Frente das oposições será lançada na semana que vem, por Inaldo Sampaio

Armando

Representantes de partidos de oposição farão um ato político na próxima segunda-feira, no Recife, para assinalar sua unidade visando às eleições do próximo. Esta unidade não se dará no 1º turno porque pelo menos dois políticos irão disputar o cargo de governador – os senadores Armando Monteiro Neto e Fernando Bezerra Coelho.

Ambos irão estabelecer um pacto de convivência no 1º turno a fim de que, na realização do 2º possam estar juntos, assim como fizeram em 2006 os candidatos Humberto Costa e Eduardo Campos, que somaram seus votos para impedir a reeleição do então governador Mendonça Filho.

Também estarão presentes neste evento o ministro da Educação, Mendonça Filho e o ex-ministro das Cidades (Bruno Araújo), que se incorporaram às oposições após terem sido excluídos do bloco governista pelo governador Paulo Câmara.

O senador Humberto Costa também foi convidado para estar presente, mas certamente não irá devido às suas diferenças com o DEM e o PSDB e porque estaria sonhando com o retorno do PT à Frente Popular para concorrer à reeleição na chapa do atual governador.