Os desafios de Zé Queiroz para 2018

O blog segue apresentando os desafios dos políticos de Caruaru para o ano de 2018. Na edição de hoje em análise o ex-prefeito José Queiroz.

O ano não será fácil para o experiente político que governou Caruaru por quatro mandatos. A defesa do legado dele; uma vaga na chapa majoritária; o palanque para Ciro Gomes; a oposição a Raquel Lyra; a reeleição do deputado Federal Wolney e a relação com os Gomes estão entre ações a serem enfrentadas no ano que começa.

Legado

Queiroz entrou para a história como o prefeito que mais esteve à frente da prefeitura por mais vezes, quatro no total. No entanto, agora sem mandato, vai lutar para manter o legado que o consolidou como uma das principais lideranças da política local. “Entreguei uma metrópole a atual prefeita”. Essa frase de efeito não foi rebatida por ninguém da atual gestão e o ex-prefeito terminou o ano de 2017 concedendo entrevistas e fazendo uma prestação de contas dos últimos mandatos, com uma boa vantagem para o pedetista, na defesa do legado dele.

Majoritária

Após o PDT voltar para o primeiro escalão do governo de Paulo Câmara, o nome de Queiroz foi indicado por Carlos Lupi para ser a vaga do partido numa eventual disputa para o senado. No entanto, como a concorrência na Frente Popular é pesada para indicar as duas vagas, o político pode abdicar e tentar voltar a Alepe. Mas com os senadores Armando Monteiro e FBC indicando que Caruaru tem que ter espaço na majoritária da oposição, o nome de Queiroz volta a ganhar força para o senado. Isso pesa a favor dele, mas Jorge Gomes ou Laura podem ser também indicados para essa disputa.

Ciro

Além da construção de um espaço na majoritária estadual, o PDT precisa montar palanque para a candidatura de Ciro Gomes à presidência. Como os Queiroz comandam o PDT há quase 30 anos, a tarefa vai caber a Zé e Wolney. Os dois ainda terão que administrar a preferência por uma eventual candidatura de Lula ao Planalto, já que ambos sempre defendem o PT e o nome do ex-presidente. O destempero de Ciro também é algo a ser levado em conta.

O G7 e a reeleição de PC

A reeleição do governador Paulo Câmara também é observada com atenção pelo ex-prefeito. Uma derrota de PC joga o PDT para a oposição, situação não vivida pelo partido desde a época em que Jarbas Vasconcelos foi governador de Pernambuco. Queiroz destaca o trabalho do G7 em Caruaru (bloco de 7 políticos), que reforça a oposição a Raquel Lyra e o resultado das urnas na eleição desse ano, vai demonstrar o tamanho do lastro de Queiroz para pleitos vindouros.

Reeleição de Wolney

O sexto mandato de Wolney é uma das prioridades de Queiroz para 2018. Sem a máquina da gestão municipal e com adversários de peso em Caruaru, o ex-gestor sabe das dificuldades a serem enfrentadas na disputa pela reeleição do filho. No entanto, ele mesmo reconhece que após todos esses mandatos, o político já reúne condições de caminhar e ser eleito com as próprias forças. Num Congresso com boa parte dos políticos envolvidos em corrupção, o mandado limpo de Wolney e verbas conseguidas para a cidade serão trunfo para a disputa. O alvo é comunicar bem e que as informações cheguem aos eleitores.

Gomes

A relação com os Gomes também pode sair ou não abalada dessa eleição. Se Zé e Wolney apoiarem Laura na tentativa da reeleição, a aliança será mantida e não haverá problemas em composições futuras, como a eleição de 2020. No entanto, se Queiroz decide disputar uma mandato de deputado estadual, deixa o eleitorado dele e de Laura dividido e dificulta a eleição de ambos. Com isso, Laura poderia ir para o sacrifício e disputar uma vaga no Senado.

Lulistas arrecadam R$ 36 mil em vaquinha digital; meta era R$ 300 mil

Lauro Jardim

A chamada “Frente Brasil Popular” está arrecadando fundos, pela internet, para financiar manifestações a favor de Lula em Porto Alegre nos dias 23 e 24 de janeiro, quando o petista será julgado pelo TRF-4 no caso do triplex.

Da meta estabelecida de R$ 300 mil, os lulistas arrecadaram só cerca de R$ 36 mil – ou 12% do pretendido, um percentual baixo para importância política do ex-presidente.

A arrecadação, organizada no site www.vakinha.com.br, entrou no ar em 26 de dezembro e será encerrada em 10 de fevereiro.

