PT e PSB, cada tomará um rumo em 2018 – por Inaldo Sampaio

Ao declarar que considera “difícil” uma aliança do PSB com o PT em torno da candidatura de Lula a presidente da República, o governador Paulo Câmara sinalizou concretamente que seu partido perdeu o interesse por uma composição com o líder petista. O acordo chegou a ser ventilado pelo próprio Lula e se daria nas seguintes bases: ele (Lula) apoiaria a reeleição do atual governador e teria o apoio do PSB à sucessão do presidente Temer.

Só que, para levar ainda esse entendimento, muitos obstáculos teriam que ser superados. O PSB de São Paulo, por exemplo, que vai governar aquele Estado a partir de abril, é um aliado histórico do PSDB e quer distância do Partido dos Trabalhadores.

Por outro lado, a maioria dos diretórios regionais do PT não quer negócio com o PSB porque esse partido, chamado de “golpista”, apoiou o processo de impeachment de Dilma Rousseff. Em razão disso, o senador Humberto Costa, que está apostando nesta aliança para ver se garante a reeleição, está correndo o sério risco de ficar com o pincel na mão. Se o PSB em dado momento externou interesse por uma aliança com o PT, do olho na popularidade de Lula, já se desinteressou por esse entendimento.

Artigo – 2017: retrospectiva, avaliação ou autocrítica das esquerdas no Brasil – por Adilson Lira*

Esse texto surgiu como resposta à indagação de um companheiro, num dos tantos grupos do whatsapp, sobre se Freixo (dep. estadual do PSol/RJ), seria “quinta coluna”, por discordar da união das esquerdas para as eleições de 2018.

O ano de 2017 foi de retrocessos políticos, econômicos e sociais! O golpe institucional que afastou da presidência da república, Dilma Rousseff, uma mulher eleita democraticamente, não cessou com o seu afastamento! Aliás, temos mais do que razões para acreditar que o impeachment era apenas “a ponta do iceberg”. O pior ainda viria. E está vindo!

Mas, apesar de entender que não devemos cessar de falar dos golpistas, fascistas, traidores e antidemocráticos, que hoje dominam a política nacional, quero aqui fazer uma retrospectiva de 2017, na verdade uma autocrítica, discorrendo um pouquinho sobre as esquerdas brasileiras, que aliás, quero deixar claro, defendo e apoio! E falarei sobre isso a partir de uma indagação intrigante de um amigo/companheiro de lutas, sobre se Freixo (dep. estadual do PSol/RJ), seria um “quinta coluna”, por se posicionar contrário à união das esquerdas nas eleições de 2018. O termo “quinta coluna”, na expressão mais simplória do termo seria “um traidor das esquerdas”.

Bem, em primeiro lugar, não considero que Freixo seja um “quinta coluna”, em nenhuma hipótese! O deputado carioca é na verdade um lutador das causas do povo! Militante de esquerda sério e competente morrente!

O problema é que as esquerdas e centro esquerdas do Brasil são autofágicas! Se autodestroem! Se autocombatem! As esquerdas não são solidárias com as esquerdas! E agindo assim, facilitam o trabalho dos nossos verdadeiros adversários, nossos inimigos!

As esquerdas e centro esquerdas brasileiras, padecem de um “puritanismo político ideológico”, que somente tem lhes levado à bancarrota ou mesmo ao descrédito! É isso ocorre tanto nas lutas sociais, quanto nas lutas institucionais, nas corrida eleitorais!

Hoje, assim como nos velhos tempos da medonha ditadura militar de 1964, as esquerdas não se unem! Elas não se uniram “nos porões das prisões da ditadura militar”; nem nas ruas do Brasil, contra o golpe institucional que tirou Dilma Rousseff da presidência; nem contra as reformas trabalhista e previdenciária do (des)governo golpista; nem tampouco se unirão para enfrentar seus verdadeiros inimigos em 2018, nas eleições presidenciais! Aliás, acho até que seria ingênuo da nossa parte, acreditar que as esquerdas do Brasil poderiam se unir em algum momento, por alguma razão! Isso é fato histórico e nesse caso “a história não nos absolverá!”

