Funaro cita Eduardo Cunha, Temer e diz que Joesley é ladrão

Lúcio Funaro prestou depoimento nesta terça-feira (31) para a Justiça Federal em Brasiília. Funaro, que é corretor de valores e ex-corretor-financeiro do deputado cassado Eduardo Cunha, afirmou para o juiz Vallisney de Souza que ele teria participado de reuniões com Eduardo Cunha e o ministro da Secretaria Especial da Presidência, Moreira Franco. 

Cândido Vaccarezza, ainda no PT, também estaria presente nas reuniões em que negociavam os valores que seriam destinados às campanhas do PMDB em troca de favores ilegais às empresas Bertin.

Funaro também contou que comprou vários bens com o dinheiro de corrupção para o ex-deputado Eduardo Cunha e familiares. Entre os itens adquiridos está um flat na capital de São Paulo que pertencia ao ex-jogador Vampeta.

Durante o depoimento o corretor de valores chamou Joesley Batista, dono da JBS, de ladrão. O motivo seria o não pagamento de propinas aos investimentos da Caixa, a ele, Geddel Vieira Lima e Eduardo Cunha. Os quatro estão presos por corrupção.

O presidente Michel Temer também foi citado durante o depoimento. Segundo Funaro, o presidente teria recebido mais de R$ 2 milhões durante a campanha presidencial de 2010 quando foi vice de Dilma Rousseff. Em nota, a assessoria da presidência afirmou que o presidente Michel Temer contestou de forma categórica o envolvimento nessas atividades. A nota ainda afirma que Funaro já mentiu em outras delações à Justiça.

Além de Funaro, a Operação Sépsis, que investiga casos de corrupção na vice-presidência de Fundos e Loterias da Caixa, também tem como réus Fábio Cleto, ex-vice-presidente da Caixa, Henrique Eduardo Alves, ministro do Turismo e Alexandre Margotto, que era funcionário de Lúcio Funaro.

Ministério Público decide pela absolvição de advogado e ex-candidato a vereador 


O Ministério Público de Pernambuco pediu nesta terça-feira (31), a absolvição do advogado Pedro Josephi, ex-candidato a vereador pelo PSOL em 2016 e de outros líderes estudantis envolvidos na organização dos protestos contra o aumento das passagens em 2013. Josephi, que na época era Secretário do Diretório Central de Estudantes da Universidade Católica de Pernambuco, foi acusado pelo crime de dano ao patrimônio público. A defesa ficou a cargo da advogada Maria Carolina Amorim e de Ronnie Preuss Durte, presidente da OAB-PE, que afirmaram acreditar desde o início na inocência de Pedro Josephi por conhecerem a conduta republicana e democrática do mesmo na sua luta política e com os movimentos sociais.

Em seu parecer, o promotor de justiça Euclides Rodrigues Júnior justificou o pedido na ausência total de provas que liguem Josephi aos danos causados nas passeatas contra o aumento das passagens em agosto de 2013. “Não é possível afirmar que aquela ação era realmente parte da depredação e nenhuma das testemunhas afirmou ter visto ele danificando o bicicletário”, afirmou o promotor. O MPPE ainda pediu a absolvição de todos demais que estavam sendo acusados de crime de incêndio e dano qualificado.

O

Bruno Araújo será eleito presidente estadual do PSDB


O PSDB de Pernambuco realiza convenção estadual no próximo domingo (5) com chapa única encabeçada pelo ministro das Cidades, deputado federal licenciado Bruno Araújo. O evento começa às 11 horas na sede da legenda, Rua Viscondessa do Livramento,226, no bairro no Derby.

Na ocasião, serão renovados os comandos de vários segmentos do partido como a Juventude, o Tucanafro e o PSDB Mulher que terá a deputada estadual Terezinha Nunes reconduzida à presidência. O ex-governador Joaquim Francisco será reconfirmado na presidência do Instituto Teotonio Vilela (ITV).

Ainda no segmento Mulher, ocupará a vice-presidência do colegiado, a prefeita de Lagoa do Carro, Judite Botafogo; A prefeita de Caruaru, Raquel Lyra, será eleita presidente de honra do colegiado. Ocupará a secretaria-geral, a coordenadora dos projetos sociais do Ministérios das Cidades no Nordeste, Izabel Urquiza.

O ministro Bruno Araújo surge como candidato à presidência do PSDB de Pernambuco após convocação de vários líderes do partido que, em carta aberta divulgada no início de outubro, considera que o ministro “reúne as condições para dar continuidade ao trabalho do deputado Antônio Moraes, no sentido de fortalecer o partido com a consolidação de seus diretórios municipais, e no processo de aglutinação e ampliação de alianças visando a eleição dos candidatos do PSDB em 2018”.