Governador lamenta morte de desembargador Nildo Nery

A despedida do magistrado tem início com velório nesta quarta-feira (3/1), a partir das 17h, no Cemitério Morada da Paz, localizado na cidade do Paulista. adidas zx 500 Na quinta (4/1), às 9h30, é celebrada Missa de Corpo Presente seguida de sepultamento às 10h30. Adidas Superstar O presidente do Judiciário Estadual, desembargador Leopoldo Raposo, decretou luto oficial de sete dias. nike air max 90 femme 2017 NOTA DE PESAR “Quero prestar a minha homenagem ao desembargador Nildo Nery, que, além da profícua carreira como homem do Direito, nos deixou o legado da Orquestra Criança Cidadã, uma iniciativa reconhecida dentro e fora do Brasil, que tanto orgulho dá a todos os pernambucanos. Officiel Christian Louboutin Meus sentimentos e a minha solidariedade à sua família e aos seus amigos”.

Filha de Roberto Jefferson, Cristiane Brasil será ministra do Trabalho

Da Folha

A deputada Cristiane Brasil (PTB-RJ), filha do delator do mensalão, Roberto Jefferson, será a nova ministra do Trabalho. A informação foi confirmada pelo próprio Jefferson, após reunião com o presidente Michel Temer no Palácio do Jaburu na tarde desta quarta-feira (3). A escolha foi anunciada pela Presidência em nota.

Entre lágrimas, Jefferson disse que a nomeação de sua filha é um “resgate” à sua imagem após o mensalão. O dirigente do partido foi o pivô do escândalo político e chegou a ser condenado e preso.

Segundo ele, Temer consultou o líder do PTB na Câmara dos Deputados, Jovair Arantes (GO), e telefonou para a nova ministra para saber se eles aceitariam o convite. E teve resposta afirmativa de ambos.

O Ministério do Trabalho está sem titular desde que o também deputado federal pelo PTB Ronaldo Nogueira pediu demissão, no último dia 27. Ele se desligou com o argumento de que quer se dedicar à sua campanha pela reeleição.

No mesmo dia em que saiu da pasta, ele publicou nova portaria sobre a definição de trabalho escravo, que deixa mais rígidas as definições do que leva à punição do empregador.

O deputado federal Pedro Fernandes (PTB-MA), chegou a ser escolhido para comandar o ministério, mas teve o nome vetado pelo ex-presidente José Sarney (MDB). Sarney nega o veto.

VOZ ABAFADA

Em nota, a Presidência anunciou a escolha. “O presidente Michel Temer definiu hoje que a deputada federal Cristiane Brasil será a nova ministra do Trabalho. O presidente recebeu na tarde desta quarta-feira a indicação oficial feita pelo PTB.”

Jefferson apresentou na reunião os nomes dos deputados federais Sérgio Moraes (RS) e Pastor Josué (MA). Lembrou ainda o nome de sua filha, que também chegou a ser oferecido por ele para o Ministério da Cultura.

Para ser ministra, Cristiane abriu mão de ser candidata no próximo ano.

O pai disputará o posto de deputados federal por São Paulo. Segundo ele, é uma maneira de fazer o partido crescer no maior colégio eleitoral do país. Perguntado se os eleitores irão redimi-lo por conta do escândalo, ele respondeu que só as urnas dirão.

Segundo Jefferson, Temer, que se trata de uma infecção urinária, está mais magro e com uma voz abafada, “surdinas”. “Mas está bem e corado”, acrescentou.

Em 2015, Cristiane foi autora de uma PEC (proposta de emenda à Constituição) que restringe a reeleição de presidente, governadores e prefeitos. Pelo texto, só seria permitida a candidatura “para um único período subsequente, sendo proibida, a reeleição por períodos descontínuos”. A medida impediria, por exemplo, nova candidatura de Lula à presidência.

No mesmo ano, servidoras da Câmara protestaram contra a proposta da deputada de aprovar um código de vestimenta para banir minissaias e decotes mais ousados dos corredores e salões da Casa.

Ministro da Indústria pede demissão e Temer aceita

O ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Pereira, pediu demissão ao presidente Temer, nesta quarta-feira (3). Em carta enviada ao Planalto, o ministro alegou que sua saída do governo Federal é motivada pela campanha eleitoral deste ano. Marcos Pereira vai tentar se reeleger deputado federal.

Segundo informações publicadas no Blog do Valdo Cruz, no portal G1, o ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, confirmou que o presidente Temer aceitou o pedido de demissão do ministro Marcos Pereira. Ao blog, o ministro Moreira Franco disse ainda que não há, por enquanto, um nome formalizado para assumir o ministério da Indústria.

O agora ex-ministro, Marcos Pereira esteve à frente da pasta desde maio de 2016. Ele foi citado em gravações realizadas pelo dono da JBS, Joesley Batista, supostamente negociando propinas com o empresário. O ex-ministro nega as acusações investigadas pela operação Lava-Jato.

