Betinho Gomes no apoio a Tasso Jereissati


O deputado Betinho Gomes (PSDB-PE) prestigiou nesta quarta-feira, em Brasília, o lançamento da candidatura do senador Tasso Jereissati (CE) à presidência nacional do seu partido, em substituição ao senador Aécio Neves.

Quatorze deputados federais e seis senadores participaram do lançamento. Tasso vai disputar a presidência com o governador de Goiás, Marconi Perillo, que é apoiado por Aécio Neves (MG).

Ele é a favor de que o PDSB “desembarque” do governo Temer na convenção nacional do partido, marcada para dezembro, dizendo que para aprovar as reformas de que o Brasil precisa o PSDB não precisa estar no governo. “Não estou colocando meu nome à disposição para rachar e sim para unir, mas não adianta ficar unido aqui, e distante do povo. Temos que ficar conectados com a população, que é tudo o que um partido político precisa”, disse o senador cearense.

Expo Natalina começa nesta quinta (9), no Caruaru Shopping


Com a proximidade das festas de fim de ano, preparar a casa para o período não é um serviço lá dos mais fáceis. Além do mais, outra tarefa traz preocupação para muita gente é a ceia natalina. Para ajudar a resolver esses problemas, mostrando inspirações e soluções, o Caruaru Shopping apresenta de hoje, quinta-feira (9), até o próximo domingo (12), a primeira Expo Natalina.

O evento, que tem a coordenação da promoter Cleide Santos, contará com cerca de 30 expositores que vão explorar todos os detalhes que a época natalina exige, indo desde a decoração dos vários ambientes da casa, passando pela montagem da mesa para a ceia natalina, escolha do cardápio, até a contratação de chefes especializados no preparo dos alimentos consumidos na véspera de natal.

Como se ainda tudo isso não fosse suficiente, também está programado um curso de montagem de mesa para que a noite de natal seja mesmo perfeita e rica em detalhes, ideal para agradar a todos os membros da família e convidados. 

“Essa será uma excelente oportunidade para as pessoas montarem a sua ceia de natal em grande estilo, desde a decoração a hora de servir”, enfatiza Cleide.

O evento também contará com a presença do Papai Noel e apresentações musicais especiais. Pelo que já deu para perceber, muitas novidades e inspirações farão parte da Expo Natalina. Tudo estará montado, aberto a visitação de todos, no lounge próximo ao cinema. Para marcar a abertura oficial, um coquetel será servido para convidados e para o público que for prestigiar o evento.
Vale lembrar que a Expo Natalina funcionará de acordo com o horário do Caruaru Shopping: de quinta (9) a sábado (11), das 10h às 22h e domingo (12), das 11h às 21h.

Oposição emite nota e critica governo do Estado 

Nota à Imprensa

Oposição cobra explicações do governador Paulo Câmara

Hoje, mais uma vez, os pernambucanos tomaram conhecimento de uma operação da Polícia Federal envolvendo diretamente agentes do Governo do Estado e pessoas ligadas ao Partido Socialista Brasileiro (PSB).

A Operação Torrentes é a 6ª realizada em nosso Estado para investigar o desvio de recursos públicos nas gestões do PSB. Nas operações anteriores – Fair Play, Turbulência, Vórtex, Politeia e Catilinária – o governador e os demais dirigentes do PSB adotaram o silêncio como resposta.

Nas delações premiadas dos executivos da Odebrecht e JBS usaram a mesma tática. Ou seja, nunca conseguiram dar uma explicação convincente ao povo de Pernambuco.

Agora, novamente a gestão Paulo Câmara divulga nota evasiva, apresentando dados já divulgados e classificando a ação como “desproporcional e espetacularização negativa das ações de controle público”. Mas, em nenhum momento, se pronuncia sobre os indícios de desvio de parte dos R$ 450 milhões repassados pelo Governo Federal para o socorro às vítimas das enchentes.

A Bancada de Oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco, cumprindo o seu papel constitucional de fiscalizar, exige do governador Paulo Câmara uma resposta convincente a todos os pernambucanos.

