, fazem parte da nova Política de Formação de Professores, anunciada pelo ministro da Educação em outubro de 2017. Ambos são desenvolvidos em estreita colaboração com as redes de ensino dos estados e dos municípios, enquanto que as instituições superiores organizam seus projetos institucionais, articulados com a proposta pedagógica das redes de ensino, que sediarão os subprojetos. As instituições também serão selecionadas por meio de edital.

UAB – O terceiro edital da série consiste na articulação de ofertas do Sistema Universidade Aberta do Brasil (UAB), uma iniciativa do Ministério da Educação para oferecer aos professores que atuam fora de suas áreas de formação a oportunidade de obter a capacitação adequada. A existência de professores lecionando fora de sua área de formação tem sido identificada pelo índice de formação docente do Censo da Educação Básica, cuja última edição data de 2017.

Em 2016, o Sistema UAB completou 10 anos. O programa, instituído pelo Decreto nº 5.800, de 8 de junho de 2006, visa à expansão, democratização e interiorização da oferta de cursos e programas de educação superior no país por meio da modalidade educação a distância. Desde então, segundo a Capes, o uso de tecnologias de comunicação e informação no processo de ensino e aprendizagem tem contribuído para incrementar o alcance e a qualidade da formação de professores, principalmente para municípios e estados que carecem de cursos de pós-graduação voltados aos professores de suas redes.

Em Surubim, ato em favor da candidatura de Marília Arraes ao governo

No próximo sábado (3) o Diretório Municipal do PT em Surubim realizará um ato de apoio à pré-candidatura da vereadora do Recife, Marília Arraes ao Governo do Estado. A atividade está sendo coordenada pela presidente do partido na cidade, a vereadora Ivete Ramos (Ivete do Sindicato) e reunirá militantes e filiados de todo o Agreste Setentrional.

O encontro acontecerá na sede do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Surubim, a partir das 8h. Lideranças, parlamentares e dirigentes do partido da Região Metropolitana do Recife, do Sertão, da Zona da Mata e de todo o Agreste já confirmaram presença. O primeiro grande ato público, que marcou o lançamento da pré-candidatura, aconteceu em Serra Talhada, em 27 de janeiro.

Outras dezenas de atos menores já vem sendo organizados por diretórios municipais em todo o Estado.

Na Europa, Humberto Costa diz que Lula sofre perseguição do MP, PF e judiciário

Um mês depois de ter assistido à condenação de Lula no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), o líder da Oposição no Senado, Humberto Costa (PT-PE), declarou, nessa terça-feira (27), durante encontro com congressistas de esquerda e embaixadores no Parlamento Europeu, em Bruxelas, que o ex-presidente do país sofre uma “violenta perseguição de parte do Judiciário e do Ministério Público brasileiros”.

Nesta quarta-feira (28), na capital da Bélgica, ele participa de ato público com manifestantes brasileiros na Europa.

Ontem, o senador se reuniu com Giacomo Flibeck, do Partido da Democracia da Itália, e Serguei Stanichev, presidente do Partido Socialista Europeu, social-democrata. Humberto também se encontrou com o Grupo da Esquerda Unida no Parlamento Europeu e com embaixadores da Venezuela, Cuba, Nicarágua e Bolívia. A reunião contou ainda com a presença de Javier Couso, eurodeputado da Esquerda Unida da Espanha e vice-presidente da Comissão de Relações Exteriores do Parlamento Europeu.

O senador brasileiro afirmou aos colegas que integrantes da Operação Lava Jato no Brasil “tentam encontrar um crime, a qualquer custo, que jamais foi cometido por Lula”. De acordo com Humberto, o objetivo é prejudicar o PT e tirar o ex-presidente da disputa eleitoral deste ano, na qual ele lidera com folga em todos os cenários pesquisados.

“Estou relatando que o que se passa no Brasil é muito grave, tendo em vista a série de violações cometidas contra uma pessoa que não cometeu qualquer crime e sobre a qual não há nenhuma prova contra. Estamos diante de uma continuação do golpe aplicado contra  a presidenta Dilma Rousseff em 2016. Tornar Lula inelegível e o PT um partido proscrito é, agora, o passo final dos que atentam contra a democracia no país”, contou.

O parlamentar avalia que é necessário denunciar ao mundo o que vem ocorrendo no Brasil. “Não podemos assistir a tudo isso sem tomar nenhuma atitude. Hoje, é com Lula. Amanhã, pode ser com qualquer brasileiro. Isso diminui a nossa democracia e nos transforma numa republiqueta”, ressaltou.

Caruaru vai ser a capital da política no próximo sábado (3)

No sábado (3) a cidade de Caruaru vai virar a capital da política no estado. Na Arena Caruaru (antigo Palladium) a oposição vai realizar o terceiro evento com as principais lideranças na cidade.

Armando Monteiro, Mendonça Filho, Fernando Bezerra Coelho, João Lyra e Bruno Araújo reúnem a militância para falar sobre as ações do grupo.

Por outro lado, o governador Paulo Câmara vem a cidade para prestigiar ação do Governo Presente. Na ocasião, o socialista deve receber também deputados, lideranças e apoiadores. A pergunta que circula no meio político é: qual evento vai reunir mais gente?