Governo Federal amplia em 40% os repasses financeiros para Adutora do Agreste

Para garantir mais celeridade às obras da Adutora do Agreste, localizada em Pernambuco, o Ministério da Integração Nacional tem priorizado os pagamentos para o empreendimento nos últimos dois anos. Nesse período, foi registrado um aumento anual de mais de 40% nos valores repassados para a obra, em comparação com os desembolsos realizados pela União em 2015. Apenas em 2017, a adutora recebeu mais de R$ 194 milhões do Governo Federal. Já em 2016, os investimentos foram de R$ 136,6 milhões, enquanto que o ano de 2015 somou cerca de 94,7 milhões.

A Adutora do Agreste é executada pelo governo de Pernambuco com apoio financeiro do Ministério da Integração Nacional. O objetivo é garantir o abastecimento de 1,3 milhão de pessoas na região Agreste do estado. A expectativa é de que a água já chegue a oito municípios e atenda cerca de 300 mil pessoas até o primeiro trimestre deste ano.

OAB/Caruaru lamenta morte do advogado Ewerton Bezerra

Nota de pesar Com profundo pesar, nike air max 2017 noticiamos o falecimento do Advogado Ewerton Bezerra, nike air max 1 ocorrido hoje em Caruaru. air max pas cher A OAB CARUARU através do seu Presidente, adidas ace Felipe Sampaio, lamenta o desaparecimento precoce do colega e se solidariza com os familiares nesse momento de dor. adidas zx 500 Em breve informações sobre o local e horário do velório.

Os desafios de Tony Gel para 2018

O blog segue com as análises dos desafios para os políticos de Caruaru em 2018. Hoje é a vez do deputado Tony Gel (PMDB).

O deputado estadual, que desde 1990 ocupa cargos na política, chega para mais uma eleição com alguns desafios. Entre eles podemos destacar o de mostrar como o trabalho de articulador vem surtindo efeitos para Caruaru, eleger o filho para a cidade voltar a ter mais de um deputado federal, oposição ferrenha a gestão de Raquel Lyra e recompor a base, que foi abalada após a derrota para a atual prefeita na eleição de 2016.

Reeleição

O deputado vai para uma reeleição tranquila, isso se levarmos em conta o mandato que Gel faz e a maneira como ele chega a esse pleito. Várias demandas foram atendidas pelo governador Paulo Câmara e isso será usado na campanha. Ele vai ter como meta pessoal manter ou até superar a votação de 2014, quando saiu sendo o deputado estadual mais votado na cidade, superando a própria Raquel Lyra. Se obtiver os mais de 30 mil votos da eleição anterior, sairá eleito de Caruaru.

Articulador

Na campanha o deputado conseguiu trazer o governador para a campanha e a promessa de reaberta do Hospital São Sebastião, além de um Batalhão exclusivo para melhorar a segurança. O hospital ainda não foi retomado, mas o deputado garante que até maio será reaberto. O Batalhão exclusivo ainda não veio, mas o BIESP, melhorou a segurança na cidade e o deputado abraçou a causa e foi citado pelo secretário Márcio Steffane como o articulador da obra. Em entrevista à Globo FM, Gel ainda citou o Batalhão exclusivo e mais quartéis em Toritama e Agrestina.

Tonynho

Uma das metas de Tony é eleger o filho dele, empresário Tonynho Rodrigues, como deputado federal. Levando em conta a última eleição, as chances são possíveis. Pedindo votos para Jarbas Vasconcelos, Tony saiu com cerca de 30 mil votos para o ex-governador. Aliados apontam o carisma de Tonynho para tentar aumentar a votação e com reforço de outras cidades, conseguir eleger o empresário. Tony seria o orientador dele, já que teve três mandados em Brasília e conhece os caminhos.

Oposição

Apesar da derrota de 11 mil votos para a atual prefeita, aliados veem fortalecimento no nome de Tony, que conseguiu a maior votação na história dele em Caruaru, pouco mais de 82 mil votos. O ano complicado para a gestão municipal e a subida no tom nas entrevistas do fim do ano, mostram que o ex-prefeito vai seguir com essa linha, de mostrar os problemas da gestão atual.

PMDB

O PMDB é uma incógnita, já que vive sob o fogo cruzado de Jarbas Vasconcelos, aliado de Tony e o senador Fernando Bezerra Coelho. Gel diz que o direito é bom, mas cado o partido fique mesmo com FBC, o destino dele, de Tonynho, Miriam Lacerda e do próprio Jarbas deve ser mesmo o PSD. Em Caruaru, a legenda é comandada por Adjar Soares, um dos principais pupilos de Tony Gel.