Até quando o governador e os demais dirigentes do PSB vão continuar subestimando a inteligência do povo de Pernambuco?

Bancada de Oposição

Pacientes com Alzheimer contarão com novo medicamento no SUS

Os pacientes que sofrem com o Alzheimer terão mais uma opção de tratamento no Sistema Único de Saúde (SUS). O medicamento “Memantina” foi incorporado nesta quinta-feira (9/11), pelo Ministério da Saúde e estará à disposição da população em até 180 dias nas unidades de saúde do país. O novo fármaco, que será ofertado em comprimidos, proporcionará melhor qualidade de vida dos pacientes com esta doença, que afeta um terço da população idosa.

A decisão da oferta do medicamento no SUS ocorreu após avaliação da Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no SUS (CONITEC) em julho deste ano. “A incorporação é uma luta antiga de representantes e pacientes que sofrem com a doença. É uma conquista significativa que influenciará favoravelmente na qualidade de vida dos doentes e cuidadores”, afirmou Marco Fireman, Secretário de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos do Ministério da Saúde.

O mal de Alzheimer atinge 33% da população com mais de 85 anos de idade. No Brasil, estima-se que haja 1,1 milhão de pessoas com a doença. O Alzheimer é neurodegenerativo, causado pela morte progressiva de células do cérebro, prejudicando funções como memória, atenção e orientação e linguagem, o que gera graves consequências para qualidade de vida dos pacientes.

Cerca de R$ 2,5 milhões serão investidos no Terreno da Fundac. Obras devem ficar prontas em 180 dias

Feira

Foi assinado na manhã desta quarta-feira (9) o termo de compromisso entre a prefeita de Caruaru, Raquel Lyra e os proprietários do terreno onde funciona a Feira da Fundac, Lenilson Tôrres e Marcelo Lima. De acordo com o que foi assinado, em 180 dias o espaço deve ser totalmente requalificado e cerca de R$ 2 milhões serão investidos.

Os contêineres vão sair do meio da rua para ficar dentro do espaço do terreno com estrutura. De acordo a arquiteta do projeto, Catarina Lino, com a mudança, serão quatro módulos de banheiros com chuveiros e todos vão contar com praças de alimentação. Ainda segundo o projeto, serão 100 boxes que vai contar com um camelódromo.

“Um dia importante para a nova história da nossa feira. Gostaria de agradecer ao proprietário do terreno, que aqui está, por atender a necessidade. Existia um acordo de comodato, que estava vencido desde 2013 e isso precisava ser revisto. A feira é o motor dessa economia e tudo gira em torno dela”, disse a prefeita Raquel.

Ainda de acordo com ela: “Não é segredo para ninguém e temos o compromisso de transferir a feira da Sulanca. Mas antes disso é necessário requalificar o espaço. E digo aos feirantes que essa mudança não vai custar um real a mais para nenhum deles”, disse.

Governo de Pernambuco emite nota e critica o que chama de “espetacularização” da Operação Torrentes

NOTA OFICIAL
Com relação à operação da Polícia Federal e da Controladoria Geral da União realizada hoje (09.11) em prédios da Secretaria da Casa Militar do Estado, o Governo de Pernambuco reafirma a disposição de prestar todos os esclarecimentos necessários, como sempre tem feito quando solicitado por órgãos de controle e fiscalização.

A Operação Reconstrução, ocorrida a partir de julho de 2010, envolveu recursos advindos do Estado de Pernambuco e da União, dirigidos ao atendimento emergencial às 120 mil pessoas da Zona da Mata Sul atingidas pela enchente, bem como o trabalho de reconstrução das cidades.

As prestações de contas respectivas foram apresentadas a tempo e modo às autoridades competentes, estaduais e federais. Não foi descumprido nenhum prazo ou foi negada nenhuma informação por parte do Governo de Pernambuco.

Com relação à Operação Prontidão, realizada após a enchente deste ano de 2017, os prazos de prestação de conta ainda estão em curso.