Em relação às próximas eleições presidenciais, as esquerdas e centro esquerdas nacionais estão agindo mais ou menos assim:

-O PT quer que todos os demais se unam em torno dele e apoiem Lula (pré-candidato a presidente);

-O PDT quer que todos os demais se unam em torno dele e apoiem Ciro Gomes (pré-candidato a presidente);

-O PCdoB quer que todos os demais se unam em torno dele e apoiem Manuela D’Avila (pré-candidata a presidenta);

-O PSOL quer que todos os demais se unam em torno dele e apoiem seu/sua candidato/a. Eles ainda não definiram um nome, estão tentando convencer Guilherme Boulos, líder nacional do MTST, mas se Boulos não topar, lançarão outro nome e quererão, lógico, que o “consenso” se dê em razão ou em torno desse nome;

-O PSTU, repetindo eleições passadas, deverá também lançar candidato/a e trilhará o mesmo caminho;

-O PCO; o PCB etc., etc., etc., idem;

-Os movimentos sociais; sindicais; estudantis etc., também seguem a mesma lógica descrita acima.

Assim, temos certo que, cada partido da esquerda e centro esquerda brasileira acredita ser, por si só, o detentor único e absoluto da verdade suprema, o que faz com que não admita, em nenhuma hipótese, embarcar num “projeto rebaixado” de outra sigla política inferior ideologicamente à sua!

Eis aí a esquerda nacional retratada, de forma curta e objetiva! Esse fatídico “modus operandi”, me leva a indagar a mim mesmo: estou falando das esquerdas políticas ou das religiões fundamentalistas, tão criticadas e até combatidas pelas esquerdas?!

Na verdade, estou apenas retratando, relatando, descrevendo, minha visão, minha opinião; fazendo minha avaliação; minha autocrítica! Afinal, nós das esquerdas sabemos muito criticar tudo e todos, mas temos muita dificuldade de nos autocriticar, nos auto-avaliar!

Pode parecer pessimismo, fatalismo, negativismo, mas, apesar dos pesares, acredito que teremos em 2018, a oportunidade de avançarmos em direção à democracia que foi tirada, tomada, destronada! Avançaremos se quisermos, se nos dispusermos, se nos desarmarmos contra nós mesmos!

As eleições presidenciais de 2018 serão (poderão ser), um marco divisor entre o povo e seus algozes; entre os defensores da liberdade democrática e os golpistas institucionais; entre o capital e o trabalho (luta de classes?); enfim, entre as esquerdas e a direta, que finalmente saiu da caixa e mostrou a cara, já que antes, apesar de sempre existirem, nunca se mostravam como tal; nunca admitiam ser!

Acredito que, apesar das esquerdas desencontradas e do marasmo social, teremos em 2018, grandes avanços democráticos e conquistas políticas! O povo não quer regredir ainda mais, seja do ponto de vista econômico, seja social ou político!

É lógico que avançaríamos muito mais se conseguíssemos deixar um pouquinho de lado as vaidades e o absolutismo das perfeitas ideias de cada esquerda e conseguíssemos nos juntar, sim, o termo correto é “juntar” mesmo, pois “união” é praticamente impossível, e voltar todas as nossas armas, energias e capacidade organizativa de luta, contra nossos reais inimigos, os donos do capital e consequentemente, donos do poder, que aliás estão rindo de nossas desavenças internas e, mesmo destroçados como estão, eleitoralmente falando, se preparam para tentar nos derrotar nas urnas, nas eleição que se avizinham!

A nós cabe abrir os olhos, arregalar mesmo, como dizemos aqui no Nordeste, arregaçar as mangas e partir pra luta, acabando com as birras e parando de praticar a autofagia que, lógico, não será tarefa fácil, mas, pensando bem, desde quando algo foi fácil pra esquerda e no mundo?! Desde quando algo foi fácil na luta dos/das trabalhadores/as?!

Portanto e por fim, que em 2018 a luta continue! Mas que essa luta não seja de nós contra nós mesmos e sim contra aqueles e aquelas que nos aprisionam; contra nossos algozes; contra essa direita fascista, golpista e desumana, que está correndo destrambelhada à procura de um candidato que possa lhe representar com chance de vitória eleitoral, mas sem êxito, até agora! Enquanto isso, estamos nós com nossas birras e falta de unidade, praticamente pedindo pra ser derrotados!

2018 depende de nós! Portanto, “Feliz 2018 pra nós que, apesar de tudo, acreditamos num Brasil e num mundo melhores e mais justos”!

