Assaltos e roubos têm menor número desde fevereiro de 2016, diz SDS

Os Crimes Violentos contra o Patrimônio (CVP), que englobam as diversas modalidades de roubos e assaltos, caíram pelo segundo mês consecutivo e tiveram o menor número de ocorrências desde fevereiro de 2016. Segundo estatísticas divulgadas na tarde de hoje (13), no site da SDS, foram registrados 8.935 CVPs, contra 10.636 no mês anterior, representando uma queda de 16%.

“Os crimes contra o patrimônio têm relação direta com a sensação de segurança e é uma prioridade da gestão prevenir e combater essas ações. Não comemoramos números, mas não podemos deixar de ressaltar que, em um período de 20 meses, setembro teve a menor estatística de pessoas vitimadas, ameaçadas e com perda de seus bens para bandidos”, diz o secretário de Defesa Social, Antônio de Pádua. Em fevereiro de 2016, foram contabilizadas 8.360 ocorrências de CVPs.

Entre as modalidades de roubos e assaltos, a maior queda foi verificada nas investidas a ônibus, BRTs e outros coletivos do transporte público de passageiros. Foram 75 roubos, uma redução de 52% em comparação com o mês anterior (155). Na série histórica, a exemplo dos CVPs em geral, setembro perde apenas para fevereiro de 2016 (74 registros). Em todo o ano, foram 1.204 investidas a coletivos. Esses são os dados oficiais, consolidados pela Gerência de Análise e Estatística Criminal (GACE) da SDS e obtidos por meio do cruzamento de informações policiais e ocorrências registradas obrigatoriamente pelas empresas. E que incluem BRTs e demais casos, mesmo não havendo subtração da renda dos veículos.

“O reforço do efetivo, com 1.500 novos policiais militares, utilizando os bonés laranjas, e a ampliação das operações nos principais corredores, por meio da Força-tarefa Coletivos, estão surtindo efeito. Além dos batalhões de área, essas operações estão contando com a atuação das especializadas, a exemplo do Choque, da Rocam e da Radiopatrulha. Nas investigações, as polícias já somam 241 prisões de suspeitos. Estamos trabalhando para zerar”, detalha o secretário.

Os roubos de veículos também caíram. Foram 1.455 carros roubados em setembro, contra 1.715 no mês anterior (queda de 15,2%). Em setembro, houve duas investidas consumadas a instituições financeiras, sendo um carro-forte e uma agência bancária, contra 9 em agosto (3 carros fortes, 3 agências e 3 caixas eletrônicos). A queda total, para esse recorte, foi de 78%.

Ainda em outubro, número de homicídios supera 2016 em Caruaru


Faltando ainda mais de 60 dias para terminar 2017, o número pessoas assasinadas esse ano, já supera a marca de 2016, em Caruaru. De acordo com a Polícia Civil, 228 homicídios foram registrados na cidade até o dia 13 de outubro. O último crime do tipo, aconteceu na noite desta quinta-feira (12), quando um jovem de 21 anos foi assassinado na cidade.

O mês de abril foi o mais violento do ano, quando 32 pessoas foram mortas no município. Agosto foi o mês com a menor incidência dos crises contra a vida. Do total, 10 foram mulheres.

Para amenizar a situação, mais 140 PMs foram colocados nas ruas e um novo batalhão vai ser inaugurado pelo governo de Pernambuco até o fim do ano. 

Abaixo os números atualizados, segundo a Polícia Civil. 

Janeiro 20 

Fevereiro 21

Março 29

Abril 32

Maio 31

Junho 21

Julho 23

Agosto 18

Setembro 25

Outubro 8

Mais de 600 crimes contra a vida serão julgados na próxima segunda (16) em PE 

Na segunda-feira (16), às 8h30, no quinto andar do Fórum Desembargador Rodolfo Aureliano, no Recife, acontece a abertura do esforço concentrado para otimizar a realização de julgamentos relacionados a crimes dolosos contra a vida – homicídios. Até o momento, 685 sessões de tribunais do júri foram agendadas pelas unidades do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) em Comarcas de todo o Estado. A iniciativa é realizada em parceria com o Ministério Público (MPPE), a Defensoria Pública (DPPE), a Procuradoria Geral (PGE) e a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-PE) e integra o Mês Nacional do Júri. No Judiciário, o coordenador da ação é o desembargador Alexandre Assunção.