A Operação Reconstrução construiu a Barragem de Serro Azul e cinco hospitais, o Hospital Regional de Palmares, os hospitais municipais de Água Preta, Cortês, Barreiros e de Jaqueira. A Operação Reconstrução também entregou 12.131 mil casas; recuperou ou reconstruiu 71 pontes, recuperou 185 vias urbanas e 28 muros de arrimo em diversos municípios atingidos.

A Operação Reconstrução recuperou, ainda, 63,13 quilômetros de rodovias e 203 quilômetros de estradas vicinais; reconstruiu 29 escolas atingidas, revitalizou a orla de Palmares; recuperou e reconstruiu 123 bueiros e 11 passagens molhadas, promoveu a dragagem do Rio Una e criou a Rede de Monitoramento Hidrometeorológico.

É absolutamente lastimável o processo de espetacularização negativa das atividades de controle da atuação pública. O que assistimos hoje é exemplo da grave prática de buscar criminalizar toda a atuação dos agentes públicos e políticos. Os trabalhos da Operação Reconstrução envolveram grande número de servidores públicos, que realizaram um esforço extraordinário na missão de minimizar o sofrimento que as enchentes causaram à população pernambucana.

É lamentável a operação desproporcional realizada no Gabinete do chefe da Casa Militar, no Palácio do Campo das Princesas. O acesso a todos os documentos e equipamentos ali localizados, assim como a qualquer outro documento público, poderia ter sido solicitado sem a necessidade de qualquer ordem judicial.

Logo que disponha de mais informações, o Governo de Pernambuco voltará a se pronunciar publicamente.

Governo do Estado de Pernambuco

Operação da PF contra desvios de recursos públicos na Casa Militar do governo de Pernambuco

Foto: Jornal do Commercio

Foto: Jornal do Commercio

A Polícia Federal com apoio da Controladoria-Geral da União e da Procuradoria da República de Pernambuco deflagrou na manhã desta quinta-feira (9) a “Operação Torrentes”, que visa desarticular um esquema criminoso de desvio de recursos públicos, fraudes em licitações e corrupção de servidores públicos vinculados à Secretaria da Casa Militar do Estado de Pernambuco.

A investigação teve início no ano de 2016, a partir de um relatório elaborado pela Controladoria-Geral da União com relação aos gastos efetuados pela Casa Militar na cifra de R$ 450 milhões que lhe foram repassados pela União na denominada “Operação Reconstrução” para assistência às vítimas das enchentes que devastaram diversos municípios da mata-sul pernambucana em junho de 2010.

Naquela ocasião verificou-se que a depender do objeto licitado, funcionários da Secretaria da Casa Militar direcionavam os contratos a diversos grupos empresariais em troca de contrapartidas financeiras. Também foram verificados indícios de superfaturamentos e inexecução de contratos.

Foram detectados, também, fortes indícios de superfaturamento em alguns contratos recentemente firmados pela Secretaria da Casa Militar com recursos públicos federais desta feita na “Operação Prontidão”, que tem por objetivo a reestruturação dos municípios da mata sul pernambucana atingidos, uma vez mais, pelas chuvas torrenciais ocorridas em maio do corrente ano de 2017.

No dia de hoje, 260 policiais federais de 10 estados da federação (PE, PB, MT, RO, AL, MA, RN, RR, AP, SE) e 25 (vinte e cinco) servidores da Controladoria-Geral da União-CGU, distribuídas entre 44 equipes estão dando cumprimento a 71 mandados judiciais, sendo 36 de busca e apreensão, 15 de prisão temporária e 20 de condução coercitiva em Pernambuco e no Pará (01 Condução Coercitiva). Também foi determinado o sequestro e a indisponibilidade dos bens dos principais investigados. O nome Torrentes faz alusão as enchentes que devastaram diversos municípios da mata-sul.