Base

O deputado vai ter que se reinventar com relação a recompor a base. Dos atuais vereadores, 9 apoiaram ele no segundo na eleição para prefeito, mas boa parte foi para a base da prefeita Raquel Lyra. Tony não consuma interferir em mandatos de vereador e disse na entrevista da Globo FM, que esperar contar com a volta de alguns para a eleição desse ano. Além disso, ele conta ainda com os possíveis apoios dos prefeitos de Toritama, Edilson Tavares e Agrestina, Thiago Nunes. O governador Paulo Câmara também pode pedir a algum prefeito aliado do Agreste e até do Sertão, que apoie a reeleição dele.

Novas viaturas do Corpo de Bombeiros são entregues a corporação

O governador Paulo Câmara entregou, na manhã desta quarta-feira (3), 17 novas viaturas e dez veículos desencarceradores ao Corpo de Bombeiros Militar de Pernambuco (CBMPE). Os novos automóveis, devidamente equipados para atender as ocorrências registradas pela corporação, serão utilizados no incremento de sua estrutura operacional na Região Metropolitana do Recife (RMR) e em unidades do Interior.

O total investido pelo Governo de Pernambuco para aquisição das novas viaturas e equipamentos supera os R$ 6 milhões. “São dez novos veículos para resgate e salvamento e sete maiores que servirão para contenção de incêndios. Nós estamos recompletando e ampliando a nossa frota no Corpo de Bombeiro. No mês de maio serão mais 15, e a gente espera recompletar o Interior”, pontuou o governador, completando: “A gente vai ter condições de dar respostas mais rápidas, com equipamentos modernos. E praticamente vamos aumentar em 50% e 60% a frota de veículos dos Bombeiros Militares, o que dará uma condição de agilidade. É o Governo de Pernambuco buscando realmente atuar de maneira decisiva para salvar vidas, fazer resgates e para combater incêndios caso haja necessidade”, ressaltou.

Paulo Câmara aproveitou a oportunidade para destacar também que novas unidades do Corpo de Bombeiros serão instaladas em algumas regiões do Interior, promovendo a expansão da corporação. “Devo estar indo em breve para Surubim, Carpina, São José do Egito para inaugurar e a gente espera, nos próximos 60 dias, estar com tudo inaugurado, entregue e tudo devidamente pronto para qualquer tipo de eventualidade e de resgate. É importante a gente ter a condição cada vez maior de salvar vidas, e isso é também a missão dos bombeiros militares”, finalizou.

As viaturas de Auto Resgate (AR) são utilizadas para resgate e transporte de vítimas em via pública e as do tipo ABTS (Auto Bomba Tanque e Salvamento), destinadas à atuação em incêndios e salvamentos terrestres. Já os desencarceradores são equipamentos hidráulicos utilizados no corte de ferragens em resgates.

São, no total, seis viaturas tipo ARs (Auto Resgate) destinadas à RMR, enquanto outras quatro unidades são para uso do CBMPE nos municípios de São José do Egito, Carpina, Surubim e Bonito. Já os veículos do tipo ABTS foram distribuídos em três para a RMR, enquanto outras quatro unidades serão utilizadas  nas cidades do interior beneficiadas nesta ação.

O comandante geral do CBMPE, coronel Manoel Cunha, afirmou que as novas aquisições trazem uma realidade diferente para a instituição, tornando o trabalho ainda mais eficaz. “São ações muito importantes para Pernambuco e para a nossa instituição. Estamos com uma nova realidade de carros de incêndio. Hoje, nós temos um carro que unifica os serviços de combate à incêndios e salvamento de pessoas, seja terrestre, em altura ou em poços. É uma novidade aqui em Pernambuco. Com os novos equipamentos, vamos poder atender tanto na capital, quanto no Interior”, frisou. Sobre os novos equipamentos de desencarceramento, o comandante destacou que os dispositivos possibilitarão um resgate com maior efetividade, beneficiando a população pernambucana. “Há 20 anos nós trabalhávamos com a cunha hidráulica e demorávamos mais de três horas para retirar uma vítima de dentro de um veículo. Hoje, nós tiramos com dez, quinze ou vinte minutos de trabalho. É uma realidade totalmente diferente, que contribuirá para vida do cidadão pernambucano”, comemorou.

Governo garante asilo a três refugiados

O Governo de Pernambuco, por meio da Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (SJDH), informa que em parceria com a Arquidiocese de Olinda e Recife, abrigou as duas mulheres e a criança de 6 anos que entraram com pedido de refúgio no Brasil após serem pegas com passaportes falsos no Aeroporto Internacional do Recife, na madrugada do último sábado (30)

Os três ficarão hospedados na comunidade Obra de Maria, no bairro da Várzea, até a apreciação e parecer do Comitê Nacional para os Refugiados (Conare), em Brasília, que analisará a viabilidade do pedido de asilo.