Durante atividade semelhante realizada em novembro do ano passado, dentro da programação do Mês Nacional do Júri, 588 processos relativos a crimes dolosos contra a vida foram julgados pelo TJPE. Na ação, o número de condenações foi de 341, enquanto as absolvições somaram 282. Do total de júris realizados, 47 envolviam casos de violência contra a mulher; 49 foram relativos a crimes praticados dentro ou próximos a bares e casas noturnas; além de três cometidos por policiais. A atuação de magistrados e servidores, no Estado, foi destacada pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). De acordo com a instituição, em 2016, o TJ pernambucano foi o órgão judiciário que mais realizou júris durante a mobilização em todo o Brasil.
Em 2017, por solicitação do MPPE e da Defensoria Pública, a pauta de audiências de processos aptos a julgamento durante o Mês Nacional do Júri foi fracionada entre os meses de outubro e dezembro. Desde o último dia 2 até o momento, 104 julgamentos já foram realizados no TJPE. O Mês Nacional do Júri é uma iniciativa dos órgãos integrantes da Estratégia Nacional de Justiça e Segurança Pública (Enasp): Conselho Nacional de Justiça (CNJ), tribunais, Conselho Nacional do Ministério Público e Ministério da Justiça.

Defesa de Lula tem 48 horas para entregar recibos originais de aluguel


O juiz federal Sérgio Moro determinou, nesta sexta-feira (13), um prazo de 48 horas para que a defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva forneça os recibos originais do aluguel de um apartamento vizinho ao que o ex-presidente mora, que fica em São Bernardo do Campo, São Paulo. Segundo a força-tarefa da Lava Jato, Lula seria o verdadeiro dono deste apartamento também.
Recentemente, os advogados de Lula haviam entregue apenas as cópias destes recibos, mas agora, o Ministério Público Federal (MPF) quer que veracidade dos documentos seja verificada, afinal, em dois recibos foram inseridas datas que não existem: 31 de junho de 2014 e 31 de novembro de 2015. O MPF acusa o ex-presidente de receber vantagens indevidas vindas de fraudes em contratos da Petrobras e o apartamento seria uma delas.
Moro também rejeitou o pedido feito pela defesa de Lula para que fosse agendada uma audiência formal para a entrega destes recibos com a presença de um perito.
Segundo a acusação, Glaucos da Costamarques, também réu no processo e proprietário do imóvel, seria um “laranja”. Ele é sobrinho do empresário José Carlos Bumlai, amigo de Lula e preso na Operação Lava Jato.
Primeiramente, este apartamento foi alugado pelo Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República, quando Lula era presidente, para ser usado pelos policiais responsáveis pela segurança do então ex chefe do governo. Depois que deixou o cargo, Lula assumiu a locação, que tinha como locatária Marisa Letícia, a ex-primeira dama que faleceu no início do ano.
A defesa do ex-presidente alega que os recibos comprovam que o aluguel do imóvel foi uma relação contratual entre a família de Lula e Glaucos da Costamarques. 

Inscrições para vestibular do IFPE começam na segunda-feira (16)

IFPE

Começam na próxima segunda-feira (16) as inscrições para o vestibular 2018.1 do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco (IFPE). Neste ano, serão oferecidas 4.076 vagas em 65 cursos técnicos e superiores, distribuídos em 16 campi (Abreu e Lima, Afogados da Ingazeira, Barreiros, Belo Jardim, Cabo de Santo Agostinho, Caruaru, Garanhuns, Igarassu, Ipojuca, Jaboatão dos Guararapes, Olinda, Palmares, Paulista, Pesqueira, Recife e Vitória de Santo Antão). As inscrições já têm início na segunda-feira (16) e seguem até 05 de novembro.

Entre os cursos técnicos, é possível concorrer a vagas na modalidade Integrado, voltada para quem deseja aliar a formação profissional ao Ensino Médio regular, e na Subsequente, destinada aos que já concluíram o Ensino Médio. Também são ofertados cursos técnicos relacionados ao Programa de Educação de Jovens e Adultos (PROEJA), destinados a candidatos com mais de 18 anos que não concluíram o Ensino Médio. Há ainda opções de cursos superiores na modalidade bacharelado, licenciatura e tecnólogo. Neste processo seletivo todas as vagas são de primeira entrada.