Todos os presos serão trazidos para a sede da polícia federal onde serão interrogados e dependendo do seu grau de participação e envolvimento responderão pelos crimes de peculato, fraude em licitação, corrupção ativa e passiva e associação criminosa, cujas penas ultrapassam os 25 anos de reclusão. Após serem ouvidos todos serão encaminhados para fazer exame de corpo de delito e compareceram à audiência de custódia e caso seja ratificada suas prisões os civis serão encaminhados para o Cotel e Colônia Penal Feminina e os militares para uma instituição designada pelo Comando da Polícia Militar de Pernambuco.

Os prejuízos aos cofres públicos ainda estão sendo contabilizados porque a Casa Militar à despeito de várias solicitações feitas pela Controladoria-Geral da União, não havia encaminhado os comprovantes de despesas que são essenciais para efetuar o respectivo levantamento. Coletiva de imprensa será concedida na sede da Polícia Federal em Pernambuco às 10h onde serão repassados maiores detalhes sobre as investigações!

A CASA MILITAR é o órgão da administração direta, subordinado diretamente ao Governador do Estado. É uma instituição destinada, fundamentalmente, para a proteção dos altos interesses do Estado, do governo e de seu povo. Suas funções, abrangem a segurança da máxima autoridade do Estado, a sede do governo e a ajudância-de-ordem do presidente ou governador. A Casa Militar é uma das secretarias integradas ao Palácio do Campo das Princesas. O Secretário-Chefe da Casa Militar possui as mesmas prerrogativas, direitos e vantagens atribuídas aos Secretários de Estados.

PF na sede do Palácio do Campo das Princesas

Foto: Jornal do Commercio

Foto: Jornal do Commercio

Com informações da Rádio Jornal

Viaturas da Polícia Federal estão sendo vistas na manhã desta quinta-feira (9) em algumas ruas do Recife. Um dos pontos em que a polícia foi vista é o Palácio do Campo das Princesas, na Praça da República, na área central do Recife.

Pelo menos quatro policiais fardados fazem a guarda do lado de fora da sede do governo. Um helicóptero está sendo utilizado pela polícia. As equipes ainda foram vistas próximas à vice-Governadoria; no Edifício Therese Lisieux, na Rua Gervásio Fioravante, no bairro das Graças; na Avenida Fagundes Varela, no bairro de Jardim Atlântico,
Olinda (Próximo Ao Santa Emília); Torre e Iputinga.

A Polícia Federal ainda não deu detalhes do que se trata.

Raquel promete pagar valores atrasados a instituições de assistência social


A prefeita de Caruaru, Raquel Lyra, e o secretário de Desenvolvimento Social do município, Fernando Silva, reuniram-se, nesta quarta (08), com uma comissão formada por funcionários e mães de crianças atendidas pelas instituições GERPE, UNECAR e UNEPE. Durante boa parte da manhã da quarta, houve um protesto na frente da prefeitura, com parentes, funcionários e pessoas que são atendidas pelas instituições. 

O intuito do encontro, que aconteceu na Sala de Monitoramento da prefeitura, foi explicar às entidades sobre os trâmites que foram necessários para regulamentar a situação das instituições, que estão sem receber o repasse dos recursos federais.

De acordo com a prefeita, 22 instituições de assistência social que prestam serviço em Caruaru estavam sem a devida regulamentação no Cadastro Nacional de Entidades de Assistência Social, no período de janeiro à maio deste ano. Agora, com a publicação no Diário Oficial, é possível dar andamento aos tramites burocráticos para o pagamento do período de outubro de 2017 à março 2018. Em relação ao período de maio à setembro de 2017 as entidades precisam entregar o plano de ação, relatório e prestação de contas para que a prefeitura possa liberar o recurso, desde que as instituições apresentem a documentação exigida nesse processo.

“Nos comprometemos em fazer uma força tarefa com a nossa Comissão de Licitação e a Procuradoria Municipal para poder analisar a documentação que as instituições ficaram de trazer e assim poder validar a prestação de contas”, garantiu a prefeita. 

A representante da GERPE, Edna Dantas, falou em nome da comissão. “Agora vai ser bem mais rápido para se resolver, já que a prefeita disse que vai fazer o máximo para facilitar o processo. Espero que corra tudo certo para que nossos usuários possam ser atendidos o quanto antes”, afirmou.