Caruaru-PE, sexta-feira, 29 de dezembro de 2017

*Adilson Lira, advogado; ex-presidente do PT de Caruaru-PE; integrante da Coordenação Nacional do Movimento Social Via Trabalho

Paulo Câmara: “Vamos começar 2018 melhor do que começamos 2017”

Em sua última agenda pública do ano, o governador Paulo Câmara dedicou a manhã deste sábado (30) para agradecer a Deus. Acompanhado da primeira-dama Ana Luiza, e das filhas, Clara e Helena, o chefe do Executivo estadual participou da Missa de Ação de Graças, celebrada pelo padre Deyvson Soares, na Paróquia de Casa Forte, Zona Norte do Recife.

Participaram da solenidade ainda o prefeito Geraldo Julio, a primeira-dama do Recife, Cristina Melo; secretários estaduais e parlamentares. Na ocasião, Paulo fez questão de ressaltar que o ano de 2017 foi muito desafiador, mas que Pernambuco está conseguindo dar respostas positivas para superar a crise.

“Pernambuco tem mostrado, nos últimos meses, uma melhoria significativa na geração de empregos, no crescimento econômico e na atração de empresas. Nós estamos conseguindo fazer com que obras importantes sejam concluídas. A educação é e vai continuar como a melhor do Brasil, graças a todo esse trabalho que vem sendo feito. A segurança também está dando sinais de melhoras neste final de ano. Então, nós estamos confiantes. Vamos começar 2018 melhor do que começamos 2017”, frisou o governador.

E completou: “Conseguimos fazer um planejamento adequado e antever coisas que aconteceram, e isso foi fundamental para que a gente conseguisse chegar ao final do ano de pé, honrando os nossos compromissos e tendo a certeza de que em 2018, já em janeiro, nós vamos poder dar respostas mais rápidas e melhores do que em janeiro de 2017. Estamos muito cientes de que os desafios são grandes, mas sabemos que muita coisa que a gente começou já está surtindo os efeitos que a gente quer”, pontuou.

Zé Queiroz e Tony Gel afinados ao lado de Paulo Câmara

O ex-prefeito Zé Queiroz (PTD) e o deputado estadual Tony Gel (PMDB) estiveram lado a lado na vinda do governador Paulo Câmara (PSB) ao Agreste nesta sexta-feira (29). Mesmo com divergências históricas, ambos estão dispostos e vão encorajar as militâncias a votar no socialistas ano que vem, na tentativa da reeleição.

A oposição a prefeita de Caruaru, Raquel Lyra (PSDB), também aproxima os políticos que sempre militaram em lados históricos, mas que devido ao projeto de reeleição de Câmara, estão próximos.

Apenas duas mudanças no primeiro escalão da prefeitura de Caruaru

A prefeita de Caruaru fez o anúncio na tarde desta sexta-feira (29) de mudanças na equipe. Contrariando as especulações de seis mudanças, a prefeita Raquel Lyra (PSDB), fez apenas duas mudanças no primeiro escalão.

O secretário Diogo Cantarelli deixo o Desenvolvimento Rural e agora é assessor especial da tucana. No lugar dele assume o ex-vereador José Carlos Menezes. Ele que foi candidato a uma vaga na Câmara ao lado da própria Raquel.

A Ceaca volta a ter autonomia e terá André Teixeira Filho na presidência. Ele que já esteve à frente da pasta em 2013 e, atualmente, é presidente da CDL Jovem e vice-coordenador da Câmara Setorial de Gastronomia da Acic.

A partir de janeiro, quem assume a Controladoria Geral é o advogado Dimitre Bezerra, que atuou na campanha de Raquel.

Raquel finalizou dizendo que é hora de entregar à população tudo o que foi estruturado e semeado no ano de 2017. “Não foi fácil, precisamos correr contra o tempo para fazer o que pactuamos com a população de Caruaru. Nosso trabalho é diminuir as desigualdades na nossa cidade e garantir que as pessoas tenham mais oportunidades. Parou o tempo de ter ideia. Agora é hora de entregar à população tudo o que a gente estruturou este ano. Queria agradecer a todo o secretariado pelo apoio por cada batalha travada e vencida num ano de muita dureza. Agradeço o compromisso e a lealdade, por quebrar todas as pedreiras que aparecem todos os dias e, ainda, animar a nossa equipe a fazer mais e melhor”, concluiu.