Para se inscreverem os candidatos devem acessar o site da Comissão de Vestibulares e Concursos (Cvest), pelo endereço cvest.ifpe.edu.br, e realizar o preenchimento da ficha de inscrição. No portal, também é possível emitir boleto (GRU) para o pagamento da taxa no valor de R$30 para cursos técnicos e R$ 55 para superiores. O pagamento deve ser feito somente nas agências do Banco do Brasil até 06 de novembro.

Os candidatos com renda inferior ou igual a um salário mínimo e meio, oriundos de escolas públicas, bolsistas de escolas privadas e egressos de programas como o Mulheres Mil e o PROIFPE podem solicitar gratuidade na inscrição até o dia 19 de outubro pelo site cvest.ifpe.edu.br. A entrega da documentação deve ser feita no campus onde o candidato pretende concorrer à vaga até 20 de outubro. A inscrição é gratuita para os que concorrerão às vagas dos cursos Proeja. A lista dos contemplados com a isenção será divulgada no dia 25 de outubro. Todos os candidatos que conquistarem a isenção já estarão automaticamente inscritos no Vestibular 2018.1.

As provas serão aplicadas no dia 10 de dezembro. Os candidatos aos cursos técnicos serão submetidos a 30 questões de múltipla escolha. Quem vai concorrer às vagas dos cursos superiores fará uma prova com 50 questões, além da redação. A data prevista para a divulgação do listão com o nome dos aprovados é 28 de dezembro.

Nome de Queiroz para o senado é uma necessidade do PDT para marcar território

Zé

O PDT vai lançar o maior número possível de candidatos ao Senado para tentar suprir a perda de Pedro Taques (MT), Cristovam Buarque (DF), Lasier Martins (RS) e Reguffe (DF). Daí o presidente Carlos Lupi já ter lançado o nome do ex-prefeito de Caruaru, José Queiroz em Pernambuco e de André Figueiredo no Ceará.

Aliados afirmam que Temer terá entre 39 e 42 votos

Temer

Aliado do Palácio do Planalto, o deputado federal Beto Mansur (PRB-SP) prevê que a segunda denúncia do Ministério Público Federal contra o presidente Michel Temer por organização criminosa e obstrução à justiça deverá ser rejeitada na Comissão de Constituição e Justiça.

Segundo ele, dos 66 membros da Comissão, entre 39 e 42 deverão votar a favor do relatório do deputado Bonifácio de Andrada (PSDB-MG), que recomendou ao plenário a rejeição da denúncia.

“Podemos ter entre 39 e 42 votos favoráveis ao governo. Isso porque se a líder do PSB, deputada Tereza Cristina (MS), deixar a liderança e o partido bandear-se para a esquerda, nós vamos perder dois votos (Danilo Forte e Fábio Garcia). Se ela permanecer, até porque é o líder que indica, nós manteremos dois votos dos quatro do PSB. Também existe a possibilidade de termos votos do PSDB, que compõe a comissão, em função do trabalho que foi feito pelo relator”, declarou Beto Mansur.

Esta é a segunda vez que o presidente da República é denunciado ao STF em decorrência de investigações na Operação Lava Jato. Da primeira vez, ele foi denunciado por corrupção passiva. Mas a denúncia foi recusada pela maioria do plenário.

O parecer foi de autoria do deputado Paulo Abi Ackel (PSDB-MG).

PT de Minas quer Dilma candidata ao senado

dilma

Auxiliares do governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT), vão tentar convencer a ex-presidente Dilma Rousseff a transferir seu domicílio eleitoral de Porto Alegre para Belo Horizonte a fim de disputar no próximo ano uma das cadeiras no Senado.

Pesquisa realizada naquele Estado pelo Instituto Paraná Pesquisas constatou que a ex-presidente seria eleita senadora junto com o ex-procurador geral da República, Rodrigo Janot. Ambos são mineiros mas fizeram suas carreiras em outros estados.

Dilma é natural de Belo Horizonte e nas eleições de 2014 derrotou Aécio Neves no torrão natal. O tucano foi derrotado pela petista no segundo turno por cerca de 3 milhões de votos.

O Instituto simulou um cenário eleitoral com três mineiros na disputa por uma das vagas no Senado: o ex-procurador geral da República, Rodrigo Janot, o senador Aécio Neves (PSDB) e a própria Dilma.

A petista apareceu em 1º lugar com 16,9% das intenções de votos, seguida por Janot com 15, 2% . Janot está tecnicamente empatado com o empresário Josué Alencar (PMDB), filho do ex-vice-presidente da República, José de Alencar, que tem 15,1%.