Evento no Espaço Cultural vai celebrar 500 anos da Reforma Protestante

Grupo Logos - foto Divulgação

Grupo Logos – foto Divulgação

O ano de 2017 é marcado pela passagem dos 500 Anos da Reforma Protestante, e entre os dias 31 de outubro até 02 de novembro acontecerá em Caruaru o 3º Congresso Reforma Hoje, evento realizado por diversas igrejas evangélicas que este ano tem uma motivação especial, é a celebração dos 500 anos da Reforma Protestante.

Este ano a direção geral está com o Pr. Flávio Marcus, da Presbiteriana Central e contará com o Grupo Logos e a banda Sal da Terra e Fernando Junior no louvor. Na exposição da palavra os pastores Paulo Brasil (PE), Aurivan Marinho (PE) e Santana Dória, Presbiteriana de Aracajú (SE).
Um coral foi formado com vozes de igrejas de denominações evangélicas diferentes. Confira a programação que vai começar sempre às 19 horas:

Terça, 31 de outubro – Pr. Paulo Brasil, no louvor Sal da Terra e Fernando Júnior;
Quarta, 01 de novembro – Pr. Aurivan Marinho, no louvor Grupo Logos e Fernando Júnior;
Quinta, 02 de novembro, Pr. Santana Dória, no louvor Grupo Logos e Fernando Júnior;
Evento: 3º Congresso Reforma Hoje, Celebração dos 500 anos da Reforma Protestante
Local: Espaço Cultural Tancredo Neves
Dias: 31 de outubro, 01 e 02 de novembro, sempre às 19 horas.
A Entrada é franca!

Lessa também foi até o governador

Lessa

A visita do governador Paulo Câmara teve atenção especial dos aliados dele para a eleição do ano que vem. Assessor especial da secretaria dos Direitos Humanos, o delegado Erik Lessa também foi até a sede do Biesp. Lessa foi citado por Paulo Câmara na entrevista do socialista, que também mencionou os deputados Tony Gel e Laura Gomes e o ex-prefeito José Queiroz. Todos fazem parte do G7, que ainda conta com o deputado federal Wolney Queiroz e o vice-prefeito Jorge Gomes.

Câmara discute Escola Sem Partido em audiência pública nesta terça (31)

A comissão especial que analisa o projeto do Escola Sem Partido (PL 7180/14) promove nesta terça-feira (31) uma audiência pública para debater o tema. A proposta, do deputado Erivelton Santana (PEN-BA), altera a Lei de Diretrizes e Bases da Educação para obrigar as escolas a respeitar as convicções do aluno e de seus pais ou responsáveis.

Segundo o texto, os valores de ordem familiar têm precedência sobre a educação escolar nos aspectos relacionados à educação moral, sexual e religiosa. O deputado federal Flavinho (PSB-SP), relator da comissão na Câmara, ressalta que as audiências são úteis para que a população saiba o que está sendo discutido.

“Sempre estamos dando ampla divulgação para todos os trabalhos dessa comissão devido à importância, a relevância desse tema que estamos discutindo aqui. E queremos cada vez mais trazer esses elementos para que as pessoas fiquem inteiradas de tudo aquilo que acontece no nosso país em nível de educação, concordando ou discordando, mas que tenham conhecimento amplo de todo essa temática”.

Para o diretor executivo da Confederação Nacional dos Estabelecimentos de Ensino (Confenen), João Luiz Cesarino, a proposta garante a pluralidade de ideias e opiniões em sala de aula.

“O professor tem que se ater a transmissão do conhecimento, essa é a função da escola. Por que a escola recebe as mais variadas crenças religiosas, posicionamento sobre isso ou aquilo. Então a gente vê hoje muito professor se excedendo nesse aspecto”.

Na audiência desta terça, foram convidados para discutir a proposta com os parlamentares a coordenadora da Frente Gaúcha Escola sem Mordaça, Russel Teresinha Dutra da Rosa, o doutor em Educação Padre João Carlos Almeida, a jornalista Ingrid Matuoka, além de Maria Inêz Medeiros Belarmino, mãe de aluna do Colégio Pedro II, no Rio de Janeiro, que relatou ao Ministério Público (MP) haver doutrinação nas dependências da escola. A audiência está marcada para começar às três e meia da tarde, no plenário 6.