Laura Gomes acompanha Paulo Câmara em inaugurações no Agreste

A deputada Laura Gomes acabou de falar no evento para retomada do abastecimento de água em Toritama, a partir da Adutora do Agreste. Em seu discurso, Laura destacou a decisão política do governador Paulo Câmara de utilizar imediatamente o trecho pronto da Adutora do Agreste para levar água do Sistema Prata/Pirangi para o município.

“Que coisa boa é saber que os moradores terão o direito de ter água em casa nesta virada de Ano. O governador entrará para a história como aquele que lutou para universalizar o abastecimento no Estado”, afirmou.

Armando diz que Caruaru vai ter espaço na majoritária em 2018, por Inaldo Sampaio

O senador Armando Monteiro já emitiu pelo menos dois sinais sobre a participação do seu partido na disputa pelo governo estadual em 2018. Declarou inicialmente que se as oposições lançarem apenas um candidato para tentar impedir a reeleição do governador Paulo Câmara, este candidato será ele, que vem se preparando para esta batalha desde que perdeu a anterior em 2014. Afirmou em seguida que o município de Caruaru estará presente na sua chapa, ou com o candidato a vice ou com um dos postulantes ao Senado. Sua estratégia política está correta porque Caruaru é a maior cidade do interior de Pernambuco e não se concebe que fique da fora das chapas majoritárias do próximo ano.

Deu o vice de Joaquim Francisco (Roberto Fontes) em 1990, o vice de Eduardo Campos em 2006 (João Lyra Neto) e o candidato a vice de Jarbas Vasconcelos em 2010 (Miriam Lacerda). E com muito mais razão poderá oferecer um vice em 2018 porque entrou no seleto clube dos municípios com mais de 200 mil eleitores. O senador ainda não deu pista sobre o nome do caruaruense que deverá fazer parte de sua chapa, mas quem apostar em João Lyra Neto ou em Douglas Cintra não estará muito fora da realidade.

Globo FM com programação especial no último dia útil do ano

Uma programação especial foi montada para os ouvintes da Globo FM nesta sexta-feira (29), último dia útil de 2017. Logo a partir de 6h, os comunicadores Moisés Rouche é Mário Flávio comandam o via expressa com uma hora de música e entretenimento.

Na sequência, a partir de 7h tem o Jornal das 7, com a análise política de Inaldo Sampaio e as primeiras notícias do dia. Às 8h é a vez da bancada da bola, no Torcedor Globo FM. As notícias de Náutico, Sport, Santa e Central no programa mais irreverente do rádio esportivo do Agreste.

A partir de 9h o rei das drilhas, Elifas Júnior é o convidado de Moisés Rouche no Bom dia Globo. Ele vai contar histórias é claro, trazer de volta grandes sucessos. O grupo Nordeste de Comunicação estará em pauta. O diretor Wilame Souza, o gerente de marketing Flávio Lyra e o jornalista Remir Freire batem um papo com Mário Flávio sobre o ano de 2017 e os desafios de 2018.

O programa Música e Algo Mais recebe o Maestro Mozart Vieira, que vem trazer os acordes da Orquestra dos Meninos de São Caetano. O cardápio desta sexta-feira será especial. Entre 12h e 13h o comunicador Erisson Vaz vai trazer as músicas que fazem referência a Caruaru.

Um debate sobre política marca o Panorama nesta programação especial. No estúdio os radialistas Davi Cardoso, Rui Lira e Rubens Júnior vão ser sabatinados por Mário Flávio. O programa começa às 13h.

As mulheres ganham espaço na emissora a partir de 14h. Renata Torres, Ana Rebeca Passos, Geisebel Santos e Dione Guimarães vão bater um papo no Totalmente Para Mulheres. O TPM vai até ás 15h.

O mundo geek entra em pauta a partir de 15h. Os jornalistas Mavian Barbosa e Lafaete Vaz recebem convidados para debater sobre as novidades desse tipo de assunto. O Forró de qualidade chega com Valdir Santos a partir de 16h. São duas horas da autêntica música nordestina.

Erisson Vaz volta a partir de 18h com as mais tocadas na Globo FM durante 2017. A programação será encerrada a partir de 20h com o programa Dance Bem Especial. Serão duas horas de muita música e paradas que fizeram sucesso no Brasil e no mundo.

🎧 Você acompanha a partir de 6h na Globo FM Caruaru 89,9, no site www.globofm89.com.br ou assiste pelo https://www.facebook.com/globofmcaruaru

Para participar é só mandar o zap pelo 99431 3782