Aécio Neves apareceu na quarta colocação com 13,7% das intenções de voto. Por isso já se diz em Minas que ele não é candidato à reeleição e sim a deputado federal.

O Instituto Paraná Pesquisas entrevistou 1.507 eleitores de 70 municípios mineiros entre os dias 30 de setembro de 5 de outubro. A margem de erro da pesquisa é de 2,5 pontos percentuais, para mais ou para menos.

Prefeito afastado de São Lourenço contrata ex-ministro da Dilma para defendê-lo

O prefeito afastado de São Lourenço, Bruno Pereira (PTB), contratou o advogado José Eduardo Cardozo para fazer a sua defesa. Cardozo foi deputado federal pelo PT e ministro da Justiça da presidente Dilma Rousseff.

Ele substituirá o criminalista pernambucano Bóris Trindade,que já entrou com pedido de habeas corpus no Tribunal de Justina pedindo que o prefeito volte ao cargo para o qual o povo o elegeu.

Na última quarta-feira (11), o conselheiro Dirceu Rodolfo, relator no TCE das contas do município de São Lourenço (2017), emitiu três Medidas Cautelares suspendendo os efeitos de contratos assinados pelo prefeito afastado.

A primeira Cautelar determina ao prefeito interino, Gabriel Neto, que suspenda todo e qualquer tipo de pagamento à empresa “Espera”, contratada em caráter emergencial, com dispensa de licitação, pelo período de 180 dias, para realizar serviços de limpeza urbana. A área técnica do Tribunal analisou o contrato e encontrou um sobrepreço no valor de R$ 717.717,00 (19,96% a maior). O valor total do contrato pelo período de seis meses foi de R$ 3.957.000 (três milhões e novecentos e cinquenta e sete mil).

Além disso, constatou que o lixo coletado está sendo armazenado em local impróprio, que o orçamento básico foi superestimado, que havia superfaturamento dos preços unitários e que houve burla ao processo licitatório por meio de prorrogação contratual injustificada (aditivos).

Dirceu Rodolfo recomendou ao atual prefeito que deflagre imediatamente uma nova licitação, para que a população não fique prejudicada, devendo no prazo de seis meses fazer um procedimento licitatório em caráter definitivo (não emergencial).

De acordo ainda com os auditores do TCE, a empresa não comprovou capacidade técnica para a realização desse tipo de serviço e sequer dispõe de veículos e mão de obra capacitada para executá-lo.

A segunda Cautelar expedida teve como alvo a realização de serviços de transporte escolar. A prefeitura contratou por 180 dias, igualmente com dispensa de licitação, a empresa “Getene Transportes” para atender aos estudantes da zona rural.

Foi constatado pelo TCE, no entanto, que os veículos são impróprios para esse tipo de transporte porque têm mais de 10 anos de uso, que não possuem tacógrafo nem extintor de incêndio e que seus motoristas não fizeram o treinamento exigido pelos órgãos de trânsito. O valor do contrato foi de aproximadamente R$ 2 milhões.

O conselheiro determinou ao atual prefeito que suspenda todo e qualquer tipo de pagamento a esta empresa e que faça imediatamente uma nova licitação para não prejudicar os estudantes. Se for necessário, disse ele, a prefeitura pode fazer até contrato individual para o atendimento de rota específica.

A terceira Cautelar teve como alvo a contratação de duas clínicas médicas para prestação de serviços à população na área de ginecologia. Chamou a atenção do TCE o fato de as duas clínicas terem sido criadas em março deste ano, na cidade de Bezerros e pertencerem a dois irmãos (Eugênio Azevedo da Costa e Carolina Azevedo da Costa). O pai de ambos, Eugênio Ferreira da Costa, que é médico, é o responsável técnico pelas duas empresas, que não têm registro no Cremepe (Conselho Regional de Medicina). Os dois contratos pelo prazo de 180 dias totalizaram R$ 1 milhão e 700 mil.

Com base em informações do corpo técnico do TCE, o conselheiro Dirceu Rodolfo vai propor ao prefeito interino na próxima semana a assinatura de um TAG (Termo de Ajuste de Gestão). Caso concorde com essa sugestão, o prefeito se comprometerá com o TCE a tomar determinadas providências dentro do prazo previsto no acordo. Uma delas é realizar no prazo de 180 dias a licitação do lixo e outra, em igual período de tempo, promover concurso público de acordo com as necessidades do município.