Raquel vai na sede do Biesp, mas deixa claro que não sobe no palanque do governador em 2018

Raquel e PC

A prefeita Raquel Lyra acompanhou a visita do governador a cidade de Caruaru nesta terça-feira (31). A prefeita destacou a importância do Biesp para melhorar a segurança, evitou falar em política, mas deixou claro sobre a eleição de 2018. “A população de Caruaru sabe qual o meu posicionamento. Estou aqui enquanto prefeita”, minimizou.

A tucana aguarda a montagem do palanque da oposição, que pode ter como candidato o senador Armando Monteiro ou o ministro Bruno Araújo. Os dois apoiaram a candidatura na eleição do ano passado.

Paulo Câmara: “Caruaru terá espaço importante na chapa majoritária”

Paulo Câmara.jpg e Tony

Questionado pelos jornalistas se a cidade de Caruaru ia fazer parte da chapa majoritária, o governador disse que a eleição de 2018 só será discutida ano que vem, mas não titubeou em falar da importância da cidade para compor uma chapa na disputa para a reeleição. “Caruaru vai ter espaço que merece na chapa, como a cidade importante que é”, disse.

Estiveram o tempo todo ao lado do socialista, o deputado Tony Gel, o ex-vice-prefeito Jorge Gomes, a deputada Laura Gomes, o delegado Lessa e o ex-prefeito José Queiroz. O nome dele, aliás, é cogitado para a vaga de vice ou ao senado. Os demais devem tentar uma cadeira na Assembleia Legislativa.

Governador diz que entrega Biesp no dia 14 de novembro

Paulo Câmara

Do G1 Caruaru e Região

Na manhã desta terça-feira (31) o governador Paulo Câmara esteve em Caruaru, no Agreste de Pernambuco, para visitar a sede onde vai funcionar a partir de novembro, o Batalhão Integrado Especializado de Policiamento (Biesp). Uma comitiva de deputados, prefeitos da região e autoridades, acompanharam o socialista.

Em entrevista coletiva, o governador destacou que a obra em fase de finalização, vai receber 300 policiais militares, com quatro companhias especializadas: Ronda Ostensiva com o Apoio de Motocicletas (Rocam), Radiopatrulha, Choque com Cães e Trânsito. De acordo com ele, com esse incremento no efetivo, a sensação de segurança vai melhorar na cidade.

“Temos trabalhado muito para melhorar a segurança no nosso estado, mas a situação não é fácil. Ontem mesmo foram divulgados os dados do anuário da segurança e a situação no Brasil é grave. A gente tem que combater isso e trabalhar. O novo batalhão está quase pronto e temos a expectativa de inaugurar o novo batalhão no dia 14 de novembro”, disse.

Ainda de acordo com Paulo Câmara, o novo espaço vai ajudar também a melhorar a segurança no Agreste. “Estamos fazendo um esforço redobrado para que possamos terminar 2017 com a redução no número de homicídios. Esse mês, por exemplo, já temos pela primeira vez esse ano uma redução, para que possamos voltar a ter índices satisfatórios com relação a segurança”, disse.

Após a visita, o governador vistoriou as obras do Hospital da Mulher do Agreste, que vai oferecer serviços de urgência e emergência 24h, em média e alta complexidade, nas especialidades de ginecologia e obstetrícia.

Hospital Mestre Vitalino
O governador assinou Ordem de Serviço para a construção de um Centro de Oncologia na unidade. O novo espaço, que contará com 36 leitos, realizará cirurgias oncológicas, além da aplicação de quimioterapia nos pacientes. Para a construção e aquisição dos equipamentos serão investidos R$ 1,4 milhão.

A obra, que será executada pela organização social Hospital do Tricentenário, responsável pela administração da unidade, tem conclusão prevista para o início do segundo semestre de 2018. O Centro será referência para a população da II Macrorregional de Saúde, que engloba 53 municípios do Agreste Pernambucano.

Assassino de Bispo da igreja anglicana é condenado a 57 anos de prisão 

Em julgamento presidido pela juíza Flávia Fabiane Nascimento Figueira, na Vara do Tribunal do Júri de Olinda, nesta segunda-feira (30), Eduardo Olímpio Cotias Cavalcanti foi considerado culpado pelo homicídio de seus pais adotivos: o bispo da Igreja Anglicana do Recife, Edward Robinson de Barros Cavalcanti, de 68 anos, e esposa dele, Miriam Cavalcanti, 64 anos. 

Em sentença apresentada por volta das 18h20, o réu foi condenado a 57 anos e quatro meses de reclusão, pelo duplo homicídio, com as qualificadoras de motivo fútil e sem possibilidade de defesa das vítimas. O cumprimento inicial da pena deve ser em regime fechado no presídio Barreto Campello. A sessão de julgamento teve início por volta das 10h. A defesa recorreu da sentença em plenário.